Quotes

Após de ser desconvidado por Comitê Olímpico, Biel sofre boicote da Globo

Emissora planejava a participação dele em quadros do "Domingão do Faustão" e "Caldeirão"

Publicado em 07/06/2016 | Por Lucas Rezende

Ontem o site contou que o cantor Biel, de 20 anos, foi desconvidado pelo comitê Rio-2016 para carregar a tocha olímpica na passagem do símbolo por Fortaleza, capital do Ceará. Hoje foi a fez da Rede Globo, internamente, determinar que as cogitações da participação de Biel em quadros de programas do “Domingão do Faustão” (“Dança dos Famosos”) e “Caldeirão do Huck” (“Saltibum”) caiam por terra. E não só: “Química”, hit do funkeiro que está na trilha de sonora de “Haja Coração”, a atual novela das 19h, deve ficar na geladeira por um bom tempo; informa a “Folha de São Paulo”. Tudo, bom lembrar, é motivado por causa da denúncia de uma repórter do Portal IG na 1ª Delegacia da Mulher de São Paulo por assédio sexual.

A repórter, que pediu para não ser identificada, disse que Biel a chamou de “gostosinha” e falou que “a quebraria no meio” se mantivesse relações sexuais com ela. Tudo aconteceu durante a apuração de uma reportagem. O funkeiro também disse, na entrevista gravada, que a repórter é “cuzona”, “ramelona”, perguntou se ela gostaria de receber um selinho e, ao ser questionado pela profissional se era bissexual, respondeu com: “Por quê? Você quer que eu te mostre com atos e ações? Eu sou heterossexual. Eu gosto é de boceta”. Um áudio da tal entrevista foi divulgado pelo programa “Cidade Alerta” (Record) e nesta terça-feira (07) pelo próprio Portal iG para “dar fim às especulações em torno do caso e deixar nas mãos das autoridades que conduzem o inquérito policial a análise dos fatos”.

Biel (Foto: Reprodução)

Biel (Foto: Reprodução)

O outro lado

“Sei que eu posso estar falando pra um monte de gente com o coração magoado por outros motivos e que pode querer vir aqui só pra descontar tal raiva na gente, sei que tem muita gente que não me conhece e está lendo isso aqui. Mas queria dizer que estou triste. E como estou. Dentre as três pessoas mais importantes na minha vida, duas são mulheres. Não consigo entender como não levaram na brincadeira já que se tratava de mim, né? Um cara que perde o amigo mas não perde a piada, e que na entrevista tivemos um clima totalmente descontraído, todo mundo ria, como adolescentes que somos e em nenhum momento a repórter se sentiu ofendida, tanto é que as brincadeiras continuaram assim como a entrevista. Machista? Nem homem me considero ainda pra ser prepotente ao ponto. Sou um menino, menino que brinca, menino sem papas na língua, menino que sorri. Infelizmente a felicidade acompanhada do sucesso incomoda, coisa que não deveria. Tudo não passou de um mal entendido e já está tendo as medidas cabíveis sendo tomadas”.

Dê o play:

Pesquisas relacionadas