Cinema & TV

Carolina Ferraz exibe novo visual no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e fala de projeto na TV aberta

Carolina concorreu ao prêmio de melhor atriz com sua personagem travesti Glória, em A Glória e a Graça, filme em que ela também é produtora, mas perdeu para Maria Ribeiro

Publicado em 20/09/2018 | Por Vanessa Cutrim

Quando Carolina Ferraz chegou à festa da 17ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro foi difícil de reconhecer. A atriz estava com o cabelo platinado – com beleza assinada por Everson Rocha – e com um look todo branco…os olhares foram direto à ela, claro. Carolina concorreu ao prêmio de melhor atriz com sua personagem travesti Glória, em A Glória e a Graça, filme em que ela também é produtora. Quando questionada sobre o que a motivou a fazer o projeto, ela diz: “Sempre teve muito preconceito por causa do tema e eu quis produzir por uma questão de necessidade, jamais um produtor de elenco teria esse roteiro em mãos com uma protagonista travesti e pensaria em mim para o papel. Me apaixonei pela história da personagem, que é um ser humano lindo que eu queria de todas as formas contar essa história”.

Carolina Ferraz no tapete da 17ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro (Foto: Anderson Borde/AgNews )

Em relação a novos projetos nas telas do cinema, ela falou do filme de suspense “A Gruta“, que começa a ser rodado em novembro: “É um gênero pouco explorado ainda no Brasil e vai ser sobre a relação muito interessante de uma freira e um rapaz. É um thriller psicológico, não é uma história de terror. Eu nunca fiz nada assim, acho que vai ser bom”. Ela também falou sobre a ousadia da obra. “Estou aberta para escolher diferentes caminhos. Estou procurando projetos muito em função disso, quero desafios, sabe?”, conta Carolina. Ela ainda reforça que as possibilidades narrativas do cinema a encantam: “O cinema te dá a oportunidade de poder mostrar outra musculatura”.

Carolina Ferraz estava com um look da NKStore (Foto: Anderson Borde/AgNews)

Sobre as diferenças de fazer TV e cinema e a alegria de participar de um evento sobre o audiovisual nacional, ela comenta entusiasmada. “A gente faz muita novela e muita televisão, e eu sou muito agradecida por isso, mas a televisão não te proporciona esses momentos, nos quais você vai a uma premiação do seu grupo, da sua classe. Eu não estou só concorrendo, mas também estou torcendo pelos meus colegas e a galera incrível que está sendo indicada. Já é uma outra energia, estou muito contente!”, conta. Quem venceu na categoria em que ela estava concorrendo foi Maria Ribeiro, mas a atriz se mostrou feliz e satisfeita pela amiga.

Carolina Ferraz com a atriz Maria Ribeiro, que venceu na categoria de melhor atriz da premiação (Foto: Anderson Borde/AgNews)

Seu último papel na televisão foi a Penélope em Haja Coração (2016), ela disse que está com saudades de fazer novelas, mas o foco nas telinhas é outro. “Vou voltar a fazer televisão, por enquanto estou parando e pensando, me reinventando de uma certa forma. Mas no momento o projeto é como apresentadora, não como atriz”, explica Carolina, que tem planos de voltar à TV aberta como apresentadora ano que vem. Ela adianta que terá algo com gastronomia e que não é na TV Globo. A atriz mudou o visual para seu papel na peça “Que Tal Nós Dois?” e quando foi perguntada se as louras se divertem mais, ela brincou: “É uma loucura ser loura!”

Pesquisas relacionadas