ToliBlog

Após críticas, Padre Fábio de Melo decide abandonar rede social: “Deixou de ser saudável”

O religioso foi duramente criticado por usuários do Twitter ao opinar sobre o indulto concedido a presos por crimes hediondos: "Não entendo de leis, mas a 'saidinha' deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram"

Publicado em 09/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

Padre Fábio de Melo vai deixar cerca de sete milhões de seguidores cheios de saudades. Ele informou, nessa sexta-feira, dia 9, que não pretende usar mais o Twitter. “Tenho uma saúde emocional a ser cuidada. Sei o quanto já provei a solidão provocada pela depressão, pelo pânico. Tomar remédios só faz sentido quando evitamos os gatilhos dos desconfortos. Este lugar deixou de ser saudável pra mim”, desabafou ele, que fez questão de ainda afirmar: “Nunca tive dificuldade com as diferenças. Aliás, o meu ministério sempre foi exercido entre elas. Mas a dialética, um dos movimentos que nos permitem o acesso à verdade, vem gradativamente sendo substituída por acusações e julgamentos”, lamentou. “Desde ontem, quando expressei minha indignação sobre a ‘saidinha’, estou sendo acusado de justiceiro, desonesto, desinformado, canalha e outros nomes impublicáveis. Só reitero. Já atuei na pastoral carcerária. Sei sobre a necessidade de ressocialização dos presos”.

Padre Fábio de Melo abandona o twitter (Foto: Reprodução)

A “saidinha” a que se referiu o padre é a de Alexandre Nardoni, beneficiado com a saída temporária da penitenciária de Tremembé. Nardoni cumpre pena pela morte da filha Isabella em um crime que chocou o país em 2008 e está em regime semiaberto desde o fim de abril. Isabella morreu em março de 2008 após cair da janela do apartamento do pai, em São Paulo.

Pesquisas relacionadas