Música & Badalo

Roberto Carlos grava especial de fim de ano com romantismo, rock e convidados como Marina Ruy Barbosa e Alejandro Sanz

Na lista de duetos teve ainda Michel Teló, Zizi Possi e a banda RC Na Veia, de seu filho Dudu Braga: "Na verdade, o Dudu é que é meu grande ídolo", disparou Roberto

Publicado em 05/12/2018 | Por Junior de Paula

Roberto Carlos gravou seu especial de fim de ano nessa terça (Foto: Kika Gama Lobo)

Mais certo do que o Papai Noel, Roberto Carlos é uma tradição do Natal brasileiro. E o cantor gravou, nessa terça-feira,  o seu especial de fim de ano, que vai ao ar no dia 21 de dezembro. Batizado ‘Roberto Carlos: Muito Romântico’, o Rei preparou um repertório em clima de romance, emoção e saudosismo, indo do rock ao romântico, passando pela MPB e pelo Pop. Em um palco especial montado nos Estúdios Globo, ambientado com uma cenografia moderna com painéis de led e cortina de contas que se iluminavam de acordo com as músicas, o Rei recebeu nomes como Alejandro Sanz, Michel Teló e Zizi Possi, seu filho Dudu Braga e até Marina Ruy Barbosa. 

Michel Teló foi a primeira atração a subir no palco ao lado de RC (Foto: Reprodução)

A primeira música do set list foi ‘Detalhes’, sucedida pela primeira interação do artista com a plateia: “Que prazer rever vocês aqui novamente. Muito obrigado por todo carinho e por todo amor, que me alimentam profundamente. Falar de amor é o meu negócio mesmo…”, disse. Em seguida engatou em ‘Se você pensa’ e ‘Como dois e dois’. Logo depois, veio o primeiro convidado da noite: Michel Teló, que cantou junto de Roberto ‘Caminhoneiro’  e ‘Humilde Residência’. “Roberto, estou aqui pela segunda vez realizando meu sonho de cantar com você. Estou muito feliz!”, disse o Teló.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na plateia, nomes como Agatha Moreira, Giovana Lancellotti, Isabella Santoni, Gloria Maria, Juliana Alves, Jennifer Nascimento, Eri Johnson, Rômulo Estrela, Pâmela Tomé, entre outros, cantaram em coro cada sucesso como ‘O portão’, e ‘Proposta’. A segunda atração da noite foi o espanhol Alejandro Sanz, que está no Brasil para participar da gravação do novo DVD de Ivete Sangalo.

Alejandro Sanz no ensaio do especial RC (Foto: Instagram)

O gringo subiu ao palco para apresentar o seu dueto com o Rei, o single lançado este ano, ‘Esa Mujer’. “É um prazer estar aqui com você e com todo o Brasil. Roberto, estou realizando um sonho que tenho desde menino, de poder cantar com você”, encantou-se o espanhol, que cantou ainda ‘No tengo nada’, sua nova música.

Zizi Possi participa de um especial de Roberto 36 anos depois da primeira vez (Foto: Reprodução)

O show seguiu com mais um solo de Roberto com ‘Você em minha vida’, música que antecedeu mais um dueto, desta vez com a convidada Zizi Possi, que cantou ‘A Paz’ e ‘Non ti scordar di me’. Zizi, entre uma canção e outra, relembrou que fazia 36 anos desde a primeira participação dela em um especial de Roberto. “Estou na adrenalina há semanas né? Que honra cantar com você!”. Depois de ouvir elogios do Rei, ela ainda admitiu, rindo: “Agora não vou dormir por um mês”.

Marina Ruy Barbosa e Roberto Carlos: dueto especial (Foto: Reprodução )

Roberto cantou também clássicos como ‘Ilegal, imoral ou engorda’ e ‘Romântico’. Ele dedicou ‘Menina’ para Marina Ruy Barbosa, ainda na plateia. Foi a deixa para que a atriz subisse ao palco para soltar a voz com o Rei. A canção escolhida foi um sucesso de 1979, ‘Na paz do seu sorriso’. “Estou tão emocionada. Queria que esse momento se congelasse. Certamente esse é um dos dias mais emocionantes e mais importantes da minha vida”, contou Marina, antes de deixar o palco ao som de ‘Negro Gato’.

Dudu Braga ao lado do pai, Roberto Carlos, e com a banda RC Na Veia (Foto: Reprodução)

Um encontro familiar marcou o fim do espetáculo: Dudu Braga, filho de Roberto, subiu ao palco com sua Banda ‘RC na Veia’ e, com muito rock and roll, tocou músicas clássicas de seu pai, como ‘Quando’, ‘Lobo Mau’, ‘É proibido Fumar’ e ‘Eu sou terrível’. “Pra mim é uma honra cantar com a banda do meu filho. Na verdade, o Dudu é que é meu grande ídolo”, resumiu o pai, orgulhoso. A apresentação terminou com uma sequência de ‘Não vou ficar’, ‘Todos estão surdos’ e ‘Jesus Cristo, que embalou a tradicional, e esperada, entrega das rosas.

O show, que será exibido dia 21 de dezembro na Globo, tem direção artística de LP Simonetti, direção geral de Mario Meirelles e direção musical de Guto Graça Mello e do maestro Eduardo Lages.

Pesquisas relacionadas