Música & Badalo

Na reta final, Casa Levi’s tem noite comandada por Ricardo Bräutigam e grande expectativa para a festa do modelo 501: “Estamos na contagem regressiva”, disse gerente de marketing

Nesta última quinta-feira de Casa Levi's a trilha sonora foi comandada pela banda paulistana Corcel e pelos DJ's da The Black Haus, agência plural de Ricardo Bräutigam. Além da música, o fundador e diretor criativo da agência também assinou a lista de convidados

Publicado em 19/05/2017 | Por Julia Pimentel

Imagine juntar o projeto que vem agitando a cena cultural carioca com um dos nomes mais badalados da noite do Rio e de São Paulo como maestro. Pois bem. Essa combinação saiu da imaginação e foi a equação de sucesso de mais uma quinta-feira na Casa Levi’s. Por lá, na última semana da mansão da grife no Rio de Janeiro, foi a vez de Ricardo Bräutigam, o Cadinho, comandar a lista de convidados e a trilha sonora de DJ’s do evento. À frente da The Black Haus, agência plural de música, branding e RP, o fundador e diretor criativo animou ainda mais a contagem regressiva para o grande dia da Levi’s: 20 de maio. Para completar a trilha sonora, a Casa Levi’s ainda apresentou a banda Corcel. Paulistanas, as cantoras animaram a noite ao som de um repertório folk super gostoso.

Leia também: Na véspera do Dia das Mães, Casa Levi’s apresenta shows de Alice Caymmi, Mãeana e Nina Becker em programação marcada pelo clima familiar

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há quatro semanas, a Casa Levi’s Rio vem celebrando a mistura de moda, comportamento e boa música em prol de uma comemoração maior: o aniversário da calça 501, ícone da marca que completa 144 anos neste sábado. Para esta última semana de festa na mansão carioca, a Levi’s inovou ainda mais no projeto da casa em melhorias estruturais e visuais. Entre as novidades, o evento ganhou banners em referência à estrela da iniciativa, banheiro restaurado e detalhes que estão fazendo toda a diferença. “Agora estamos na contagem regressiva e temos até um contador na casa para sábado. Nessa última semana, estamos com um ambiente ainda mais acolhedor para poder falar do aniversário de um ícone da marca, uma senhora de 144 anos já”, contou a gerente de marketing da Levi’s, Marina Kadooka.

Leia também: No Rio, Casa Levi’s tem noite de rock pesado com a banda Rakta e encontro de ciclistas urbanos da coleção Commuter da grife

Este slideshow necessita de JavaScript.

E as mudanças estão encantando ainda mais quem chega ao local. Entre os convidados da noite de ontem, a reação era uma mistura de encantamento em quem ainda não conhecia o espaço e surpresa com quem já havia ido. Cada vez mais agradável e mais nossa segunda casa, a mansão da Levi’s no Rio, que tem a assinatura da arquiteta Renata Patelli, a mesma que fez o projeto da Casa em São Paulo, já se tornou queridinha da programação carioca. Inclusive, esta foi uma constatação do próprio Ricardo Bräutigam, que ontem reuniu diversas tribos de amigos na festa. “Essa casa foi um super achado da marca porque a arquitetura é linda e a decoração ficou maravilhosa. Todos os convidados que chegam comentam e elogiam a estrutura. Fora que um projeto como esse movimenta a cena cultural do Rio de Janeiro, que está tão devagar”, disse o fundador e diretor criativo da The Black Haus.

Leia também: É festa na Casa Levi’s: Rodrigo Suricato embala noite de comemoração pelo aniversário do stylist Rodrigo Coelho e pelos dois anos de parceria com a grife

Este slideshow necessita de JavaScript.

Elogiada por Ricardo Bräutigam e por todos os convidados da Casa Levi’s, a decoração ganha assinatura do arquiteto Victor Niskier, que, com talento e criatividade, complementou o projeto da mansão. Construído no começo do século e vítima de um intenso processo de deterioração, o imóvel ganhou uma milagrosa revitalização para este projeto da Levi’s no Rio. Com cuidado para manter a identidade da mansão e o aspecto original do projeto, Victor Niskier, sobre o qual já falamos aqui, apostou em uma combinação ousada e divertida dos elementos antigos com cores e texturas modernas. Segundo ele, para ornamentar a casa, investiu em objetos do período de construção do imóvel com elementos mais diferentes e contemporâneos. “A casa tem pontos neoclássicos muito fortes, já que é um projeto do começo do século. O que eu quis fazer foi ressuscitar as peças que estavam faltando para o espaço, como lustres e banheiros que estavam deteriorados. Como não conseguimos ser 100% fiéis e nem queríamos copiar, optamos por explorar aspectos vintage, como tapetes persas, com um pouco de humor, na combinação de cores, flores artificiais. Assim, conseguimos um resultado funcional e descontraído”, explicou.

Leia também: Cultura democrática: Casa Levi’s incorpora rap e funk em noite no Rio de Janeiro com shows de Rico Dalasam e Linn da Quebrada

Victor Niskier é o responsável pelas belissímas cadeiras da Casa Levi’s (Foto: Bruno Ryfer/Divulgação)

Tudo isso, que a cada semana foi ficando ainda mais especial, ajudou a tornar as noites na Casa Levi’s ainda mais agradáveis. E ontem o clima não foi diferente. Para uma seleta lista de convidados, Ricardo Bräutigam apresentou jovens apostas e sua querida pupila, a DJ Carol Emmerick, no comando das pick ups. Como nos contou, a descoberta e apadrinhamento de sucessos promissores nas mesas de som é uma das iniciativas de sua nova empreitada, a The Black Haus. “Por fazer muitos eventos, eu comecei a apresentar alguns DJ’s que foram ficando famosos e ganhando a maior grana. Então, para explorar isso, comecei a fazer uma escolinha para lança-los nas festas. E deu super certo. Hoje, dos dez DJ’s mais badalados do Rio, todos são da minha agência”, explicou Ricardo que, entre um projeto e outro, ainda dividiu a atenção da trilha sonora com a deliciosa banda Corcel, que também animou o público.

Leia também: Para todos os gostos: Casa Levi’s é dominada pela alegria e irreverência da banda Biltre e tem noite politicamente animada. Saiba o que rolou!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também: Anfitrião por um dia! Na Casa Levi’s, o embaixador Paulo Dalagnoli comanda noite especial com a presença de amigos e exposição de fotos: “Me envolvi em todo o processo”, contou

Pesquisas relacionadas