Gente & Comportamento

Miss Brasil, políticos, influencers e celebs: veja a turma que agitou Parintins

Dos estreantes como o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão, Xande de Pilares e Bruno Chateaubriand, até a amazonense Miss Brasil 2018, o site HT conversou com uma turma boa nos bastidores do Festival Folclórico de Parintins

Publicado em 02/07/2018 | Por Junior de Paula

Além dos bois Caprichoso e Garantido, diversas personalidades dividem os holofotes com as estrelas do Festival Folclórico de Parintins. E em 2018, ano da 53a. edição da farra dos bois-bumbás, teve de tudo: de digital influencers como John Drops, Gominho e Ju de Paula, passando por nomes como David Brazil e Bruno Chateaubriand, o carnavalesco Milton Cunha, políticos, como o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, o do Trabalho, Helton Yomura, o presidenciável Ciro Gomes, a Miss Brasil 2018, a belíssima amazonense Mayra Dias, músicos como Xande de Pilares e Ivo Meirelles e muitos outros. O Site HT, que aportou na ilha da magia localizada no coração da floresta amazônica, ficou de olho em todos os lances e conversou com vários deles.

Leia Mais: Tudo sobre a experiência do Site HT no Festival Parintins 2018

Sérgio Sá Leitão, o ministro da Cultura, com o governador do Amazonas, Amazonino Mendes e Denílson Novo, secretário de Cultura do Amazonas (Foto: Divulgação)

Sérgio Sá Leitão, por exemplo, fazia sua estreia na festa, que, por sua vez, conta com a participação ativa do Ministério, já que muitos dos patrocínios são fechados a partir da renúncia fiscal de empresas via Lei Rouanet.  Até junho, a apresentação dos Bois Garantido e Caprichoso captou R$ 2,25 milhões via Rouanet. O projeto de captação, por sua vez, foi aprovado em dezembro de 2017 e permitia a obtenção de até R$ 8,2 milhões. Além de bater ponto no Bumbódromo pela primeira vez, Sérgio Sá Leitão ainda foi conhecer a Mostra Cultural dos alunos do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro, em Parintins. Mantido pelo governo do Amazonas, o Liceu tem como missão desenvolver o talento de crianças, jovens e adultos no campo das artes. Em oficinas, seminários, workshops e cursos livres de formação artística, os alunos têm contato com Música Erudita e Popular, Dança, Artes Visuais e Artes Cênicas. “Estar aqui é absolutamente sensacional. Esta festa é maravilhosa e eu já tinha visto pra televisao, mas nada como estar vendo isso ao vivo e em cores. E que cores, né? Vermelho e azul, além de uma explosão de outros tons, de arte, de lição do folclore brasileiro. Maravilhoso”, contou em papo com o site.

Ciro Gomes, Carlos Lupi, o deputado federal Hissa Abraão, e Giselle Bezerra, atual namorada de Ciro (Foto: Reprodução )

Já Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à presidência da República, ao lado do governador do Amazonas, Amazonino Mendes, não se negou a dizer sua preferência de lado: “Sou Garantido, o boi vermelho”. Acompanhado da mulher, Giselle Bezerra, ele conferiu a segunda noite de apresentações e, em meio a muitos pedidos de selfies, deu seu parecer sobre a festa. “Parintins é um dos maiores espetáculos da terra. E eu não estou exagerando, impressionante como reafirmando valores intrinsecamente locais e nacionais, projeta-se um espetáculo de padrão mundial. É de comover e encantar”, afirmou.

A amazonense Mayra Dias, a atual Miss Brasil

Por falar em político, Mayra Dias, a atual Miss Brasil, que é da cidade amazonense de Itacoatiara, preferiu fazer a neutra, mesmo já tendo assumido ser Garantido. “Agora sou Garanchoso”, brincou, juntando o nome dos dois bois. “Um festival a céu aberto que atrai mais de 100 mil pessoas. A disputa entre o vermelho e o azul levada bem a sério. Artistas que se esforçam e dão o sangue pela arte que vira magia no bumbódromo. Três noites que são esperadas o ano inteiro. E o orgulho de ser amazonense e amar nossa cultura junto com esse povo. Não consigo descrever a emoção que foi abrir o Festival de Parintins ao lado dos bois Garantido e Caprichoso como a Miss Brasil Be Emotion. É indescritível. Muito obrigada Parintins! Muito obrigada Amazonas!”, disse a estrela, que já está se preparando para participar do Miss Universo, que rola agora no segundo semestre.

Xande de Pilares desembarcando em Parintins

Xande de Pilares fazia sua estreia no Bumbódromo. O carioca, figurinha fácil na Marquês de Sapucaí, no Rio, nunca tinha visto a festa de perto e ficou, claro, encantado. “Estou muito feliz de aos 48 anos poder conhecer esta festa. Quando cheguei aqui, foi como entrar no Maracanã pela primeira vez”, lembrou. Bruno Chateaubriand, que foi jurado das escolas de samba por muitos anos, e hoje integra o júri da premiação Estandarte de Ouro, do jornal O Globo, foi outro estreante nos currais dos bois mais famosos do mundo. “Agradeço por cada segundo que vivi em Parintins. Que lugar , que energia! No meio da selva a arte brasileira domina e arrebata corações. As torcidas se tornam protagonistas e roubam a cena. Visitei bastidores , vi a arte do carioca Patrick Carvalho bailar e encantar e já saio daqui com uma vontade: de voltar”, contou o jornalista.

Bruno Chateaubriand

 

 

 

Pesquisas relacionadas