Viagem & Gastronomia

Notícias da Corte: Fabiane Pereira apresenta o Quintal D’Santo Amaro, uma deliciosa experiência gastronômica luso-brasileira

Fabiane Pereira apresenta sua nova coluna aqui no Site HT, na qual ela conta sobre as brasileiras que estão fazendo a diferença em Lisboa. E a primeira é sobre o Quintal D’Santo Amaro, um take away de comida vegana que transforma tudo que vem da terra numa comida saudável e colorida. Todas as receitas são fruto das vivências e andanças de Joana Agostinho e da chef Larissa Abbud, com quem Fabiane bateu um papo! Vem ler!

Publicado em 25/01/2018 | Por Junior de Paula

*Por Fabiane Pereira

Fabiane Pereira apresenta sua nova coluna aqui no Site HT, na qual ela conta sobre as brasileiras que estão fazendo a diferença em Lisboa

Fabiane Pereira apresenta sua nova coluna aqui no Site HT, na qual ela conta sobre as brasileiras que estão fazendo a diferença em Lisboa

Estou há quase dois anos entre o Rio e Lisboa por causa de um mestrado e pretendo permanecer nesta ponte transatlântica por muitos anos. Nestas idas e vindas, tenho conhecido muita gente talentosa (pra isso que servem as viagens, não é mesmo?) e, como acredito que o mundo precisa de bons exemplos, vou indicar neste espaço, pelas próximas quatro semanas, alguns “achados” luso-brasileiros comandados por MULHERES que chegaram a Portugal recentemente e já estão se destacando na imprensa local por seus empreendedorismos criativos.

Portugal é um país apaixonante e além da proximidade da língua, há inúmeros outros atrativos e a gastronomia é um deles. Como se come bem na terrinha!

E ao contrário do que se pensa, nem tudo é altamente calórico. Apresento a vocês o Quintal D’Santo Amaro, um take away de comida vegana que transforma tudo que vem da terra numa comida saudável e colorida. Todas as receitas são fruto das vivências e andanças de Joana Agostinho e da chef Larissa Abbud por diferentes partes do mundo e o menu é composto de acordo com os benefícios e qualidades nutricionais de cada alimento.

Larissa Abbud e Joana Agostinho

Larissa e eu nos tornamos amigas e o Quintal D’Santo Amaro é praticamente minha segunda casa em Lisboa. Não sou vegana e sempre achei que meu paladar não se adaptava muito a comida “natureba”. Isso, claro, até conhecer o Quintal. Lá, a comida é servida em embalagens de papel reciclado e o cliente tem a opção de levar para casa ou degustar numa das charmosas mesas do local. Localizado entre a rua de São Bento e o Jardim da Estrela (lugar mais lindo de Lisboa!), o Quintal é um restaurante intimista com curadoria paisagística do Jardim Flora – outro lugar incrível que semana que vem apresentarei pra vocês – com uma comida muito saborosa.

Larissa está passando uns dias no Rio pra fugir do inverno lisboeta então aproveitei sua vinda pra matar as saudades e conversar com ela sobre o workshop que ela dará amanhã no delicioso Prosa na Cozinha.

FP: Como a gastronomia entrou profissionalmente em sua vida?

LA: Aprendi a cozinhar muito nova com a minha avó e sempre fui a responsável pelos quitutes tanto na minha casa como nas viagens com os amigos e alguns eventos da família. Trabalhei durante muitos anos como jornalista, mas já estava um pouco cansada da profissão, a grana era curta e então comecei a fazer comida para vender. Logo começaram a surgir pedidos para fazer eventos e quando vi eu já tinha um buffet. Larguei o jornalismo e entrei oficialmente para a gastronomia. Comecei a fazer cursos, me profissionalizei, montei equipe, comprei equipamentos e aos poucos as coisas começaram a acontecer.

FP: Quando e por que você trocou o Rio por Lisboa?

LA: Fui para Lisboa em Setembro de 2016 para fazer um Mestrado em Ciencias Gastronomicas.

FP: Como surgiu o Quintal de Santo Amaro?

LA: Embora eu já tivesse um buffet quando morava no Rio, meu sonho sempre foi ter uma portinha para chamar de minha. Queria mesmo um lugar pequeno onde as pessoas pudessem passar, pegar uma comida saborosa e levar para comer em casa, no parque ou no trabalho. Quando conheci a Joana, a minha sócia e grande amiga, falamos por alto sobre o assunto e, coincidência ou não, ela tinha uma ideia parecida em mente. A ideia ficou ali, em alguma gaveta da cabeça. Mais de um ano depois, por acaso, encontramos um lugar que poderia se tornar aquela nossa “portinha” e ainda com direito a 3 mesas. Maturamos a ideia, pensamos melhor sobre o negócio e em menos de 3 meses montamos o Quintal.

FP: Como é o menu do restaurante? 

LA: Temos uma estrutura fixa de menu, composta por Lunch Box, Prato Quente (apenas no inverno), tostas, sopa, bolo, sobremesa e suco entretanto, a comida que servimos muda todos os dias pois tudo depende dos ingredientes que recebemos dos nossos fornecedores, da época do ano e do que sobrou no dia anterior, pois um dois principais conceitos do Quintal é que lá nada se desperdiça, tudo se transforma. E esse é o nosso maior desafio, fazer pratos saborosos, completos em termos nutricionais e sem o desperdício alimentar.

FP: De uns tempos pra cá, houve um aumento significativo da procura pela alimentação saudável. A que você atribui isso?

LA: Acho que as pessoas estão se tornando mais conscientes sobre a importância de comer de forma mais equilibrada e menos processada pois o alimento tem um impacto direto no nosso corpo. Quando comemos melhor o nosso corpo responde de forma melhor também. Ficamos menos cansadas, temos mais energia.. E quando eu digo comer saudável não estou falando em nenhum tipo de radicalismo na alimentação, pois isso também acontece muito. As pessoas querem ser magras, cortam uma série de alimentos, que sim, podem resultar na perda de peso, mas nem sempre isso é significado de ser saudável. Acho que é preciso tomar muito cuidado com isso.

 

FP: Quais seus planos pro Quintal em 2018?

LA: O Quintal nasceu há 4 meses e tudo tem acontecido muito rápido. Nosso principal objetivo agora é fazer com que cada vez mais as pessoas conheçam o nosso Quintal. Estamos desenvolvendo alguns produtos como granola e “chips de legumes”, temos os nossos workshops que acontecem todos os meses e crescer cada vez mais com o nosso serviço de cattering.

​Nota de rodapé: O Quintal D’Santo Amaro fica na rua de Santo Amaro nº6B e está aberto de terça a sábado, das 10h as 19h.

Pesquisas relacionadas