Fotos

Modelo perde milhares de seguidores ao postar fotos da ‘vida real’, com unha lascada e sem maquiagem

Durante uma semana, Stina Sanders postou apenas fotos sem filtro e glamour para testar seus seguidores

Publicado em 20/11/2015 | Por Bia Medeiros

Stina Sanders é uma modelo que adora seu cachorro da raça buldogue francês, encontra os amigos em restaurantes badalados e, enquanto viaja pelo munto todo, fica hospedada em hotéis incríveis. Bem, essa era a perspectiva que a gente tinha quando visitava seu perfil no Instagram até alguns dias atrás, quando a britânica decidiu fazer uma experiência na rede social e começou a postar apenas fotos sem filtro e mais, digamos, “vida real”.

“Queria ver o que realmente aconteceria se eu parasse de postar fotos glamourosas e compartilhasse coisas que eu normalmente não mostro para os meus amigos, coisas que são tabu, material bruto, todo esse tipo de conteúdo”, disse Stina à revista americana People.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao invés de selfies maquiada e com a luz perfeita, durante uma semana Stina publicou imagens fazendo depilação no buço, foto dos seus pés com esmalte lascado, calos e unha prestes a cair, por conta da sua dedicação à corrida, e até um clique após uma sessão de limpeza de cólon, procedimento que ela faz com certa frequência para melhorar a sua síndrome do cólon irritável.

“Eu acho que o Instagram é muito falso, toda aquela quantidade de filtros, os cabelos escovados, então achei que poderia ser uma experiência interessante”, explicou a modelo, que se inspirou no caso da australiana Essena O’Neill. O resultado? Em uma semana ela perdeu milhares de seguidores, cerca de 3 mil, para ser mais exato, e pulou de 13 mil para 10 mil seguidores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Achei que continuaria com o mesmo número de seguidores, mas não ganharia nenhum ‘like’, mas aconteceu exatamente o oposto. Eu recebi mais likes, mas houve uma queda brusca na quantidade de seguidores”, contou Stina à revista, que, até a publicação da matéria, já tinha 39 mil seguidores.

“As mulheres começaram a comentar porque elas se sentiam representadas. Por exemplo, na foto em que estou depilando o bulo, uma menina disse: ‘Eu também faço uma manutenção matinal todas as segundas-feiras’. As pessoas ficaram felizes ao verem que é ok ser normal”, comentou a modelo, que garantiu que continuará postando fotos mais pessoais em seu perfil no Instagram.

Com a iniciativa, Stina entrou na lista de pessoas que estão ajudando a combater padrões de beleza estabelecidos e, especificamente, derrubar a ideia de que nas redes sociais, todos têm a vida perfeita e melhor que a nossa. O perfil do #ProjetoQueSeFoda, por exemplo, publica fotos de bolos, doces, pratos cheios de batata frita ao invés de saladas e comidas saudáveis, enquanto a fotógrafa Nikki Silver lançou o projeto “Unshaven”, com fotos sensuais de mulheres que não se depilam.

Estas iniciativas nos mostram que a vida do vizinho não é mais legal e nem mais glamurosa, ela só é mostrada através de fotos com o filtro e ângulo perfeitos.

Pesquisas relacionadas