Viagem & Gastronomia

Dominando o mercado do turismo: Bruno Heleno, gerente de Vendas e Marketing da Rede Othon, relata a experiência como líder de uma das empresas mais respeitadas do segmento

O profissional iniciou os trabalhos pelo ramo do turismo como estagiário da área de governança e foi galgando a sua trajetória até atingir o posto de liderança em vendas e marketing. Bruno Heleno está há 17 anos no grupo e há três anos em seu cargo atual. Por ter uma carreira profissional completamente interligada à empresa, ele já teve o privilégio de receber diversos prêmios como Adrian Awards, o 'Oscar' da hotelaria

Publicado em 18/06/2018 | Por Ana Clara Xavier

Dois Adrian Awards pela qualidade do site e diversos Top Of Mind são alguns dos reconhecimentos que o Othon recebeu nos últimos tempos que comprovam o nível internacional de hotelaria que está sendo fornecido por esta empresa brasileira. O compromisso com a hospitalidade são palavras de honra da casa que opera sob a vigilância cuidadosa de grandes profissionais do mercado. O homem por trás de cada uma destas facetas é o gerente geral corporativo de Vendas e Marketing, Bruno Heleno. Com uma trajetória completamente dedicada ao sucesso da Rede, Bruno começou estagiando na área de governança e, aos poucos, foi subindo de cargo até chegar no posto atual. “Estar em uma empresa tão colaborativa e visionária também ajuda os funcionários a trilharem o caminho para o sucesso. Os meus reconhecimentos sempre foram endossados pela Rede e o exemplo disto é que já tive o prazer de receber diversos prêmios em nome do grupo. É muito significativo. Tudo o que sei da minha carreira veio muito do Othon. Foi o start de tudo. Metade da minha vida foi dentro deste lugar. É uma dinâmica bem interessante”, comemorou.

Bruno Heleno é o gerente geral corporativo de Vendas e Marketing (Foto: Divulgação)

Bruno Heleno é o gerente geral corporativo de Vendas e Marketing (Foto: Divulgação)

À frente do posto há três anos, ele está ajudando a rede hoteleira a transformar o sonho de expansão para outras capitais em uma realidade. Em abril, por exemplo, foi inaugurado mais um hotel, dessa vez, no Recife. A ideia é fortalecer ainda mais o nome Othon no país. “Estou tendo o privilégio de passar por este momento de crescimento e ver que a empresa que comecei a minha carreira está, cada vez mais, se consolidando como uma rede administradora de empreendimentos hoteleiros”, comentou.

Com a agenda sempre cheia, Bruno Heleno realiza frequentemente um road trip pelos hotéis e gerências de venda. De acordo com ele, esta dinâmica o faz entender melhor cada mercado e aprender ainda mais, afinal, mesmo tendo alcançado o topo, ainda pretende realizar muitos sonhos. “Temos sempre que estar em uma busca incansável por aprendizado, porque existem vários desafios pela frente. Afinal, estamos em um momento no qual pretendemos hastear a nossa bandeira em mais estados para reforçar a marca. Fico muito feliz do sucesso que nós já conquistamos e de estar junto a Rede Othon”, concluiu.

Bruno Heleno posa para foto na suíte do Rio Othon Palace, aonde trabalha atualmente (Foto: Divulgação)

Para ele, fazer parte deste time era uma realização visto que a rede é um dos grandes cenários de oportunidades de trabalho, em Mina Gerais, aonde começou a sua trajetória. “Em BH, o Othon tem um peso muito importante e é de grande conhecimento do público. Não é por acaso que ganhamos o prêmio Top Of Mind, porque quando se pensa em uma rede é o nosso nome que vem à cabeça. Sendo assim, quando tive a oportunidade de estagiar, eu fiquei muito feliz”, relembrou. Seis meses depois, quando terminou o curso técnico de Turismo no CEFET, acabou sendo contratado para trabalhar na recepção no período noturno, no qual ficou por cerca de dois anos. De acordo com ele, este cargo foi decisivo.

Bruno Heleno recebendo as estatuetas do Adrian Awards (foto: Divulgação)

Bruno Heleno recebendo as estatuetas do Adrian Awards (foto: Divulgação)

Logo depois, Bruno alcançou o posto de executivo de contas, no qual ficou por dois anos, e na sequência passou a ser supervisor de vendas de Belo Horizonte. Algum tempo depois, foi promovido ao cargo de gerente comercial daquela região. “Durante estas movimentações, sempre busquei me capacitar. Cheguei, inclusive, a fazer estágios internos com grandes chefs de cozinha. Para mim, foi importantíssimo ter o conhecimento tanto da área comercial quanto da operação”, contou. Em paralelo ao trabalho, ele se formou em administração pela FUMEC, uma das faculdades mais reconhecidas em Minas na área de Exatas. E, depois de conquistar o diploma, ainda fez pós-graduação, MBA e uma especialização em RM pela Cornell University.

Bruno foi então convidado para assumir a regional de São Paulo, o principal mercado comercial da rede. “Foi um desafio muito grande”, relembrou. Depois de três anos comandando esta parte, ele precisou retornar a Belo Horizonte para alcançar a função de gerente geral da unidade no período anterior a Copa do Mundo, um momento no qual a Rede Othon precisava lidar com mais de 85 hotéis sendo construídos na cidade, o que exigia uma força comercial enorme da equipe. “Aprendi muito. De qualquer forma, ir para o Belo Horizonte como gerente geral foi um marco da minha carreira já que comecei como estagiário e chegar à posição máxima foi um motivo de muito orgulho”, comentou. Na época, ele chegou a liderar mais de 270 funcionários.

Bruno Heleno começou a sua carreira estagiando na área de  governança (Foto: Divulgação)

Bruno Heleno começou a sua carreira estagiando na área de  governança (Foto: Divulgação)

Sendo assim, o executivo possui mais de dezessete anos na empresa na qual conseguiu subir substancialmente de cargo, devido às grandes oportunidades que a Rede oferece aos seus funcionários. O Othon é uma verdadeira escola de hotelaria. “Os hotéis Othon têm pessoas que trilharam caminhos bem parecidos. Até hoje, temos grandes profissionais conosco que começaram como estagiários, por isso que a nossa empresa é conhecida como uma verdadeira escola de hotelaria. Isto é realmente verdade. Além disso, a Rede sempre teve profissionais muito bem capacitados o que faz com que a gente se adapte com maior facilidade e esteja pronto para dar o nosso melhor”, contou.

 

Pesquisas relacionadas