Quotes

Para entrar no clima do fim de semana: “Tom’s Diner” e outros cinco covers de Britney Spears que valem a pena lembrar!

A música da Princesa do Pop em parceria com o produtor Giorgio Moroder vazou na tarde desta sexta e tem feito sucesso entre a crítica e os fãs da cantora

Publicado em 24/04/2015 | Por João Ker

Depois do que pode ter sido considerado o maior fracasso tanto de críticas quanto de vendas na carreira de Britney Spears, os fãs de música pop finalmente ganharam um presente para esquecer a decepção de “Britney Jean”, o último álbum de estúdio da cantora: sua tão aguardada e anunciada parceria com o produtor Giorgio Moroder, considerado o “pai” da música eletrônica, finalmente chegou ao mundo online na tarde desta sexta (24/4) e, “para a nossa alegria”, o resultado final de “Tom’s Diner” é positivo e merece aplausos.

Giorgio Moroder – “Tom’s Diner” (Feat. Britney Spears)

Para quem não sabe, a música é um cover do clássico oitentista gravado por Suzanne Vega e que, em sua versão original, é basicamente a capella, apesar de existir  uma versão remixada. O desafio vocal foi ideia da própria popstar, que pediu seu time para contatar o de Giorgio: “A Britney chegou à empresa que me agencia com a ideia de gravar uma música em particular, o que foi interessante porque normalmente é o processo contrário, com o produtor oferecendo uma música”, disse Moroder em uma entrevista à Rolling Stone, em fevereiro deste ano.

Suzanne Vega – “Tom’s Diner”

O que levou Britney Spears a escolher especificamente essa música? Talvez nunca saberemos e a história toda entrará para o livro de mistérios da artista. O que se sabe é que a faixa faz parte do disco “Déjà Vu”, de Giorgio – que já rendeu ótimas parcerias com Sia e Kylie Minogue -, e foi uma brisa de ar fresco para os fãs da cantora, que depois do fracasso robótico causado por Will.i.am à frente de seu último disco, finalmente se lembraram de quão grande é o potencial da cantora para hinos de boate (alerta: essa música pode ficar na sua cabeça por horas). E, mesmo que os vocais de Britney estejam camuflados por várias camadas de autotune, o trabalho todo soa mais refinado do que suas investidas anteriores no campo da eletrônica.

Giorgio Moroder – “Déjà Vu”

Empolgado pelo lançamento de “Tom’s Diner” e invadido pela ansiedade ariana de ter que esperar até o dia 5 de maio para ouvir o próximo lançamento de Britney Spears, “Pretty Girls”, uma parceria com Iggy Azalea, HT selecionou outros cinco covers da Princesa do Pop que valem a pena ser lembrados e são ótimas pedidas para entrar no clima do fim de semana. Vem com a gente:

1 – “Satisfaction”: Pouca gente se lembra, mas Britney já gravou sua própria versão para o clássico sexual dos Rolling Stones. A faixa integrou seu segundo álbum de estúdio, “Oops… I Did It Again” e rendeu uma performance toda safadinha no VMA de 2000, com direito a strip e tudo.

“Satisfaction/Oops… I Did It Again” @ VMA’s 2000

2 – “I Love Rock ‘n Roll”: Single de divulgação do álbum “Britney”, lançado em 2001, a versão da popstar chegou a aparecer no filme teen “Crossroads”, além de ter criado certa polêmica quando Joan Jett declarou que “nunca ouviu e nem pretendia ouvir”o cover de Britney. De uma forma ou de outra, a música rendeu um videoclipe bem sexy da Ms. Spears, como você confere abaixo. Detalhe: ao contrário do que muita gente acha, a música é originalmente da banda The Arrows, e não de Jett.

Britney Spears – “I Love Rock ‘n Roll”

3 – “My Prerogative”: Poucos sabem, mas essa música foi originalmente gravada em 1988 por Bobby Brown e, diga-se de passagem, com uma produção bem diferente da que ficou conhecida. Presente na primeira coletânea de hits lançada por Britney, fica até difícil imaginar a faixa sobre independência ter outro contexto que não envolva um Porsche sendo jogado na piscina. Curiosidade: apesar de ter virado single, a música nunca ganhou uma performance ao vivo.

 

Britney Spears – “My Prerogative”

4 – “Burning Up”: A relação de Madonna e Britney tem vários momentos, desde que a Princesa fez um cover da Rainha em sua primeira turnê, cantando “Material Girl”. Beijos de língua, vídeos de backdrop e clipes insinuantes depois, Britney pegou um dos primeiros singles de Madge, regravou e usou para a sua última turnê mundial.

Britney Spears – “Burning Up” @ Femme Fatale World Tour

5 –“You Oughta Know”: Falando em turnês, Britney deu a louca durante sua “Circus Tour” e, do dia para a noite, resolveu incluir um cover de Alanis Morissette na setlist. Se a escolha aleatória de repertório e o fato de que a música foi apresentada pouquíssimas vezes em toda a turnê não fossem motivo suficiente para espanto, a popstar ainda cantou ao vivo de verdade.

Britney Spears – “You Oughta Know” @ Circus World Tour

Pesquisas relacionadas