Quotes

Murilo Benício fala sobre estreia do filho na televisão em ‘Amor de mãe’: “Momento mais especial da minha carreira”

Murilo disse, ainda, que o herdeiro, fruto do relacionamento com Alessandra Negrini, cursou outra faculdade antes de decidir pela atuação: "Não está seguindo porque o pai e a mãe fazem. Bateu no coração dele ser ator"

Publicado em 08/11/2019 | Por Heloisa Tolipan

Antonio Benício, filho de Murilo Benício e Alessandra Negrini, estreia como ator na próxima novela das 21h, ‘Amor de mãe’. Na trama de Manuela Dias, ele viverá Vinícius, filho do personagem do pai. “Fiquei com muita expectativa quando soube. Antônio é um cara muito sério. Vejo que é um cara que está vindo com estrutura, não pousou aqui à toa. Ele levou muito tempo para admitir que era isso que queria, mas tem total certeza que é muito autêntico”, diz o pai coruja, que, apesar do orgulho, discorda quando dizem que o herdeiro é a sua cara: “Sempre achei ele muito igual a Alessandra, a vida inteira. Vi alguma coisa dele em vídeo, tem uma personalidade atuando. Acho que isso o diferencia. Acredito que ele deva ser um ator de personalidade”, afirmou Murilo, referindo-se a ex Alessandra Negrini.

Antonio Negrino e Murilo Benício viverão filho e pai na novela ‘Amor de Mãe’ (Foto: Foto: Flávia Muniz/Gshow)

De acordo com Murilo, Antonio é independente: “Ele ajuda e paga as contas dele, não ajudamos em nada. Ele está fazendo teatro e estudando pra caramba. Meu filho com a Alessandra, poderia achar que era o natural dele. Por isso a gente deixou ele sozinho para se encontrar. Meu único conselho é que ele faça o que ama, para acordar segunda-feira feliz”, explicou. E será que os dois batem texto juntos? “Acho que ele não vai pedir ajuda, porque até a última peça ele nem deixou eu ver. Sou um pai muito tranquilo. Falamos da profissão de uma maneira tranquila, de passar experiência. Com certeza vamos estudar juntos”.

Antonio Benício (Foto: Reprodução/GShow)

Antes de atuar, Antonio fez artes plásticas. “Ele é um cara sério. Está vindo com estrutura. Não pousou aqui à toa. Ele pensou em ser artista plástico, queria dirigir, fez faculdade de teatro! Se formou. A gente ter deixado ele percorrer tudo sozinho foi bom para sabermos que é autêntico. Não está seguindo porque o pai e a mãe fazem. Bateu no coração dele ser ator. Receber ele na Globo, onde estou há 30 anos…”, se emocionou. “Ele vai passar a teoria e a prática, desde o frio de um estúdio, não conseguia me emocionar porque é muito frio. Aprendi sozinho. Passar tudo isso para ele já é muito especial para mim. É o momento mais especial da minha carreira”, confessou.

Pesquisas relacionadas