Música & Badalo

Em papo exclusivo, Anitta fala sobre Giovanni Bianco, show para crianças, clipe novo e até de um certo convite para ser atriz de novela. Vem!

Em entrevista exclusiva ao HT, justamente quando lança seu novo clipe, Anitta ainda falou sobre o grato encontro profissional que teve com o diretor de arte Giovanni Bianco: "Até então eu não tinha encontrado uma pessoa que tivesse confiança. Não conseguia achar alguém que eu falasse como eu falei: ‘Faz o que você quiser'"

Publicado em 09/10/2015 | Por Lucas Rezende

Com a palavra, Caetano Veloso: “Faz cerca de uma semana que me convenci de que, tecnicamente, a nova cantora brasileira mais dotada é Anitta“. Ok, você pode até duvidar de Caê – tem louco pra tudo, né?, mas aí chega Giovanni Bianco, maior diretor de arte do mundo e parceiro de Madonna, e aceita criar o novo clipe da cantora, a capa do disco e toda a linguagem gráfica do novo trabalho de Anitta. É, meus caros, está cada vez mais difícil não dar o braço torcer – não que precisemos – de que a carioca de Honório Gurgel é, definitivamente,  poderosa. A sanção vem com “Bang”, novo clipe lançado nesta sexta (09). O objetivo de Anitta? “Um tiro certeiro. Falei para o Giovanni que queria algo revolucionário, que todas as idades curtissem, que fosse universal”, contou em entrevista exclusiva ao HT.

anitta5

E o diretor levou a sério. Tanto que o single não existiria, a priori, no novo álbum (que, aliás, vazou na internet, assim como aconteceu com seu último clipe, “Deixa ele sofrer”). “Ele pegou essa ideia do poder, do bang, do tiro certo. Isso aconteceu há sete meses e a música não existia. Aí eu pensei: ‘vai ter que ter uma música com o tal do bang no meu disco'”, lembrou. Como ela avalia a parceria? “Ele é perfeccionista como eu”, preferiu comparar Anitta, que tinha acabado de assistir ao clipe completo pela primeira vez antes de engatar essa conversa. “Ele segue a mesma estética das fotos que divulgamos. Quem viu as imagens vai linkar automaticamente uma ideia à outra. É um clipe de dança, sem história. Tem muita tecnologia, muita animação e cor”, adiantou. Play pra ver!

Trata-se, aliás, da primeira vez que Anitta, que sempre quis comandar tudo, do roteiro à direção, entrega um clipe nas mãos de um terceiro. O motivo? “Até então eu não tinha encontrado uma pessoa que tivesse confiança. Não conseguia achar alguém que eu falasse como eu falei: ‘Faz o que você quiser'”, contou ela, garantindo, finalmente, não ter colocado o dedo em nada. O clipe, que esteve no processo de finalização desde agosto, por conta da pós-produção atenta aos detalhes, vai orientar a estética que vai ser impressa nos shows de Anitta de agora em diante. Mudança que acontece menos de três meses após o lançamento de “Deixa ele sofrer”, seu último single. “Com a internet as coisas vão ficado velhas muito rápido e as pessoas tem sede de novidade”, justificou a rapidez.

anitta2

“Bang” será apresentado ao vivo pela primeira vez durante o Show das Poderosinhas, neste sábado (10), em dois horários (às 16 e 20h) no Metropolitan (RJ); duas apresentações especiais para o Dia das Crianças. Nesse formato, Anitta canta, dentre tantos sucessos, Menina Má” (“Vou provocar, vou descer e vou instigar”) e “No meu talento” (“Vem que eu já tô cheia de vontade de fazer acontecer”).  Somado às coreografias, não seria fora do tom para o público? “Eu escolhi meu nome por conta do seriado ‘Presença de Anitta’ porque eu era apaixonada pela Mel Lisboa. Aquilo que me envolvia de uma maneira, eu tinha oito anos, não sabia o motivo e era erótico. O que isso tem a ver? A maldade está nos olhos de quem vê”, se explicou, driblando qualquer tentativa de saia justa. Garota esperta.

E Anitta vai além na própria defesa: “As crianças não dançavam as músicas do É o Tchan? Eram coreografias e letras eróticas. A dança e a música anulam a sensualidade. A criança se apega no ritmo, não tem maldade”, ponderou. Fala de quem é dona do seu próprio negócio, assumiu as rédeas de tudo e comanda a banca. “Quando você trabalha sob o seu regimento, os seus funcionários dançam a música que você toca. Mas eu sou muito paciente, não gosto de trabalhar com pressão. Faço tudo com muita calma, com antecedência, e acaba que as coisas vão acontecendo de uma forma muito mais simples e harmoniosa”, comparou com o passado.

anitta4

Se a recessão econômica chegou ao mercado fonográfico? “A crise chegou para todo mundo. Assim como fala ‘Bang’, que é sobre poder, sobre a pessoa envolver todo mundo, dominar as situações; eu acho que a gente tem que sempre dar a volta por cima. Nesse caso, temos que fazer com que as coisas não afetem a gente a ponto de atrapalhar a nossa vida. É assim que eu costumo trabalhar e passo para a minha equipe”, amenizou. Mas Anitta, no fundo, sabe que o Brasil não tem todo esse céu de brigadeiro. “A gente vive em um país onde nem todo mundo têm as mesmas oportunidades. Tudo que fiz foi com muita dificuldade. O que eu gosto de mostrar para o meu publico, que é jovem, é o quanto é possível fazer algo de qualidade”.

Postura de poderosa, que ela, aliás, rejeita. “Soa meio prepotente”, se preocupou. O mesmo cuidado, no entanto, Anitta não tem com o assédio da imprensa sobre sua vida pessoal. “Como eu sou uma pessoa pública, obviamente as pessoas se interessam. É uma coisa que vem com a gente, ossos do ofício”. No mesmo discurso, ela também fecha os olhos para as críticas bombardeadas pelos haters. “Fico tão ligada com a galera que me dá engajamento, que passa despercebido. E eu super acredito que a pessoa que não gosta de você não perde tempo indo nas suas redes sociais, porque ela não sabe quem é você, é indiferente”, disparou.

anitta6

Convidada pelo autor de novelas Aguinaldo Silva para interpretar um personagem em sua próxima novela das 21h na Rede Globo, Anitta confessou ao HT: “Super aceitaria”. “Ele é uma amor de pessoa, iria sim e quero fazer uma vilã com um lado mais divertido”,  já sugeriu provando que o céu não é o limite para essa artista que o Brasil – e até os gringos – aprendeu a respeitar, admirar e torcer.

Abaixo, o bate-bola de HT com Anitta.

HT: Menina má ou meiga e abusada?

A: Meiga e abusada.

HT: Na batida ou na sua casa?

A: Na minha casa.

HT: No seu talento ou no dele?

A: No meu.

HT: Tanquinho ou barriga de chope?

A: Barriga de chope.

HT: O último filme que assistiu?

A: “Perdido em marte”.

HT: A última canção executada no seu Spotify?

A: Para que parar, da banda Jamz.

HT: A última foto que tirou?

A:  No carro, dirigindo.

HT: Última compra na sua fatura de cartão?

A: Um perfume.

HT: Me conte algo que não sei sobre você.

A: Eu dirijo muito, muito bem. Arraso no volante.

Em tempo: Anitta iniciará a interação com os fãs às 18h45 (horário de Brasília) desta sexta-feira no seu perfil do aplicativo Periscope e, em seguida, falará sobre as novidades do lançamento em uma live em sua página do Facebook. Às 19h, o clipe estará no canal da cantora no YouTube e será exibido no Multishow. O single “Bang” estará disponível para compra às 0h do dia 10/10, em todas as plataformas digitais.

Pesquisas relacionadas