Fotos

Bailes do século XVII, natureza e o bordado mineiro são algumas inspirações para o Verão que prometem bombar no Salão de Negócios do Minas Trend

Entre os corredores do Salão de Negócios, destacamos algumas grifes que, dentro de cada estilo e essência, apostaram em diferentes conceitos criativos. Em um editorial produzido exclusivamente para o Minas Trend, cinco das 201 marcas que compõem o evento adiantam o que podemos esperar até sexta-feira, 7. Vem!

Publicado em 04/04/2017 | Por Julia Pimentel

A variedade de estilos, inspirações e conceitos é uma das bases do Salão de Negócios do Minas Trend. A cada edição, novas e tradicionais grifes expõem suas criações fashionistas e potencializam o caráter plural do evento. Na ano.dez, temporada que começou ontem e celebra a década de sucesso da fashion week promovida pela Federação das Indústrias do Estado e Minas Gerais, não é diferente. Nesta semana, mais de três mil compradores devem circular entre os corredores do Salão de Negócios, conhecer as coleções de grifes mineiras e de todo o Brasil e, principalmente, fazer a roda da economia nacional girar. Por lá, marcas de roupa, moda praia, acessórios e calçados expõem suas tendências para a temporada Verão 2018 no evento que vai até sexta-feira, 7.

Leia também: Década de sucesso: Minas Trend promove sua 20ª edição batizada de ano.dez e traz celebração e ainda mais destaque para a moda mineira no cenário nacional

Entre as 201 grifes que participam do Salão de Negócios do Minas Trend, o HT pinçou algumas que, ao lado de dezenas de outras marcas, se destacam por suas ideias, inovações e qualidades. Seja na moda mais urbana, de festa ou contemporânea, as coleções passeiam pelos mais variados conceitos criativos e apostam em diferentes traduções para as ideias. Tudo isso fica à prova em um editorial produzido exclusivamente para o Minas Trend. Os cliques são de Henrique Gualtieri, com beleza de Bruno Cardoso, e foram feitos na Casa Cor de Mina Gerais, um dos símbolos de arquitetura e design do estado.

A 20ª edição do Minas Trend ocorre até sexta-feira em Belo Horizonte (Foto: Henrique Fonseca)

Buscando um equilíbrio entre a imponência da arquitetura concretista e a sutileza da natureza, a grife Arte Sacra apresenta sua coleção Poesia Urbana nesta edição do Minas Trend. Nas criações, a inspiração é traduzida por um contraste de formas e cores e precisão e ousadia. Ou seja, nos shapes da Arte Sacra, roupas estruturadas se contrapõem às desconstruídas. Assim como as cores, que vão do blueberry ao off-white e do vermelho romã ao verde sereno.

Leia também: Pluralidade: 20ª edição do Salão de Negócios do Minas Trend é marcada por retornos, estreias, novas apostas e personalidade como convidada

Seguindo o tradicional DNA mineiro na moda, a Arte Sacra não foge aos bordados luxuosos símbolos do estado. Feitos com paetê marmorizado, vidrilhos, pedrarias, pétalas e folhagem em tecido cortado a laser, os bordados trazem formas arabescas e degradês instigantes às criações. A arte abstrata também está presente nas estampas da coleção de Verão da Arte Sacra.  Separada em três moods, as padronagens variam entre a beleza da natureza, a geometria estrutural da arquitetura e as curvas das ondas.

Grife Arte Sacra em editorial exclusivo para o Minas Trend (Foto: Henrique Gualtieri)

Outra grife que apostou na riqueza da natureza é a Cajo. Na coleção batizada de Universal-Mente, o equilíbrio entre diferentes formas de energia, que também passam pelo misticismo e purificação de pensamento, ditam as criações de Carol Caetano. Desta forma, look fluidos em tecidos como seda, crepe e cetin dominam a coleção que é potencializada pelos shapes assimétricos, estruturados, sereia e reto. Nas cores, a predominância é de tons que transitam entre o azul e o rosé. No entanto, cores mais fortes, em referência ao mood tropical, também marcam presença com verde esmeralda e vermelho.

Leia também: Incubadora poderosa: projeto Ready to Go  do Minas Trend completa dez edições como vitrine e capacitadora de jovens talentos da moda nacional

Já nas estampas, o conceito criativo se faz presente ainda em mais evidência. Assim como os moods, nas padronagens, três inspirações dividem a coleção. São elas: as sensações da natureza, a busca pelo equilíbrio e harmonia e os elementos astrais do zodíaco.

Grife Cajo em editorial exclusivo para o Minas Trend (Foto: Henrique Gualtieri)

Por outro lado, a grife Ellizabeth Marques apresenta uma coleção Verão 2018 inspirada no luxo e no requinte dos grandes bailes do século XVII. Desta forma, toda aquela elegância e opulência dos trajes da época se fazem presentes em looks glamourosos da coleção batizada de Le Bal, o baile em francês. No entanto, toda essa riqueza se contrapõe à fluidez de algumas peças. Para representar o movimento da dança tradicional desses eventos, a grife apostou em shapes com modelagem sereia, saias amplas, godês, babados e golas altas.

Nas cores, tons fortes e vibrantes marcam a paleta que tem o vermelho rouge, branco e amarelo como destaques. Nas estampas, assim como nas rendas e bordados, as flores que ornamentavam os grandes bailes ressaltam os looks que são trabalhados em materiais nobres, como pérolas, vidrilhos e linha.

Grife Ellizabeth Marques em editorial exclusivo para o Minas Trend (Foto: Henrique Gualtieri)

De longe, o bordado é de fato uma identidade da moda mineira. E foi essa a ideia da grife Frutacor para a coleção Jardim Tropical, que traz as tendências para o Verão 2018. Nas criações, a marca quis destacar essa identidade fashionista em um handmade autoral que promete ser sucesso no Salão de Negócios. Seja na linha casual, festa ou coquetel, as criações seguem inspirações das décadas de 1970, 1980 e 1990.

Na prática, a Frutacor apresenta uma coleção com shapes paper bag, com cinturas marcadas e formas amplas, e uma cartela de cores que transita por tons claros e empoeirados, que variam entre amarelos, vedes, azuis e rosés. Já nas estampas, os florais, poás, pássaros, camuflados e xadrez vichy se destacam em peças que ainda resgatam os patches e enaltecem os bordados.

Grife Frutacor em editorial exclusivo para o Minas Trend (Foto: Henrique Gualtieri)

 

Por fim, mas não menos importante, a Unity Seven traz uma coleção introspectiva para o Verão 2018. Nas criações da próxima temporada, uma análise do DNA da própria grife originou as criações que também foram pensadas para uma mulher contemporânea e plural. Assim, o calor é símbolo de fluidez e frescor em estampas e cores que transitam pelo nude e tons fortes como Esmerald Green e Valentino Red.

Em relação às modelagens, os cortes mais justos, sensuais e poderosos se destacam nas peças que têm fendas, recortes estratégicos e corte sereia. Outro destaque desta coleção da grife são os bordados que, mais uma vez, aparecem em peso nas criações da Unity Seven.

Grife Unity Seven em editorial exclusivo para o Minas Trend (Foto: Henrique Gualtieri)

Pesquisas relacionadas