Moda & Beleza

Próxima edição da SPFW já tem data definida e Paulo Borges adianta conceito da temporada: “Muita poesia e o lúdico estará super presente”

Além da moda, Paulo Borges esteve no Rio de Janeiro para o 28º Prêmio da Música Brasileira e ganhou pelo trabalho realizado com Alice Caymmi. Na cerimônia, o diretor recebeu o troféu de Melhor DVD por "Rainha dos raios ao vivo"

Publicado em 20/07/2017 | Por Julia Pimentel

Falta pouco! Daqui a pouco mais de um mês, teremos mais uma edição da maior semana de moda da América Latina. Ao HT, Paulo Borges contou que a SPFWn44 já tem data e será entre os dias 27 de agosto e 1º de setembro. No primeiro dia, domingo, os desfiles serão em locações externas pela cidade de São Paulo. A partir de segunda, 28, a Fundação Bienal, no Parque Ibirapuera, passa a ser a casa da fashion week. Para esta edição, Paulo Borges adiantou que o evento irá resgatar a alma do povo brasileiro. “Dessa vez, teremos muita poesia e o lúdico estará super presente. Também vamos trabalhar bastante com a autoestima brasileira porque estamos precisando falar deste resgate”, comentou.

Paulo Borges anuncia data da próxima edição da SPFW (Foto: AgNews)

No entanto, enquanto o line-up da 44ª edição da SPFW não é divulgado, Paulo Borges se divide entre outra paixão. Ontem, o diretor e idealizador da fashion week teve seu trabalho para além da moda reconhecido no 28º Prêmio da Música Brasileira. Responsável pelo show “Rainha dos raios ao vivo” de Alice Caymmi, Paulo Borges ganhou o troféu de Melhor DVD na Categoria Especial da cerimônia que ocorreu no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Sobre a parceria com a cantora, o diretor lembrou que tudo começou em uma edição da São Paulo Fashion Week. “Lá, eu fiquei apaixonado por ela e disse que queria ir a um show. Mas ela disse que não tinha e eu falei que tínhamos que resolver isso. Um mês depois a gente já estava fazendo o show e o DVD no Teatro Itália e depois viajamos para várias cidades do Brasil”, lembrou sobre a apresentação que passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife.

Paulo Borges e Alice Caymmi ganharam o prêmio de Melhor DVD da Categoria Especial (Foto: AgNews)

Outro ponto em comum entre a música e a moda é a situação econômica desfavorável nos dois cenários. Assim como Paulo Borges convive com cortes na verba da maior semana de moda da América Latina, José Maurício Machline, organizador do Prêmio de Música Brasileira também viveu isto esse ano. Desta vez, a cerimônia foi promovida sem recursos e apenas com a ajuda e apoio da classe artística, de pessoas físicas e algumas empresas que reconhecem a importância do evento. Em relação à crise que atinge diversas esferas, inclusive a sua fashion week, Paulo Borges disse que o fundamental é continuar resistindo. “Eu acho que o Prêmio ganha força porque o Zé Maurício é muito conhecido e admirado no meio artístico. Esta já é a 28ª edição, ou seja, são quase 30 anos que ele vem caminhando. Então, não pode ter medo dos problemas. Temos que continuar fazendo até tudo acontecer. Isso é o importante”, argumentou Paulo Borges.

Pesquisas relacionadas