Cinema & TV

A atriz francesa Yara Charry fala sobre mudança para o Brasil: “É uma escolha para a vida”

No ar como Jade Poitier, Yara conversou com o site HT e contou sobre seu papel na novela e, também, sua relação com a família, o sentimento deixar a vida em Paris para cantar e atuar no Brasil, além de objetivos e planos para o futuro na atuação

Publicado em 11/09/2018 | Por Anna Castro

Atriz, cantora, campeã de natação, poliglota, bailarina por mais de 10 anos. Podemos dizer que Yara Charry é o conjunto completo de artista com apenas 21 anos. A atriz francesa, que hoje atua em Malhação: Vidas Brasileiras, veio ao Brasil para atuar e resolveu ficar. Ela contou para a equipe HT sobre os processos que a levaram ser quem é hoje. Nem o sutil sotaque nega: Yara já está completamente acomodada ao Brasil. Sua chegada ao país foi em 2016, ao ser convidada pela Globo para participar da novela “Velho Chico” e, após interpretar Sophie, a atriz teve uma revelação e resolveu investir na carreira. “Fui chamada para fazer a novela e, quando acabou, eu estava me preparando para voltar a Paris quando percebi que essa experiência que eu tive demonstrou outro lado da Yara. Percebi que atuação era o que eu queria fazer. Então eu liguei para minha mãe e falei: ‘Eu vou me mudar para o Brasil e eu vou me dedicar a esse mundo artístico e a atuar, porque é isso que eu quero da minha vida’. Eu fiquei apaixonada pelo ofício e eu nunca tinha pensado em atuar quando morava em Paris”, contou entusiasmada.

Yara Charry em foto de Faya, com make de Walter Lobato e Styling de Wes Rodri

Neste ano, a atriz interpreta Jade Poitier, uma das protagonistas da nova fase da novela Malhação: Vidas Brasileiras. O papel possibilitou, também, explorar seu lado musical, uma paixão desde criança. A personagem tem uma banda e é marcada por alguns atos malvados, mas Yara afirma compartilhar com sua personagem Jade duas paixões: a música e a moda. Como é recorrente nas gerações ao longo da novela, surgem assuntos como violência, privacidade, diferenças sociais, identidades e exposição na internet. Yara confessou ser um desafio: “Os temas abordados são tão atuais e urgentes que eu fico muito feliz e alegre de poder dividir isso. A gente sabe que as novelas têm um grande alcance, então é muito maravilhoso saber que a arte está a serviço de questões sociais.”

Yara Charry em foto de Faya, com make de Walter Lobato e Styling de Wes Rodri

A artista também contou que acredita no poder da representatividade na mídia. “Hoje temos visto não só negros, mas gays, transexuais e mulheres em posição de destaque no teatro, nos filmes e nas novelas”, afirmou Yara. E deixou um recado para meninas e jovens que têm um sonho parecido com o dela: “A gente tem de lutar pelo que a gente gosta. Se você é apaixonada e se você quer isso na sua vida: foco, muito foco. Claro que ainda temos muito que evoluir nesse meio e nesse assunto da dificuldade de chegar até aqui. Eu consegui chegar onde me faz feliz e estar na Malhação é incrível”, afirmou.

Yara Charry em foto de Faya, com make de Walter Lobato e Styling de Wes Rodri

Yara Charry segue à risca o seu próprio conselho, mesmo que estar longe da família seja difícil. Os familiares e os amigos mais antigos estão em Paris, mas ela afirmou não perder contato. Além disso, Yara contou sobre a mudança da rotina de uma vida inteira. Em um dia, de férias do colégio, competindo na natação, fazendo atividades e saindo com os amigos em Paris, e no outro, atuando em uma novela no Brasil. “Quando cheguei ao Brasil, era tudo muito novo porque eu vim para trabalhar. Saí da adolescência de estudar e curtir os amigos e venho para esse outro mundo: o trabalho. Então além de ter mudado de país, eu mudei completamente de rotina. Eu sinto muita falta da minha família. Sou muito próxima deles, do meu irmão. Então quando eu posso ir visitar, eu vou, quando eles podem, eles vêm também. Minha mãe e meu pai acabaram de voltar para Paris, eles ficaram aqui um mês comigo e isso me deixou com mais energia, deu um up. É sempre incrível estar com a família. E com meus amigos ainda tenho muito contato, nos ligamos e nos falamos sempre”, explicou Yara sobre a saudade.

Yara Charry em foto de Faya, com make de Walter Lobato e Styling de Wes Rodri

Para seguir o sonho, depois da estreia no Brasil em “Velho Chico”, a artista estudou em cursos de interpretação e teatro, além das aulas na Casa de Artes de Laranjeiras, a CAL, aprimorando ainda mais seus conhecimentos em atuação. O futuro, para a atriz, é claro: continuar contando histórias, tendo personagens fortes e diferentes e conhecer ainda mais o Brasil. Para isso, apenas 4 palavras: foco, perseverança, apoio e prioridades. E completa: “Quando eu olho pra trás, eu me sinto feliz e cheia de coragem para alcançar mais coisas e atuar mais. E essa certeza que eu tenho do ofício se confirma toda vez que eu entro no set”, expôs.

Pesquisas relacionadas