Viagem & Gastronomia

Direto da França para o Rio de Janeiro, Le Cordon Bleu prepara agora futuros cozinheiros cariocas

Escola de gastronomia com base nas técnicas francesas de culinária tem nomes de peso na equipe de professores-chefes

Publicado em 03/12/2018 | Por Bárbara Tenório

A escola francesa de gastronomia Le Cordon Bleu inaugurou em setembro uma nova sede brasileira. A primeira filial foi aberta em São Paulo no mês de maio e a segunda acabou de chegar em esquema de soft openning no Rio de Janeiro. A área de 1,6 mil m² em Botafogo reúne espaços para aulas, oito cozinhas equipadas, restaurante-escola e cafeteria que serão abertas ao público em definitivo em 2019. A rede internacional começou como uma escola de gastronomia em Paris, na França, no século passado e se tornou um conglomerado internacional de institutos de artes culinárias, presente em vinte países do mundo. E agora, desembarcou com tudo no Brasil. Sorte a nossa.

Aluna do Le Cordon Bleu colocando em prática o que se aprende durante o curso (Foto: Divulgação)

O site HT conversou com a Camila Furtado, diretora pedagógica do Instituto, para saber um pouco mais sobre a prática do método francês nas cozinhas brasileiras. Segundo a diretora, as bases da gastronomia francesa cunharam as bases do modo de cozinhar ocidental e, por isso, as técnicas aprendidas na escola possibilitam uma compreensão geral sobre a ato de preparar alimentos, independente de qual lugar do mundo esse profissional esteja ou quais métodos e ingredientes está utilizando. “Há uma diferença entre curso de base de cozinha e curso básico de cozinha. No nosso caso, a preparação profissional na base da culinária francesa, aprendendo desde como atender o cliente e trabalhar uma massa com as mãos até manusear máquinas modernas de preparação dos alimentos”, afirmou. Além disso, a diretora destacou sobre a importância de trabalhar os alimentos no preparo das receitas. “Saber usar as mãos sem ajuda de equipamentos é extremamente importante. Nossos alunos carregam as competências de desenvolverem pratos em qualquer lugar que eles forem trabalhar desde uma mega cozinha com infraestrutura ou uma pequena cozinha com só um forno e um fogão”, completou Camila.

Aulas práticas do Le Cordon Bleu Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Entre os cursos oferecidos para os inscritos na filial do Rio de Janeiro estão o de Cozinha ou Diplôme Cuisine, com duração de nove meses, o de Confeitaria ou Diplôme Pâtisserie, com a mesma duração, e o Grand Diplôme, que engloba os dois anteriores. Além desses, a sede carioca tem na grade o diferencial inédito de um curso técnico, o Diplôme CordonTec. Ele permite que o aluno adquira a formação técnica em receitas francesas,  possibilitando o desenvolvimento  dos futuros chefs de cozinha. Em um período de dois semestres, o estudante é qualificado em Cuisine, Pâtisserie, Boulangerie e Serviços.

Cozinheiras alunas do curso de Pâtisserie da escola Le Cordon Bleu Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Para a modalidade técnica, a escola reserva parte das vagas do programa para bolsistas indicados pela Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) e 20% das vagas a alunos selecionados pela casa. De acordo com Camila, a fim de ampliar as oportunidades para que estudantes cariocas tivessem novas inspirações e aspirações na vida houve a parceria entre a escola e o governo do estado. “Nós utilizamos desse prédio sem aproveitamento e muito bem localizado na Zona Sul do Rio, e em troca ofertamos bolsas para o curso técnico profissionalizante de 800 horas de gastronomia francesa, uma formação totalmente prática”, disse.

Uma turma de cozinheiros já está a todo vapor e a nesta semana serão realizados testes para o segundo edital de alunos bolsistas que vão iniciar a formação em março de 2019. “Em uma semana de edital no ar foram 800 inscritos, enquanto no primeiro foram 300. Eles se inscrevem, depois há um sorteio de 50 pessoas, essas fazem uma prova de português e matemática e fazemos uma entrevista comportamental e de habilidade específica”, completou Camila. E para participar não há pré-requisitos, apenas a maioridade e gostar de cozinhar, claro.

Prato elaborado por estudantes do instituto Le Cordon Bleu Rio (Foto: Divulgação)

O projeto carioca também tem à frente a diretora geral do Cordon Bleu Brasil, Sofia Mesquita, chef formada pela própria instituição na França, e conta com a consultoria do chef francês Roland Villard, que esteve à frente da cozinha do restaurante Le Pré Catelan, no Hotel Sofitel, em Copacabana, onde conquistou uma estrela Guia Michelin e integra, agora, o conselho da Le Cordon Bleu no Rio de Janeiro.

Com 35 escolas internacionais frequentadas por mais de 20 mil alunos anualmente, as aulas da Le Cordon Bleu são ministradas por nomes de peso como Philippe Brye, ex-chefe executivo do grupo Troigros e ex-chefe confeiteiro dos hotéis Le Meridien e Sofitel, antes de abrir a sua própria confeitaria, a Traiteurs De France. Os mestres da casa transmitem aos alunos seus conhecimentos de culinária francesa clássica e técnicas culinárias internacionais modernas, através de conteúdo teórico e aulas práticas. João Paulo Frankenfeld também integra o time de chefes, com experiência em casas premiadas. Outro professor da sede do Rio é Guy Savoy, que na bagagem têm três estrelas Michelin em Paris e duas estrelas no Hotel Trianon Palace, em Versalhes.

Receita feita por cada um do alunos do curso de Boulangerie do Le Cordon Bleu (Foto: Divulgação)

E no que depender da nova escola de gastronomia do Rio, ainda terão muitas novidades para o ano que vem. “Estamos preparando um diploma de padaria de qualificação e uma agenda intensa de cursos rápidos passando pela técnica da culinária francesa a mundial. Algumas ações junto ao consulado francês e ao SEBRAE para técnicas de empreendedorismo aos nossos alunos e pretendemos realizar muitos eventos de gastronomia que reúnam chefes nacionais e internacionais”, ressaltou Camila.

Espaço da escola de culinária Le Cordon Bleu no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

O novíssimo Le Cordon Bleu Rio de Janeiro fica na Rua da Passagem, 179, em Botafogo.

Pesquisas relacionadas