Música & Badalo

Rock in Rio: tudo sobre o novo palco New Dance Order com os maiores DJs de música eletrônica

O site HT conversou com alguns dos DJs que estarão no line-up do novo espaço e o sentimento é um só: muita expectativa e alegria. Vem conferir!

Publicado em 26/09/2019 | Por Heloisa Tolipan

*Por Karina Kuperman

Desde que se divulgou que a música eletrônica teria um espaço próprio na edição 2019 do Rock in Rio, que começa nesse final de semana, os apaixonados pelo ritmo já ficaram curiosos sobre o palco New Dance Order, que estreia com um cenário de efeitos visuais surpreendentes e performances com tecnologia e que entrará para a história do festival. A Dance Music será representada em seus diversos estilos: Deep House, Techno, Brazilian Bass, Big Room e outros e promete 12 horas de música nonstop ao longo dos dias de festival.

Palco New Dance Order (Foto: Reprodução/Rock in Rio)

Segundo a produção do evento, o palco conta uma história de ficção apresentada em capítulos, sendo o primeiro episódio a própria edição deste ano. A narrativa se passa em 2085, um século após a edição original. Bhaskar, Infected Mushroom, Liu, DJ Meme, Alesso, Santti, DJ Malboro, KVSH, Claudinho Brasil, Vintage Culture, Scorsi e outros nomes bombados da cena eletrônica tocarão no espaço com uma estrutura de 65 metros de extensão, 24 metros de altura, 560 metros quadrados de LED screen, além de shows pirotécnicos e laser. “Estou super ansioso para a minha apresentação no Rock In Rio. Sempre foi uma daquelas metas que eu queria riscar da lista e finalmente esse ano rolou. É muita felicidade fazer parte do line up do festival”, diz Bhaskar, DJ irmão gêmeo de Alok e dono da bombada “Manhã de sol”. Outro que divide a animação é Santti, que, com seus vocais marcantes e emoção na pista, promete colocar a Cidade do Rock para curtir. “Estou muito ansioso! É um dos maiores festivais que temos no Brasil, se não, o maior. Escuto falar do Rock In Rio desde que era criança e chega a ser inacreditável o fato de que farei parte dele. Expectativas a mil para entregar um show no nível que este festival merece”, declara ele, que assina o remix sucesso de “Céu Azul” com Vintage Culture.

Os gêmeos Alok e Bhaskar (Foto: Reprodução)

Considerado prodígio da nova geração e apadrinhado por Alok, o DJ Liu também é pura alegria. “Estamos montando uma apresentação cheia de música nova, inspirada nas minhas raízes orientais, para fazer uma estréia especial no RIR! A ideia é fazer mais do que uma simples apresentação, queremos contar uma história e trazer uma mensagem para o público”, adianta ele, que tem formação musical clássica, é apaixonado pela dance music desde os seus 11 anos, e tornou-se um dos players mais requisitados nos clubes e festivais do país, incluindo Green Valley, Tomorrowland Brasil e Electric ZooFestival. Além disso, Liu acaba de tocar pela primeira vez no Lolapalooza e fez uma turnê pela Ásia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Claudinho Brasil, que entrou no meio em 1994 e é considerado o showman da música eletrônica – além de tocar vários instrumentos e ser muito reconhecido pelo seu estilo psy-trance, já se apresentou em países como Bélgica, Israel, Alemanha, França, África do Sul, Suíça, Dinamarca, Austrália e outros, mas faz questão de afirmar: “Tocar no Rock in Rio é, com certeza, a maior conquista dos meus 23 anos de carreira”. E vai além: “Descrever a expectativa com palavras é difícil demais! Mas o que posso garantir é que estamos cuidando dos mínimos detalhes para que seja o meu melhor show desses 23 anos”, promete.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Daniel Acorsi, mais conhecido como Scorsi, é outro brasileiro que vem se destacado na cena eletrônica, principalmente por não se prender a gêneros. Reconhecido por remixes de sucesso, a track “Recovery”, com vocais de Matt Moore, alcançou a quinta posição no chart de música eletrônica do iTunes e lhe rendeu uma parceria inédita com a Vevo. Scorsi foi convidado por Alok para remixar três dos seus maiores sucessos: “Hear me Now”, “Love is a Temple” e “Big Jet Plane”. De tão elogiadas, Alok tocou todas durante suas apresentações no Tomorrowland da Bélgica e Villa Mix Festival em 2017. “Eu sei que o Rock in Rio está logo ai na esquina, mas é uma coisa tão grande pra mim, que não consegui processar ainda. Só sei que estou muito feliz, honrado e trabalhando todos os dias pra levar algo diferente com a minha cara e fazer o melhor show que eu puder. E eu sei que vou encontrar a mesma energia”, diz.

Vale destacar que, para apresentar o novo palco, a produção do Rock in Rio criou uma websérie com quatro episódios – de um minuto cada, que mistura ficção com realidade. Na história, um vírus do futuro invade os celulares das pessoas de nosso tempo, executando uma música de autoria desconhecida, que traz padrões escondidos em sua frequência, revelando uma mensagem de convocação. Para evitar que a inteligência artificial tome conta do planeta e que o convívio entre seres humanos se dê somente em ambientes simulados, as pessoas devem se unir em torno da música, dançar e resistir. Veja abaixo o primeiro episódio:

Programação do New Dance Order
Sexta (27 de setembro)
The Martinez Brothers
Nic Fanciulli
Gui Boratto
Leo Janeiro X Albuquerque
L_Cio
Eli Iwasa
Roland Leesker X Bruce Leroys
Rara Djs

Sábado (28 de setembro)
Nervo
Kvsh
Kura
Diego Miranda
Dubdogz
Cic
Barja
Kamala
Van Breda

Domingo (29 de setembro)
Vintage Culture
Illusionize
Bhaskar
Bruno Be
Dashdot feat. Ashibah
Volkoder
Jørd
Evokings

Quinta (3 de outubro)
Robin Schulz
Cat Dealers
Bruno Martini
Felguk
Gustavo Mota
Beowülf
Liu
Breaking Beattz
Make U Sweat

Sexta (4 de outubro)
Vini Vici
Infected Mushroom
Gareth Emery
Vegas
Wrecked Machines
Mandragora
Devochka
Claudinho Brasil
Roger Lyra Morttagua

Sábado (5 de outubro)
Alesso
Tropkillaz
Jetlag
Dj Meme X Dj Marlboro
Santti
Scorsi
Shapeless
Rodrigo S
Baile Do Saddam
2Fab

Domingo (6 de outubro)
Claptone
Chemical Surf
Dennis Ferrer
Kolombo
Gabe
Flow & Zeo Feat. Mari-anna
Fractall & Rocksted
Nepal
Blancah
Maz

Pesquisas relacionadas