Música & Badalo

Joyce Cândido apresenta seu DVD “O bom e velho samba novo” e faz dueto no palco com Marília Pêra e Zezé Motta

Cantora fez espetáculo emocionante na noite de terça-feira (21/10) com o Theatro NET Rio lotado

Publicado em 22/10/2014 | Por Alexandre Schnabl

*Por João Ker

Usando um vestido comprido com flores bordadas na barra e, no rosto, um sorriso que parecia iluminar todo o espaço do Theatro NET Rio, a cantora Joyce Cândido subiu ao palco para apresentar o lançamento do seu DVD “O bom e velho samba novo”, na noite desta terça-feira (22/10). A plateia, repleta de amantes do som leve, bem entoado e envolvente da paulista, incluía grandes nomes dos mais diferentes eixos, como a bailarina Ana Botafogo, as atrizes Maria Pompeo e Xuxa Lopes, e as cantoras Ana Costa, Lucy Alves + Isabelita dos Patins e Fernando Bicudo.

Com a voz macia e o gingado da dança na ponta do salto alto, Joyce começou a noite cantando “Corra e olhe o céu”, clássico de Cartola e Dalmo Castello – o qual se encontrava na plateia – que a própria costuma apresentar em seus repertórios. Chico Buarque também teve seus momentos de  homenagem, com a apresentação de músicas como “Samba e Amor”, “Deixa a Menina” e “Roda Viva”. Por sinal, clássicos do samba não faltaram durante a noite de chuva no Rio, com a cantora também fazendo referência a Adoniran Barbosa (“Saudosa Maloca”), João Bosco (que participa do DVD em “Rancho da Goiabada”), Noel Rosa e Vadico (“Feitio de Oração”).

Os grandes nomes não ficaram apenas nos covers e na plateia. Dois dos momentos mais emocionantes da noite se deram quando Zezé Motta e Marília Pêra subiram ao palco. Marília, com um vestido de renda preta até o joelho, scarpin, suas inseparáveis jóias e os cabelos presos em um penteado rebuscado, acompanhou Joyce nos vocais de “Dois Corações”, música escrita por Herivelto Martins e famosa na voz de Dalva de Oliveira. Já Zezé, também usando um longo negro, proporcionou duas apresentações arrepiantes: a primeira, em versão solo, cantando sozinha “Minha Missão”, clássico de João Nogueira e Paulo Cesar Pinheiro que, posteriormente, foi regravado por Clara Nunes. Depois, ao lado da estrela principal, recebeu os aplausos do público quando apresentaram “Senhora Liberdade”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Entre declarações ao Rio e ao samba, Joyce sentou-se ao piano e tocou “Fé”, de Luiz Carlos da Vila e Cláudio Jorge. Antes de se despedir rumo ao Rock in Rio Las Vegas, Zé Ricardo ainda deu uma palinha do samba que compôs para o próximo EP da cantora, que é produzido por Bernardo Fonseca e já deve ser lançado no início de 2015 pela Warner Music. Entre grandes homenagens, grandes participações e uma grande voz cheia de gingado, os amantes do samba mal podem esperar para ver o que Joyce Cândido tem na manga para o próximo registro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Vinícius Pereira

Pesquisas relacionadas