ToliBlog

No Camarote da Boa, Deborah Secco bate papo feminista com HT: “Temos que brigar muito por igualdade, para que respeitem mulheres como os homens”

Ao saracotear pelo espaço VIP da cervejaria, Deborah chamou atenção por já ter voltado aos seus 55kg. Ela, que engordou 19 Kg durante a gravidez, perdeu tudo em 15 dias

Publicado em 08/02/2016 | Por Karina Kuperman

*Por Lucas Rezende

É na justiça que Deborah Secco vai resolver uma peleja que envolve sua rebenta Maria Flor. A gente explica: no dia do nascimento da pequena, em 5 de dezembro, enquanto Deborah ainda se recuperava do parto em uma maternidade paulistana, pipocaram notícias de que a criança havia nascido morta. Ao HT, em conversa exclusiva no segundo andar do Camarote da Boa, na Marquês de Sapucaí, ela disse que recebeu inúmeros telefonemas e resolveu acionar seus advogados para resolver a calúnia. Ao lado do namorado, o surfista Hugo Moura, e 19 quilos mais magra desde que deu à luz, Deborah também falou sobre sua participação virtual na campanha contra a violência às mulheres. “Eu acho que a gente tem uma falta de força física que realmente não dá para competir. A gente tem que brigar muito por igualdade, para que respeitem as mulheres como nós respeitamos os homens. Porque se for na força bruta a gente não tem consegue, somos mais fracas. Mas não emocionalmente e psicologicamente. Em época de carnaval, as pessoas bebem demais e acabam exagerando na abordagem. Acho que a mulher tem que ter um lugar para denunciar e não ceder a essa falta de força”, opinou. E a gente concorda em gênero, número e grau.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas