Quotes

Alexei Waichenberg promove feijoada à brasileira em Portugal para comemorar o start do projeto ‘De Volta ao Porto’

Os objetivos do projeto ‘De Volta ao Porto’ são, basicamente, dois. O primeiro é mostrar às plateias portuguesas a influência do processo de colonização do período monárquico nas transformações sociais experimentadas dos dois lados do Atlântico. A iniciativa também busca viabilizar o diálogo da História e da arte com o cotidiano dos moradores da região. “O projeto é muito interessante. Teremos a Imperatriz Leopoldina voltando para Portugal; ela velhinha se lembrando dos benefícios que a missão artística austríaca levou para o Brasil; Dom Pedro I doando seu coração para a Igreja, demonstrando gratidão; e outras situações surpreendentes”, adianta o autor e diretor

Publicado em 09/09/2019 | Por Heloisa Tolipan

O dramaturgo, diretor e produtor cultural Alexei Waichenberg abriu as portas de sua casa na Foz do Douro para receber os amigos brasileiros e portugueses no mágico pôr do sol do Porto. Ele próprio decidiu pilotar as panelas e preparou uma feijoada bem brasileira. No terraço reuniram-se artistas, Dj’s brasileiros que estão agitando o verão europeu, produtores e empresários que estão movimentando a cena do norte de Portugal. Um fado tropical que prova que as raízes falam sempre muito alto quando o assunto é cultura e entretenimento.

“Depois de um ano longe de casa, de enfrentar o desafio de uma nova cultura, esse encontro prova que mais do que irmãos, os portugueses definitivamente têm na sua essência o nosso DNA. Abri minha casa para celebrar o projeto ‘De Volta ao Porto’, como se estivesse no Brasil, cercado dos meus novos amigos de infância”, disse Alexei Waichenberg.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vamos relembrar o que vem por aí:

Alexei Waichenberg é autor e diretor do projeto “De Volta ao Porto” que acontecerá em abril de 2020 na cidade do Porto. “Vamos reunir cerca de 200 atores e 80 técnicos em artes cênicas, além de jovens da região. Companhias profissionais, personalidades do teatro e da dança do país terão participações especiais no projeto, que visa a promover a inclusão de jovens em situação de risco do Norte de Portugal” (desde julho de 2018 Waichenberg vive na cidade do Porto). Os objetivos do projeto ‘De Volta ao Porto’ são, basicamente, dois. O primeiro é mostrar às plateias portuguesas a influência do processo de colonização do período monárquico nas transformações sociais experimentadas dos dois lados do Atlântico. A iniciativa também busca viabilizar o diálogo da História e da arte com o cotidiano dos moradores da região. “O projeto é muito interessante. Teremos a Imperatriz Leopoldina voltando para Portugal; ela velhinha se lembrando dos benefícios que a missão artística austríaca levou para o Brasil; Dom Pedro I doando seu coração para a Igreja, demonstrando gratidão; e outras situações surpreendentes”, adianta Waichenberg.

 

Pesquisas relacionadas