ToliBlog

Tom Brady elogia personalidade de Gisele Bündchen: “A vida dela foi pouco tradicional. Sua mente não tem limites”

Considerado o maior atleta de futebol americano do mundo, Brady falou, ainda, da dificuldade que teve em aceitar a personalidade de Benjamin, seu primeiro filho com a top: "Gisele começou a me dizer: 'Você entende que seu filho é diferente de você?'. Foi difícil para mim. Eu ficava tipo: 'O que você quer dizer com isso? Ele é um menino, ele deveria fazer todas essas coisas que eu faço'"

Publicado em 06/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

Aos 42 anos, Tom Brady segue sendo considerado um dos maiores jogadores da história do futebol americano. Não à toa, acaba de renovar seu contato com o New England Patriots com direito a um aumento de US$ 8 milhões – cerca de R$ 31,13 milhões – para a temporada de 2019. Agora, o atleta passa a ganhar US$ 23 milhões (R$ 89,50 milhões).

Tom Brady é capa da “Men’s Health” desse mês (Foto: Reprodução/ Eric Ray Davidson for Men’s Health)

Capa da “Men’s Health” desse mês, o atleta, que é casado com a nossa brasileiríssima Gisele Bündchen, falou sobre o quanto a modelo o ajudou a crescer como pessoa. “A vida dela é muito pouco tradicional. Ela saiu de casa aos 14 anos, morou no Japão aos 16 e não tinha telefone celular. Aos 17, foi morar em Nova York, sem nem sequer falar inglês. Sua mente não tem limites. ‘Por que você não pode fazer isso? Por que você tem que ir para a escola? Por que você não pode simplesmente sair e morar em um país diferente? Na realidade dela, você pode”, elogiou. “Vindo do meu mundo, foi muito diferente: vamos para a escola primária, depois para a faculdade. Na cabeça da Gisele, ela se pergunta por que você tem que fazer essas coisas”, conta. “É ela quem está certa. Isso me ajudou a crescer. A Gisele é como uma pipa voando no céu e eu estou meio que amarrando. Às vezes eu tenho que segurar duro. Mas ela sabe que estou sempre aqui por ela”.

Tom Brady e Gisele Bündchen (Foto: Reprodução/Instagram)

Para Brady, não foi fácil entender a personalidade de seu primeiro filho com a top, o pequeno Benjamin, de 9 anos. É que o seu primogênito, Jack, fruto do relacionamento com Bridget Moynahan, é mais parecido com ele. “Jack é exatamente como eu, ele é reservado. Benny é descompromissado. Vivi não se importa. Eles vão ser eles mesmos, não quem você quer que eles sejam. Jack adora esportes. Ele quer se esforçar e nunca quer desapontar seu pai. Era eu. Eu acordava cedo nos finais de semana para fazer coisas com meu pai, por isso que eu não badalei muito ao longo da vida. Se papai quisesse jogar golfe, eu queria estar lá com ele. E se eu perdesse essas coisas, isso me partiria o coração”, lembra.

Tom com os três filhos e Gisele (Foto: Reprodução/Instagram)

“Quando Benny nasceu, eu pensei que ele seria como Jack. Então eu falava: ‘vamos, vamos fazer isso?’. E ele respondia: ‘Não’. E eu ficava tipo ‘O quê? Não, faça isso!’. Gisele começou a me dizer: ‘Você entende que seu filho é diferente de você?’ Foi difícil para mim. Eu ficava tipo: ‘O que você quer dizer com isso? Ele é um menino, ele deveria fazer todas essas coisas que eu faço’. A realidade é que Benny gosta de coisas diferentes. E é ótimo, porque agora eu tenho que fazer o que ele quer fazer. Quando fazemos isso, temos o melhor tempo. Ele adora brincar e eu brinco de volta”, conta.

Tom Brady e Benjamin (Foto: Reprodução/Instagram)

Ao contrário da esposa – que já deixou claro que opta pela alimentação natural e mais saudável possível – Brady revela que tem suas “escorregadas”. “Se eu estou com vontade de comer bacon, eu como. Mesmo que seja em um pedaço de pizza. Você nunca deve restringir o que realmente quer. Nós somos humanos, e a vida é uma só. O que mudou, agora, é que agora sou mais velho e se quero uma pizza, quero a melhor pizza”, explica.

Pesquisas relacionadas