Viagem & Gastronomia

Com pegada artsy e vista panorâmica, Belo Horizonte Othon Palace passa por revitalização e mantém o posto de melhor hospedagem mineira

Inaugurado em 1978, o hotel conta com 296 quartos de frente para os maiores e mais importantes pontos da capital de Minas Gerais, ao mesmo tempo em que reforça seu valor de patrimônio histórico com 750 obras de arte espalhadas por seus 25 andares

Publicado em 20/10/2015 | Por João Ker

Imagine conjugar um dos visuais de tirar o fôlego de tanta beleza em Minas Gerais e ainda se hospedar em um local que guarda um verdadeiro acervo de obras dos maiores nomes das artes plásticas brasileiras. Localizado na Avenida Afonso Pena, a principal do centro da capital mineira, o Belo Horizonte Othon Palace foi inaugurado na década de 70 e, desde então, desempenha a função de parte integrante do cartão-postal da cidade, com uma vista de 360º para todo o horizonte, que ganha mais do que nunca sentido em ser adjetivado de belo na terra do pão de queijo. É impactante a sensação de entrar no hall e se deparar com dois quadros gigantescos assinados por Roberto Burle Marx (1909-1994), ter aos pés cerâmicas de Francisco Brennand, em meio a uma decoração com móveis contemporâneos com uma releitura setentista. Soma-se a esse cenário outras 750 obras de arte e a recente reforma nos 296 quartos, distribuídos por 25 andares. E mais: uma repaginada nas áreas comuns. O que só reitera a chancela do Belo Horizonte Othon Palace em se manter como destino preferido de turistas, celebridades e empresários de passagem pela capital mineira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os hóspedes que optam pelo conforto do Belo Horizonte Othon Palace sentem uma cordialidade ímpar também logo ao chegar. Até por que, a chave mestra de qualquer hospedagem tem o formato do serviço de qualidade e, pelo que pode-se vivenciar ao longo dessa experiência, os funcionários da Rede Othon de Hotéis não medem esforços para que o cliente se sinta bem. Chegando ao destino, já na recepção, além de se deparar com os quadros de Burle Marx, datados de 1978, mesmo ano no qual o hotel foi construído, é possível constatar o investimento da Rede em uma coleção de arte múltipla, preciosa e com uma curadoria apurada. Dentre as 750 obras que integram as paredes da recepção, dos quartos, corredores, espaços comuns e até a piscina, os nomes vão do italiano Alfredo Volpi (1896-1988) ao serigrafista capixaba Dionísio Del Santo (1925-1998)que assinou uma série inteira e exclusiva de 36 obras adquiridas pela Rede. Os móveis, os elementos decorativos, digam-se de passagem, foram selecionados para a recente reforma com o intuito de enfatizar o mood da década de 1970 em sintonia também com o acervo de obras de arte.

Este slideshow necessita de JavaScript.

É no rooftop onde ficam localizados o restaurante do hotel e a piscina. De lá, a vista panorâmica é ainda mais estonteante e, como conta o gerente-geral do Belo Horizonte Hotel Palace, Bruno Heleno, proporciona aos hóspedes e visitantes uma apreciação privilegiada dos principais pontos turísticos da capital mineira. “Ao pôr-do-sol, a incidência luminosa no pico da Serra da Piedade possibilita um ângulo que fica gravado na memória ao avistarmos o Santuário Nossa Senhora da Piedade“, ressaltou Bruno, apontando para o monte no horizonte. Bem abaixo dos nossos olhos é identificar locais como a Praça da Estação, hot spot do carnaval de rua mineiro; o Viaduto de Santa Tereza, sob o qual a cena do hip hop underground ferve durante a noite; o Parque Municipal, onde os pais levam os filhos para passear a cavalo nos finais de semana. E, lateralmente, a Serra do Curral, uma parede de verde que rodeia a capital. Bruno comentou, orgulhoso: “É incrível, não é? À noite, vejo todos os hóspedes debruçados nas janelas observando o movimento da rua e a vista”. Ele ainda acrescentou que todos os quartos são agraciados com a paisagem e que o prédio, por ser parte integrante do cartão-postal da capital, foi tombado pelo Patrimônio Histórico.

Confira o vídeo que HT fez do local:


Vista panorâmica do Belo Horizonte Othon Palace

Bruno, por sinal, contou para HT a sua história pessoal com o Belo Horizonte Othon Palace. “Eu comecei aqui no balcão, como estagiário. Fui conquistando meu espaço, galgando passo a passo na empresa. Não existe prazer maior do que ter um contato pessoal com os hóspedes e poder fazer com que sintam em casa”, comentou, acrescentando que mora com a família no hotel e cuja dedicação ao que faz com paixão é full time.

Bruno Heleno, gerente geral do BH Othon Palace (Foto: Divulgação)

Bruno Heleno, gerente-geral do Belo Horizonte Othon Palace (Foto: Divulgação)

Dentre os trabalhos acompanhados de perto por Bruno nesse período em que está à frente do BH Othon Palace, destaca-se a recente reforma. “A Rede investiu nos quartos, restaurou as obras de arte, modernizou todos os equipamentos de tecnologia do lobby e até leds foram instalados para realçar a beleza do ambiente”, detalhou, acrescentando que, além de dar um ar mais contemporâneo para o edifício, sem perder a sua tradição história ou sua pegada clássica, manter a liderança quando o assunto é a escolha por uma hospedagem de excelência.

A localização privilegiada do Belo Horizonte Othon Palace é ponto crucial na escolha de hospedagem em Belo Horizonte tanto para executivos como turistas. A tradicional feira dominical de artesanato da Afonso Pena, a maior da América Latina, começa já na porta do hotel, enquanto os amantes dos programas culturais têm fácil acesso a locais como o Palácio das Artes, cinemas, museus e casas de show. Não à toa, é o endereço preferido de celebridades do showbizz também. “O Othon é conhecido como sinônimo de glamour. Nossos hóspedes nos escolhem pelo nosso serviço, conforto e por saberem que terão facilidade de chegar às principais áreas da cidade”, contou Bruno, enfatizando ainda a responsabilidade de carregar o título de maior ocupação de todo o setor hoteleiro na região. Esse reconhecimento, por sinal, vai para além do público e ecoa pela crítica especializada: há 18 edições, o BH Othon Palace é o vencedor do Top Of Mind – Mercado Comum, Marcas de Sucesso em Minas Gerais, que premia as melhores marcas mineiras em diversos segmentos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao todo, o hotel emprega 217 funcionários e, dentre eles, está o chef Manoel Pereira, responsável pela ótima gastronomia servida no restaurante. Trabalhando ali há mais de 23 anos, o mineiro de Itinga conta que começou cozinhando em casa por pura curiosidade e, hoje, prepara as melhores opções da culinária mineira, com alguns toques personalizados, como os charmosos pratos servidos em folhas de bananeira. “A comida mineira é uma das mais requisitadas do mundo. Somos famosos pelos nossos temperos, sem falar nas verduras típicas, como taioba, quiabo, piqui, couve…”, explicou, enquanto, ali em frente, a piscina na área aberta do rooftop reflete os raios de sol, convidativa e refrescante.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas HT, claro, não poderia deixar de perguntar ao chef qual o segredo da famosa feijoada servida aos sábados, que faz um mix da culinária mineira com samba de raiz, cativando um público fiel que não deixa de passar ali nos finais de semana. “O feijão é preparado com apuro. Depois, eu ponho um pouco de cachaça, salsão, alho poró, cebola, alho e, o que não pode faltar nunca, suco de laranja”, revelou. As carnes são servidas separadamente para o cliente degustar a que preferir. Bem, as sobremesas são um ponto à parte. O hotel investe em uma confeitaria de primeira qualidade. O Pudim Othon Palace é de se provar rezando.

Percorremos cada cantinho do hotel e pudemos conhecer os maiores apartamentos da hotelaria de Belo Horizonte. Uma suite chega a ter 150 m² cada. Ali, logo abaixo do restaurante e da piscina, estão os andares reservados para os clientes que optaram pelo programa Othon Business, tendo à disposição lounges corporativos – com sofás, TVs e computadores -, uma gama de serviços de ponta exclusivos – como jornal na porta do quarto todas as manhãs, internet de primeira, passadeira, local para um café da manhã exclusivo e check in e check out exclusivos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na Suite Presidencial, o conforto e a amplitude do espaço impressionam: na sala, um bar, frigobar, TV, sofás, vasos de cristal, quadros de Alfredo Volpi (1826-1988) na parede; o banheiro, com duas pias, é todo em mármore Carrara, e ainda tem um lavabo adicional, uma cozinha equipada com fogão elétrico, assim como uma sala de reuniões com mesa para oito pessoas. Sim, é esse o apartamento escolhido pelo ícone de Bollywood, Amitabh Bachchan, ator indiano com mais de 180 filmes no currículo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Suíte Master também é fascinante. Possui 112m² e conta com quarto, sala de estar com mesa para 6 pessoas, sofás, TV de LCD 42”, banheiros em mármore equipados com banheira, bar e vista privilegiada para o Parque Municipal. Em suma, um espaço sofisticado, acolhedor e prático. As outras categorias também impressionam pelo espaço e conforto. Em apenas algumas horas no Belo Horizonte Othon Palace, é  possível entender por que o hotel é sinônimo de qualidade, luxo e também o #1 da capital mineira. Some a todas as qualidades a hospitalidade pela qual o estado é conhecido e você tem a fórmula para uma experiência que transcende a estadia convencional.

Pesquisas relacionadas