Viagem & Gastronomia

Feijoada das Campeãs do Rio Othon Palace reúne celebridades e grandes nomes do Carnaval como o baluarte da Mangueira Nelson Sargento

O evento rolou neste sábado e contou com a presença de Milton Cunha, Sabrina Kogut, Renata Santos, Maíra Charken, Leona Cavalli, Quitéria Chagas e Paola Antonini. Aproveitando a oportunidade, os convidados falaram sobre as suas impressões dos desfiles críticos e questionadores que passaram pela Sapucaí na semana passada

Publicado em 18/02/2018 | Por Ana Clara Xavier

“Toda a festa tem um gosto e a comida do samba é a feijoada com caipirinha”, brincou Nelson Sargento, o inigualável baluarte da Estação Primeira de Mangueira. O compositor, cantor e mestre da música prestigiou a famosa Feijoada das Campeãs que rolou neste sábado no Rio Othon Palace. Na ocasião, a bateria nota 10 da escola de samba foi a responsável por embalar o público que curtiu o evento com vista para a Praia de Copacabana. “Para a Mangueira é uma enorme satisfação fazer parte da Feijoada das Campeãs, porque é um evento que recebe muitas pessoas do Rio e de outros estados”, afirmou Bira Ney, diretor da bateria. Além de turistas, a festa contou com a presença de várias celebridades como Milton Cunha, Sabrina Kogut, Renata Santos, Maíra Charken, Leona Cavalli, Quitéria Chagas e Paola Antonini. “Foi incrível e exaltou a cultura do Brasil ao trazer este tipo de comida que é super típica. Na verdade, o pessoal do Othon é muito legal. Todos me receberam muito bem e com muito carinho”, contou a modelo e digital influencer, Paola Antonini, que está hospedada há uma semana no hotel.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A folia foi a protagonista da feijoada no Othon, sendo assim não faltaram comentários e opiniões de grandes carnavalescos sobre o que rolou na Avenida, afinal, é o que acontece quando se reúne formadores de opinião, mestres e críticos em um só lugar. “Os enredos críticos e sociais, que tinham parado nos anos 80 e 90, voltaram com uma força incrível capaz de levar o primeiro e segundo lugares. Carnaval sempre debochou dos políticos, porque é a voz do povo e as pessoas não têm papas na língua. Além disso, existe outra grande discussão que é se esta festa precisa ser apenas bonita esteticamente, porque o desfile da Beija-Flor é emocionante e retrata os figurinos do dia a dia”, lembrou Milton Cunha. Neste ano, os sambas-enredo da Mangueira, Beija-Flor e Paraíso Tuiuti trouxeram questionamentos políticos e sociais para a Sapucaí. “Carnaval que não tiver muita crítica não é Carnaval. Mas isso não impede que o povo continue sambando alegremente”, comentou Nelson Sargento, acrescentando: “Sem dinheiro não se faz uma festa e a Prefeitura tem interesse neste evento, porque é lucrativo e atrai muitos turistas. Sendo assim, o prefeito tem que colaborar com as escolas de samba”, acrescentou o mestre mangueirense.

É óbvio que a Feijoada das Campeãs não se limitou a avaliações estéticas e políticas sobre os desfiles. Teve muito espaço para celebrar o Carnaval com direito ao sabor inigualável de comida brasileira. “Seguindo a temporada de folia, realizamos novamente este evento, que foi um sucesso no ano passado. Além disso, esta festa está acontecendo por uma causa nobre, porque parte da renda é destinada a Make a Wish. Para a gente é uma honra poder recepcionar tantas pessoas e grandes personalidades carnavalescas”, afirmou o diretor comercial e de marketing da Rede Othon, Bruno Heleno. A realização é uma parceria da rede hoteleira com Marcelo Moraes e Leblon Entretenimento.

Bruno Heleno é o nome por trás do sucesso que é esta feijoada (Foto: Jan Sen)

Bruno Heleno é o nome por trás do sucesso que é esta feijoada (Foto: Jan Sen)

A fundação Make a Wish é reconhecida internacionalmente por ajudar crianças em estado grave de saúde a realizar seus sonhos. Este programa existe há quase 40 anos no mundo e está completando uma década atuando no Brasil. “Nós levamos alegria e amor para as crianças e Carnaval é exatamente isto. A instituição já tinha vontade de participar de uma feijoada aqui no Rio e, dessa vez, nos unimos ao Rio Othon Palace”, informou a coordenadora do Rio de Janeiro, Célia Regina. Esta não é a única ação feita pela rede hoteleira. O Othon tradicionalmente apóia instituições de caridade. “Já temos esta preocupação social. Um exemplo disto é a nossa parceria com o projeto UERÊ, da embaixadora Ivone Bezerra de Mello, que faz um trabalho incrível com crianças. Para cada guest comment, nós doamos R$1,00 para este grupo”, explicou Bruno Heleno.

A festança de despedida do Carnaval contou com a garantia de um bufê feito pelas mãos experientes de grandes profissionais da gastronomia. A feijoada foi servida em caldeirões com nove tipos de carnes, como paio, lombo, costelinha de porco e carne seca. A seleção permite escolher exatamente o que cada um vai comer. “Não como carne, mas como o hotel separa cada comida, consigo pegar exatamente o que quero. Podendo comer o feijão e a farofa, o que é incrível. Dá para todo mundo se deliciar com o que quiser e se divertir”, aprovou a modelo Paola Antonini.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além do prato principal, o menu contou com várias opções de entradas como linguiças, torradas com alho e salsa, torresmo e caldinho de feijão. De acompanhamento, o cliente pôde escolher entre banana à milanesa, batata doce, couve mineira, farofa de ovos, aipim frito, arroz branco e laranja. Quem gosta de salada ou está de dieta também aproveitou a festa comendo uma deliciosa abóbora com carne-seca, repolho roxo com manga e nozes e folhas de rúcula com parmesão e chips de bresaola. Para variar ainda mais, a Rede Othon exibe uma seleção de grelhados, como peito de frango, lombinho de porco, costelinha e pernil defumado. “Utilizamos cerca de 12 a 15 quilos de cada carne, 10 de tomate, 25 de torresmo, 30 de arroz e entre 40 e 50 quilos de feijão. Todas as quantidade são pensadas desta forma, sempre de dez quilos para cima”, informou o gerente de alimentos e bebidas, Luiz Carlos Fontana.

Para tornar a atmosfera ainda mais carnavalesca, o Rio Othon Palace convidou Quitéria Chagas, rainha da Império Serrano deste ano, como musa da Feijoada das Campeãs. “Participo do Carnaval há 17 e é a primeira vez que recebo este título. Então, a experiência está sendo ótima. Foi um prazer ter sido escolhida pelos hotéis Othon. É uma honra ser um símbolo do Carnaval em uma rede conceituada. Além disso, estou feliz em participar de uma festa tão bacana como esta, com uma vista deslumbrante da Praia de Copacabana, e poder comer uma ótima feijoada”, afirmou a musa.

Pesquisas relacionadas