Quotes

Mamas K’s Team 4 é a nova animação futurista, africana, da Netflix

Criado pela escritora zambiana Malenga Mulendema, o desenho é uma parceria da produtora sul-africana Triggerfish Animation Studios e a britânica CAKE

Publicado em 26/04/2019 | Por Heloisa Tolipan

As quatro heroínas da série Mama K’s Team 4 que estreia em breve no Netflix (Foto: Netflix/ divulgação)

*Por Rafael Moura

A maior plataforma de conteúdo digital, a Netflix, atualmente tem mais de 100 milhões de assinantes. Fundada em 1997 nos Estados Unidos, a empresa surgiu como um serviço de entrega de DVD pelo correio e se tornou a maior provedora de filmes e vídeos. Os assinantes do serviço de streaming poderão, em breve, adicionar ao seu cardápio uma animação, original, africana, “Mama K’s Team 4”. De acordo com a revista Variety, a produção é uma parceria entre a produtora sul-africana Triggerfish Animation Studios e a britânica CAKE.

A história irá acompanhar a vida de quatro garotas adolescentes que vivem numa versão futurística (olha o afro-futurismo chegando até nos desenhos animados) da cidade de Lusaka, capital da Zâmbia, que acabam recrutadas por um agente secreto, aposentado, ainda empenhado em salvar o mundo. O texto é da escritora zambiana Malenga Mulendema, que, em 2015, foi uma entre os oito vencedores do Triggerfish Story Lab, um programa de recrutamento de talentos realizado pelo estúdio africano e a Walt Disney Company. O design da série fica por conta do artista Malcolm Wope, de Camarões.

A autora disse que a inspiração para a essa animação surgiu de suas experiências de assistir desenhos quando criança e ver a falta de representatividade, pois, nenhum dos heróis pareciam com ela ou viviam num mundo que a representasse. “Criando uma série de super-heróis que se passa em Lusaka, eu espero introduzir ao mundo quatro poderosas garotas africanas que salvam o dia de maneira engraçada. O mais importante dessa animação é o referencial que ela traz para todas as crianças negras. Quero ilustrar que qualquer um, de qualquer lugar, pode ser um super-herói”, ressalta.

A Netflix está engajada junto com a Triggerfish e a CAKE, a buscar escritoras locais para integrarem o time criativo da série. “Além de dar às escritoras africanas uma plataforma global para serem ouvidas, nós temos o prazer de apresentar esta nova e animada série que traz a incrível e única visão de Malenga à vida na Netflix. Mama K’s Team 4 tem o potencial de dar a toda uma nova geração de crianças africanas a oportunidade de se ver nas telas em poderosos e inspiradores personagens”, afirmou Melissa Cobb, vice-presidente da área responsável pelas animações originais do serviço de streaming.

A animação “Mama K’s Team 4” ainda não tem uma data de estreia confirmada, mas já promete ser um grande sucesso na plataforma. Lembrando que essa não é a primeira vez que a Netflix busca trazer diversidade para seu catálogo. No ano passado, foi lançada uma série sobre três jovens que se transformavam em super-heroínas durante a noite com a missão de salvar e reunir a comunidade LGBT. A animação “Super Drags”, que contou com a voz de Pabllo Vittar, acabou sendo cancelada depois do lançamento da primeira temporada.

Pesquisas relacionadas