ToliBlog

Família de ex-Beatle contesta uso de música durante comício de Donald Trump, nos Estados Unidos: “Contra a vontade da propriedade George Harrison”

Família do ex-guitarrista, morto em 2001, usou as redes sociais do artista para reclamar do uso indevido da canção "Here Comes The Sun", durante comício na Convenção Nacional Republicana, em Cleveland

Publicado em 22/07/2016 | Por Leonardo Rocha

A candidatura de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos tem dado o que falar. Depois de artistas consagrados da literatura criarem um abaixo assinado contra o político, chegou a vez dos Beatles se manifestarem. Isso porque, durante a Convenção Nacional Republicana, em Cleveland, nesta quinta-feira, Ivanka Trump, filha de Donald, subiu ao palco ao som da música “Here Comes The Sun”, composição de George Harrison.

Donald Trump (Foto: Divulgação)

Donald Trump (Foto: Divulgação)

Quem não ficou nada satisfeita com essa história foi a família do guitarrista, morto em 2001. No twitter, parentes do ex-Beatle escreveram: “O uso não autorizado de #HereComestheSun na #RNCinCLE é ofensivo e contra a vontade da propriedade George Harrison”. A canção foi lançado no ano de 1969, no icônico álbum “Abbey Road”.

Outra banda que também ficou irritada com o uso indevido de suas canções foi o Queen. Na segunda-feira, Trump começou seu discurso coberto com luzes brancas enquanto o hit “We Are The Champions” serviam como trilha. Nas redes sociais, integrantes da lendária banda também questionaram o político. “O uso não autorizado na convenção republicana é contra os nossos desejos – Queen”, publicaram.

Donald Trump tem dividido opiniões dos norte-americanos por ser um candidato polêmico e conservador. Em seus discursos, o político tem pregado o fechamento de fronteiras, distanciamento com minorias, racismo e retórica islamofóbica. Nesta semana, sua esposa,  Melania Trump, foi acusada de plagiar o discurso usado pela primeira dama Michelle Obama, em 2008

Pesquisas relacionadas