Cinema & TV

Depois de ‘Jezabel’, Leo Cidade investe em cinema e nega ciúmes no namoro com Larissa Manoela: “Temos confiança”

Além da trama da Record, o jovem pode ser visto no longa "Cinderela Pop" e atuou em "Os parças 2" ao lado de Whindersson Nunes, Tirulipa, Tom Cavalcante e Bruno de Luca. E mais: tem uma paixão por música e já lançou single

Publicado em 05/10/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

Leo Cidade se tornou conhecido do grande público antes mesmo de seu rosto aparecer na televisão pela primeira vez. Desde que assumiu o namoro com a estrela teen Larissa Manoela, no final de 2017, ele viu suas redes sociais bombarem, tanto que quando estreou na TV, como Levi, em “Jezabel”, da Rede Record, ele já estava mais do que acostumado com a fama. “Agora me reconhecem não só por ser namorado dela, mas também por causa do personagem na novela e do filme ‘Cinderela Pop’, que já está na Netflix. É muito legal o contato com o público”, conta ele, que se apaixonou por teatro ainda na escola. “Era a única atividade que eu ainda não tinha feito. Quando fiz a minha primeira aula foi demais, senti que ali deu um start em mim de que era aquilo que eu queria fazer para o resto da vida. Sempre assistia muitos filmes e me lembro que sempre via  making of e ficava mega animado! Depois da escola, cursei três anos de Teatro Tablado. Foi quando fiz o meu primeiro musical, e dali comecei a emendar em testes e mais peças”, lembra.

Leo Cidade viveu Levi em “Jezabel” (Foto: Thiago de Lucena)

Apesar da experiência nos palcos, ele não nega a tensão que teve ao estrear nas telinhas, em abril desse ano. “Ficava nervoso sim, por ser minha primeira novela. Me cobro muito, então sempre procurava saber se estava ficando bom, se poderia melhorar. Minha estreia na TV não poderia ter sido melhor e foi muito especial”, diz ele, que chegou a gravar, inclusive, cenas no Marrocos. “Foi uma oportunidade incrível gravar fora do Brasil logo no meu primeiro trabalho na TV. A maior dificuldade foi o frio da primeira vez que eu fui e a alimentação, que é muito diferente. A parte mais legal foi a experiência. Uma oportunidade única”, conta. Seu Levi ganhou a simpatia do público na trama – que chegou ao fim em agosto – pelo jeitinho atrapalhado e o amor impossível por Leah (Bárbara Maia). “Eu vi que tinham cenas em que eu poderia aproveitar esse lado do humor nele e fui criando, propondo essa veia mais cômica. Meus amigos falam que eu sou engraçado, mas eu, particularmente, não me acho. Tenho costume de imitar as pessoas, os trejeitos, o pessoal curte”, revela.

(Foto: Reprodução)

Quem o ajudou a entender a trama do israelita foi a namorada, que acumula experiências de sucesso na TV. “Ela me auxiliou com o roteiro e me explicou como seria a rotina de gravação. Mas eu sempre prefiro estudar e decorar os textos sozinho”, conta Leo, que lida bem com a fama da amada. “Acho muito legal a história dela. Uma menina que veio do interior do Paraná e chegou aonde chegou. É incrível, ela é uma estrela. No início eu não sabia quem era, fui pesquisar no Instagram e vi que ela tinha milhões de seguidores, fiquei até um pouco assustado. Quando saiu que estávamos namorando foi uma loucura nas minhas redes sociais. Hoje em dia já estou bem acostumado, mas sempre levei tudo no bom humor, acho que a vida deve ser assim”, diz. E, apesar do sucesso de Larissa, ele não se considera ciumento. “Sou bem tranquilo. Temos confiança um no outro. Acho que é a base do relacionamento”.

Leo e Larissa Manoela (Foto: Reprodução/Instagram)

Para quem está com saudades da atuação de Leo pode acompanhar “Cinderela Pop“, que, como ele mesmo adiantou, já chegou inclusive ao Netflix. “Eu sonhava mais em fazer cinema”, revela. ‘Eu nunca tinha me visto na telona. Me emocionei e fiquei muito feliz com o resultado. Só gratidão”. E ele vai ter mais motivos para comemorar, já que rodou “Os parças 2″, que deve estrear ainda esse ano. “Estou muito feliz de já ter participado de dois longas. No filme ‘Os Parças 2‘, eu interpreto Pedro, um menino um pouco difícil, meio fechado, que não gosta muito da ideia de ficar junto dos Parças. As filmagens foram realizadas numa colônia de férias, fiquei muito tempo longe de casa, então tive tempo de me aprofundar no personagem. Filmar com o Whindersson Nunes, Tom Cavalcante, Tirulipa, Bruno de Luca era uma aula de comédia todo dia. Foi demais!”.

(Foto: Thiago de Lucena)

Pensa que acabou? Pois ele também tem uma carreira musical. Sua música “Menina te quero tanto” é sucesso na internet. “A música entrou depois do teatro na minha vida, mas sou mais da atuação. Fiz o musical ‘Meninos e Meninas’, um dos meus primeiros trabalhos profissionais, e tive que aprender a tocar, fiz aula de canto. Depois teve ‘Noviça Rebelde‘ e ali a música se aprofundou mais ainda para mim. Foi quando comecei a lançar algumas músicas. Mas como estava bem focado na carreira de ator, eu atuei mais, mas amo música”, conta. “Quem sabe volto mais para frente?”, deixa no ar. Os fãs ficam na torcida.

Pesquisas relacionadas