Fotos

O tempo urge e a Sapucaí é grande! Claudia Leitte e Juliana Alves fervem na escolha dos sambas-enredo da Mocidade e da Unidos da Tijuca

As rainhas da bateria atraíram todos os flashes nas quadras de suas respectivas escolas, que anunciaram na madrugada de hoje quais foram as composições escolhidas para embalarem seus desfiles

Publicado em 18/10/2015 | Por João Ker

O tempo urge, a Sapucaí é grande e os preparativos para o Carnaval 2016 continuam com o ritmo todo, faltando apenas cerca de quatro meses para a festa mais animada do Brasil. Enquanto Paloma Bernardi foi coroada na Grande Rio, Agatha Moreira na Vila Isabel, Viviane Araújo aquece o caldeirão da Salgueiro e a Imperatriz Leopoldinense já está desenvolvendo sua homenagem a Zezé di Camargo e Luciano, o sábado foi de festa para a Mocidade Independente de Padre MiguelUnidos da Tijuca. Ambas tiveram seus sambas-enredo definidos na noite de ontem, com as presenças hipnóticas e agitadas de Claudia Leitte e Juliana Alves, as respectivas rainhas de bateria das escolas.

Na quadra da Mocidade, o samba-enredo a levar o troféu para casa foi “O Brasil de La Mancha. Sou Miguel, Padre Miguel. Sou Cervantes, sou Quixote Cavaleiro. Pixote brasileiro”, composto por Wander Pires, Jefinho Rodrigues, Marquinho Índio, Jorginho Medeiros, Domingos Pressão, Jonas Marques, Paulo Ferraz, Lauro Silva e Lero Pires. A escolha foi anunciada por volta das 6h da manhã de hoje e Claudia Leitte, além de rainha da bateria “Não existe mais quente”, também integrou o júri responsável pela escolha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Enquanto Padre Miguel ferveu até o sol raiar, os tijucanos testemunharam a escolha de um dos sambas mais aclamados da escola, fruto de uma parceria entre Dudu Nobre, Zé Paulo Sierra, Claudio Mattos e Gustavo Clarão. Com o título “Semeando sorriso, a Tijuca festeja o solo sagrado”, o enredo abordará a fertilidade do solo brasileiro, ao mesmo tempo em que homenageará o município Sorriso (MT), conhecido como a capital do agronegócio nacional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E engana-se quem pensa que mesmo com a ferveção do fim de semana os bambas terão tempo para descanso. Amanhã, por exemplo, a Mocidade já começa os ensaios para a gravação do samba-enredo, que será realizada já no dia seguinte. Haja fôlego!

Pesquisas relacionadas