Moda & Beleza

Após mistério, o curta #Oitavo da Animale, primeira produção de ficção de Giovanni Bianco, é apresentado no Rio com presença de estrelas do elenco, como Bruna Marquezine e Pabllo Vittar

Na produção, gravada no imponente Copacabana Palace, Bruna Marquezine, Mariana Ximenes, Juliana Paes, Sabrina Sato, Alinne Moraes, Luisa Arraes e Carolina Dieckmann interpretam a história que é costurada pela expectativa de um vestido. Depois da apresentação ontem à noite, o modelo, que é exclusivo da Animale, está sendo leiloada para ajudar a Fundação Casa 1

Publicado em 07/12/2017 | Por Julia Pimentel

O mistério de Oitavo foi revelado. Há alguns dias, celebs vinham compartilhando fotos nas redes sociais em um clima de segredo que acabou ontem no Cine Roxy, no Rio de Janeiro. Entre personalidade e fashionistas, Giovanni Bianco apresentou sua primeira direção de curta: Oitavo, um produto feito para a Animale. Na produção, gravada no imponente Copacabana Palace, Bruna Marquezine, Mariana Ximenes, Juliana Paes, Sabrina Sato, Alinne Moraes, Luisa Arraes e Carolina Dieckmann interpretam uma história que, assim como a divulgação, também traz um mistério. Cada uma com uma personalidade destacada, as beldades comentam a expectativa pelo oitavo que, no curta, pode ser um poderoso vestido da Animale, a chegada de Pabllo Vittar para o time ou até Bruno Gagliasso, que empresta sua voz para narrar a produção.

Alinne Moraes, Juliana Paes, Mariana Ximenes e a vice-presidente de estilo e fundadora da Animale, Claudia Jatahy na apresentação de Oitavo no Rio (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

Com brincadeiras e pitadas de provocação, as sete atrizes disputam o vestido da grife em uma noite especial que, no fim, acaba sendo usado por Pabllo Vittar. O modelo em questão, assinado por Vitorino Campos, estilista da Animale, é um vestido 100% seda, exclusivo e com 3.600 cristais Swarowsky. Ah, e que depois de todo esse engajamento e comentários em uma noite para lá de badalada, ganha status ainda mais especial. Até o próximo dia 20, o vestido da Animale estará disponível neste site para um leilão que irá doar a renda para a Fundação Casa 1, que ajuda LGBT’S, principalmente travestis, desabrigados. “Projetos como esse me animam muito mais. Além de ser importante levantar bandeiras, é fundamental arregaçar as mangas e ajudar. E é isso o que a Animale está fazendo. É muito lindo ver essa escolha de leiloar o vestido para ajudar uma fundação que eu já visitei e cantei lá. São pessoas que têm um brilho nos olhos, mesmo sem terem sido abraçadas pelos pais. É um modo de fazer e agir”, comentou Pabllo Vittar que foi ontem ao evento de apresentação no Rio.

Pabllo Vittar na apresentação do curta Oitavo da Animale ontem no Rio (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

Quem também estava por lá e comentou a iniciativa da Animale, que fora revelada pela drag queen e surpreendeu até o elenco que participou do curta, foi Bruna Marquezine. Como a protagonista do curta de Giovanni Bianco na pele da “indecisa”, a atriz contou que adora oportunidades que tenham um propósito por trás e que aprovou este tom misterioso de Oitavo antes da apresentação. “É ainda mais especial participar de uma campanha que tenha um engajamento tão atual e importante”, apontou Bruna.

Claudia Jatahy e Bruna Marquezine na apresentação do curta Oitavo da Animale ontem no Rio (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

E este comportamento da Animale não é uma exclusividade da nova campanha da grife. Como destacou a vice-presidente de estilo e fundadora da marca, Claudia Jatahy, oferecer mais que estilo é uma das premissas. “A Animale é uma marca de 26 anos que a vida inteira criou para o empoderamento da mulher e para levantar a autoestima. Ao mesmo tempo, é uma grife inquieta que está o tempo todo buscando novos caminhos e formas de comunicação”, disse a executiva que, neste momento, destacou o foco para a inclusão. “Eu acho que as marcas que sobrevivem com o passar dos anos e conseguem uma perenidade no mercado precisam estar voltadas para isso”, analisou.

Caudia Jatahy, fundadora e vice-presidente de estilo da marca, na apresentação do curta Oitavo da Animale ontem no Rio (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

Sendo assim, a decisão potente da Animale foi escalar um time de peso comandando por um dos principais nomes da moda. Em seu primeiro curta, Giovanni Bianco comentou as dificuldades em trabalhar com uma história de ficção, que ia além de modelos e cliques. “Eu sempre dirigi imagem, mas quando isso ainda tem fala e história, fica muito difícil. Na minha carreira, estou acostumado a apenas vender bolsa, sapato e maquiagem. Mas eu acho que a minha paixão por novelas ajudou”, contou o diretor que agora sonha em assinar filmes e ser carnavalesco. “Se eu não conseguir, pelo menos novela mexicana eu estou mais perto”, brincou.

Giovanni Bianco fez sua estreia no cinema com o curta Oitavo produzido para a Animale (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

Aliás, o nome Giovanni Bianco carregado por toda a sua experiência e reconhecimento também foi um fator fundamental para o bom resultado de Oitavo na tela. Unanimidade entre as estrelas do elenco, as atrizes, Pabllo e Bruno comentaram o trabalho com o diretor. “Quando a gente chega no set, gostamos de encontrar um diretor que sabe o que quer. E o Giovanni sabia desde o começo o que ele queria. Mesmo assim, ele também foi generoso e deixava a gente criar junto com ele. E isso é importante para mim”, disse Bruna Marquezine. “Quando ele me chamou para fazer e contou sobre o projeto, na hora eu topei. Na verdade, esse convite foi até engraçado porque eu perguntei a ele quando seria e ele disse que no dia seguinte. Mas acabou dando tudo certo”, contou Bruno Gagliasso aos risos.

Bruno Gagliasso na apresentação do curta Oitavo da Animale ontem no Rio (Foto: Bruno Ryfer e Roberto Filho/Trezze Imagens)

Por falar no ator e narrador de Oitavo, Bruno também comentou a importância de ter tantos nomes relevantes do cenário nacional engajados em uma mesma campanha que, depois, ainda se revelou solidária. “Em um mundo com tanto ódio, é muito legal ver um encontro como esse com tantas pessoas especiais e com a Animale comprando um barulho importante e dizendo não ao preconceito”, disse o ator que, no palco, ressaltou que fez questão de ir de saia ao evento para reforçar esta ideia de diversidade e pluralidade. “Agora eu quero uma da Animale”, completou Bruno Gagliasso.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pesquisas relacionadas