Quotes

Atriz Marjorie Estiano é indicada ao Emmy Internacional por seu trabalho na segunda temporada de ‘Sob Pressão’

Cerimônia de entrega será em 25 de novembro em Nova York. Até hoje, Fernanda Montenegro foi a única brasileira a receber a premiação, considerada o Oscar da TV mundial, pelo especial de fim de ano ‘Doce de Mãe’, da Globo

Publicado em 23/09/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Jeff Lessa

Marjorie Estiano está entre os indicados ao Emmy Internacional 2019. Ela concorre a melhor atriz por seu papel como doutora Carolina na segunda temporada da série “Sob Pressão”, da Globo, que estrela ao lado do ator Júlio Andrade. Ela agradeceu a indicação via Instagram: “’Sob Pressão’! Muito orgulho. Muito agradecida por essa indicação ao Emmy. O ‘Sob Pressão’ é realmente um projeto muito especial, muito sensível e muito necessário. Eu vejo isso, eu ouço e eu sinto em mim, na equipe, no público. É uma luz muito forte, de largo alcance. Me sinto muito honrada em fazer parte dele e da equipe mais inacreditável do mundo. Honrada em ter a oportunidade de se servir de todos os inúmeros ensinamentos que ele proporciona”, escreveu.

Marjorie Estiano interpreta a doutora Carolina em ‘Sob Pressão’ (Foto Raquel Cunha-Globo)

Ela aproveitou para agradecer aos profissionais de saúde: “Acho que a nossa indicação fortalece ainda mais esse processo de apropriação das questões do nosso país. É mais um sopro a empurrar o barco pra frente. Parabéns! Parabéns! Parabéns! Parabéns aos profissionais da saúde!”, finalizou.

Aos 37 anos, a curitibana Marjorie Estiano, que também é cantora, começou sua carreira em televisão na décima temporada de “Malhação”, em 2005, na pele da rebelde Natasha, a vilã da novela. De lá para cá já atuou em novelas como “Páginas da Vida” (2006) e filmes como “As Boas Maneiras” (2017).

Se Marjorie ganhar o Emmy, será a segunda atriz brasileira a realizar este feito: até hoje, apenas Fernanda Montenegro levou a premiação para casa, em 2013, por sua atuação no especial de fim de ano “Doce de Mãe”, da TV Globo, dirigido por Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado. Ela concorreu com a chinesa Li Sun (“The Back Palace: Legend of Zhen Huan”), com a britânica Sheridan Smith (“Mrs. Biggs”) e com a sueca Lotta Tejle (“30 Degrees in February”). Depois de receber o prêmio, em Nova York, Fernanda disse, emocionada: “Achava-me fora do páreo. Eu vim tranquila porque achava que não iria acontecer nada. Agora eu estou nervosa (…) Estou feliz”.

Fernanda Montenegro foi a primeira brasileira a ganhar o Emmy Internacional de melhor atriz

No mesmo ano, “Lado a Lado”, também da Globo, venceu o Emmy Internacional de melhor telenovela. A produção concorreu com outra produção da casa, “Avenida Brasil“, com a angolana “Windeck” e com a canadense “30 Vies (30 Lives)”. Escrita por João Ximenes Braga e Claudia Lage, “Lado a Lado” acompanhava a história de duas jovens à frente de seu tempo que lutavam por amor e liberdade em meio às transformações sociais do Rio de Janeiro no começo do século XX.

Outras duas produções da Globo disputam uma estatueta. A minissérie “Se Eu Fechar os Olhos Agora”, baseada no livro homônimo do jornalista Edney Silvestre, e o documentário “A Primeira Pedra”, parceria entre o canal Futura e a produtora Couro de Rato, com direção de Vladimir Seixas. Há outros brasileiros na disputa. Raphael Logam, da série “Impuros” (Fox), foi indicado como melhor ator. Ainda na Fox, “1 Contra Todos” concorre como série de drama. O canal do “Porta dos Fundos” foi indicado na categoria comédia pelo “Especial de Natal”. Como programa artístico, a HBO foi indicada com “Ópera Aberta – Os Pescadores de Pérolas”. O programa exibido na National Geographic, “Hack The City”, é um dos concorrentes ao prêmio na categoria série limitada.

Os vencedores da premiação serão anunciados durante uma cerimônia de gala em Nova York, prevista para ocorrer no dia 25 de novembro.

Vamos torcer!

 

Pesquisas relacionadas