Música & Badalo

Lançando novo disco, banda Tono recebe o carinho de Gilberto Gil e Ney Matogrosso em show no Rio

Grupo lança o disco 'Aquário, no Circo Voador, com a presença de grandes nomes da MPB

Publicado em 02/11/2013 | Por Heloisa Tolipan

Em clima bastante familiar, o grupo Tono reuniu, nesta sexta (1), fãs, parentes, amigos e grandes artistas da música brasileira, no Circo Voador. O motivo da convocação era mais que especial: o quinteto formado por Bem Gil, Ana Claudia Lomelino, Eduardo MansoBruno di Lullo e Rafael Rocha, lançava, naquela noite, o terceiro álbum da carreira, ‘Aquário’.  E, para a estreia, eles contaram com as participações especialíssimas de Gilberto Gil, Ney Matogrosso, Danilo Caymmi e Maria Luiza Jobim, além da banda de Letícia Novaes (Letuce) abrindo a grande noite.

No palco e na plateia, o clima era de família por motivos óbvios: Bem, o guitarrista, é filho de Gilberto e, a nora do compositor baiano, Ana Claudia vem à frente dos vocais. O neto, Francisco Gil, também foi prestigiar o tio, mas preferiu se misturar à multidão até mesmo depois do show, enquanto Marcelo Callado (da banda Cê, de Caetano Veloso) assumia as pickups.

2dd0d94443c011e3ba2d22000ae90e24_8

Gilberto Gil foi uma das atrações da noite. (Foto: Nayanne Louise)

Por volta de 1h, o grupo que simboliza a nova geração da MPB, subiu ao palco para cantar as inéditas ‘Sonho com som’, ‘Como vês’ e ‘Murmúrios’. E, conforme o público se soltava e se habituava às novas composições, a vocalista performática variava looks no palco, como um verdadeiro desfile dos anos 70. Entre vestidos, saias e tops de paetês, chapéus exóticos e saiões coloridos, ela também usou uma peruca de longos cabelos pretos, substituindo o curtinho. Enquanto isso, os rapazes da banda estavam contidos em figurinosbásicos, como jeans e blusa xadrez.

A presença de Ney era uma das mais aguardadas da noite desde que o espetáculo começou a ser divulgado. E, quando finalmente entrou em cena com sua pose fatal e cheio de si, vestindo calça preta bem justa e casaco brilhoso, foi recebido por muitos aplausos e gritinhos do público, em maioria, bem jovem e naturalmente emocionado ao ver um artista tão raro e singular à frente. Ao lado da banda, o cantor emplacou ‘Não consigo’ e ‘Samba do Blackberry’, ambas faixas de destaque do álbum Tono (2010). Danilo Caymmi, assumiu a flauta doce em algumas canções e, Maria Luiza Jobim, arrematou uma parceria com a amiga no vocal.

No mais, quase finalizando o show, foi a vez da presença simpática de Gil entrar no palco para cantar ao lado da rapaziada que viu crescer musicalmente. Com semblante de pai orgulhoso, o artista assumiu o microfone para cantar ‘Da Bahia’, abraçado à nora. Logo após, a banda fez o tradicional bis com mais algumas canções do novo disco e, em seguida, todos foram comemorar em festinha particular no camarim.

Fotos: Nayanne Louise e Bruno Janot

Pesquisas relacionadas