Moda & Beleza

É festa na Casa Levi’s: Rodrigo Suricato embala noite de comemoração pelo aniversário do stylist Rodrigo Coelho e pelos dois anos de parceria com a grife

A noite dos Rodrigos foi marcada por um incrível encontro da moda e da música no badalado endereço em Botafogo. No show, Suricato apresentou sucessos de sua carreira, releitura de clássicos da música brasileira e canções de seu novo projeto profissional, como intérprete do Barão Vermelho. "A grande vantagem desse meu pocket show é que ele e bem modular", disse o músico

Publicado em 12/05/2017 | Por Julia Pimentel

Moda, cultura, comportamento e festa! Ontem, a Casa Levi’s ganhou bolo, vela e brigadeiro para comemorar o aniversário do stylist Rodrigo Coelho e os dois anos de sucesso de seu blog homônimo. Para animar a noite, a mansão da Levi’s no Rio de Janeiro ainda teve show de Rodrigo Suricato, delícias gastronômicas comandadas pela chef Monica Gabiatti, doces da Julietas Ateliê e bolo da Make a Cake. Parceiro da grife símbolo do denim mundial há dois anos, Rodrigo Coelho, que assinou o styling do nosso editorial com a atriz Paloma Bernardi, contou que ideia de fazer a sua festa na Casa Levi’s ontem também teve a proposta de reforçar os laços com a marca. “O blog foi se construindo junto com a história da Levi’s. Então, mais do que estar comemorando os dois anos desse meu projeto, eu também estou celebrando o mesmo tempo de parceria com a marca”, disse.

Leia também: Cultura democrática: Casa Levi’s incorpora rap e funk em noite no Rio de Janeiro com shows de Rico Dalasam e Linn da Quebrada

Rodrigo Coelho comemorou o aniversários e os dois anos de seu blog homônimo ontem na Casa Levi’s Rio (Foto: Divulgação/Léo Marinho)

Para a sua noite como anfitrião da Casa Levi’s, Rodrigo Coelho cuidou de todos os detalhes do evento, desde a lista aos docinhos, que foram sucesso entre os convidados. Segundo o stylist, a mansão da grife veio para o Rio de Janeiro com o objetivo de agregar ainda mais a marca ao comportamento dos cariocas. E, na noite de ontem, a proposta não era diferente. “Quando eles resolveram trazer o projeto do Casa Levi’s para o Rio, imediatamente tivemos a ideia de agregar todos os parceiros. Então, as pessoas que vieram nesta quinta-feira são meus amigos, como se fosse minha. Afinal, a Casa Levi’s ontem foi a minha casa”, explicou Rodrigo que, seguindo esse objetivo, destacou a importância da Casa Levi’s para o calendário cultural carioca. “A moda e a arte têm que ser acessíveis para todo mundo. Por isso, quanto mais marcas privadas decidirem proporcionar entretenimento para o público melhor será para todos. A Casa é um espaço para dividir, compartilhar e divertir, o que tem muito a cara da marca. A Levi’s é muito agregadora e isso também está presente na proposta do espaço”, completou.

Leia também: Para todos os gostos: Casa Levi’s é dominada pela alegria e irreverência da banda Biltre e tem noite politicamente animada. Saiba o que rolou!

Este slideshow necessita de JavaScript.

E por falar em diversão, ontem a animação dos convidados de Rodrigo Coelho estavam a todo vapor. Aliás, a noite foi dominada pelos Rodrigos na Casa Levi’s. No palco, Suricato embalou o público com sucessos da carreira, releitura de clássicos e músicas de seu novo projeto profissional, agora como intérprete do Barão Vermelho. “A grande vantagem desse meu pocket show é que ele e bem modular. Então, o repertório, que é de canções próprias e de artistas que eu admiro, se adéqua a qualquer ambiente e evento”, explicou Rodrigo Suricato que, além de cantar e empolgar a plateia, também tocava outros quatro instrumentos simultaneamente. Sobre a multihabilidade, o músico garantiu que a prática é a principal aliada. “Eu consigo tocar quatro instrumentos simultâneos, mas não sei dirigir. Na verdade, eu comecei com esse trabalho como uma necessidade de melhorar o meu som de violão e voz e compor mais em casa. Então, de fato, foi a necessidade que me abriu outros caminhos e eu fiquei feliz com essa proposta que eu desenvolvi”, explicou.

Leia também: Anfitrião por um dia! Na Casa Levi’s, o embaixador Paulo Dalagnoli comanda noite especial com a presença de amigos e exposição de fotos: “Me envolvi em todo o processo”, contou

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois do show, Rodrigo Suricato também destacou a importância da Casa Levi’s para os artistas e o público carioca apaixonado por cultura. Assim como o stylist anfitrião, o músico reconheceu a contribuição da grife e ainda apontou para outra curiosidade do evento. Com uma programação aberta ao público e que começa às 20h, a Casa Levi’s tem sido o ponto de encontro de diversos amigos depois do trabalho. Mais que um chopinho no bar, a mansão tornou-se o endereço dos encontros plurais com a música e a moda. “Qualquer janela que abra para a música e para a arte de uma maneira geral é bem-vinda. Eu estou muito feliz de ter feito parte desse evento e encontrado amigos e visto pessoas que emendam o trabalho direto com a cultura etc. É muito bacana essa celebração”, disse Rodrigo Suricato.

Leia também: Sucesso: Casa Levi’s estreia na capital carioca com show intimista de Mahmundi e programação impecável – e gratuita!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hoje, a programação na Casa Levi’s segue agitada. Em sua penúltima sexta-feira no Rio de Janeiro, a mansão da grife recebe a banda Rakta como atração principal. A partir das 20h30, o rock pesado feminino promete esquentar a noite carioca. No sábado, será a vez de mais três mulheres dominarem a programação do evento. De manhã, às 11h, o Café na Cama recebe Mãeana e Nina Becker, que se apresentam às 15h e às 18, respectivamente. À noite, a atração principal fica por conta de Alice Caymmi, que sobe ao palco da Casa Levi’s às 20h30.

Pesquisas relacionadas