Cinema & TV

“Verdades Secretas” ganha o Emmy Internacional de Melhor Novela do mundo e Walcyr Carrasco: “Foi uma novela inovadora”

Grazi Massafera e Alexandre Nero que concorriam nas categorias Melhor Atriz e Melhor Ator perderam para Christine Paul e Dustin Hoffmann

Publicado em 22/11/2016 | Por Junior de Paula

Se tem uma coisa que a gente sabe fazer bem é novela. Prova disso veio direto da a noite desta segunda-feira, dia 21, durante a 44a edição do Emmy Internacional, no hotel Hilton, em Nova York. De autoria de Walcyr Carrasco e direção artística de Mauro Mendonça Filho, “Verdades Secretas“, que concorria com “A Regra do Jogo“, de João Emanuel Carneiro e direção de Amora Mautner, e produções do Canadá e das Filipinas, venceu o prêmio mais importante da televisão mundial na categoria Melhor Novela.

Emocionado, Walcyr Carrasco subiu ao palco para receber o tributo com as atrizes Camila Queiroz, Grazi Massafera, Guilhermina Guinle e Agatha Moreira, com os diretores-gerais André Felipe Binder e Natalia Grimberg, o diretor Allan Fiterman e a produtora de elenco Bruna Bueno. “’Verdades Secretas’ foi uma novela onde mergulhei profundamente, um trabalho feito com a alma. A direção e o elenco também deram esse mergulho para dar vida aos personagens. Foi uma novela inovadora, que trouxe assuntos polêmicos, como a prostituição no mundo da moda – o famoso book rosa – e a destruição humana causada pelo crack. Foi libertador escrevê-la. Em si só, uma viagem profunda ao meu interior como artista”, celebrou Walcyr.

Fotos: Grazi Massafera, o diretor Allan Fiterman, a diretora-geral Natalia Grimberg, o autor Walcyr Carrasco, o diretor-geral André Felipe Binder e as atrizes Camila Queiroz, Agatha Moreira e Guilhermina Guinle. Crédito: Globo/ Luiz C. Ribeiro

Fotos: Grazi Massafera, o diretor Allan Fiterman, a diretora-geral Natalia Grimberg, o autor Walcyr Carrasco, o diretor-geral André Felipe Binder e as atrizes Camila Queiroz, Agatha Moreira e Guilhermina Guinle. Crédito: Globo/ Luiz C. Ribeiro

Sem conseguir esconder a alegria, Binder fez questão de agradecer e lembrar de todos os envolvidos na produção da novela: “Que honra para toda a nossa equipe estar aqui hoje, somos todos vencedores. Agradeço a Globo por nos dar as mãos na realização de um projeto tão ousado; ao Walcyr pelo roteiro brilhante; ao Mauro, pela paixão e visão, e à equipe e ao elenco talentosíssimos, que estiveram conosco do início ao fim.” Mauro Mendonça Filho, que conseguiu ir a Nova York para acompanhar o evento, também celebrou a notícia. “Eu já estava muito feliz de estar concorrendo e agora que vencemos a alegria é maior ainda. Estou muito feliz pelo Walcyr. Ele merece, pois foi uma novela ousada”, comentou o diretor, que também dirigiu outra obra premiada pelo Emmy em 2012, a novela ‘O Astro’. “Gostaria de dividir esse prêmio com os meus parceiros e diretores-gerais André Felipe Binder e Natália Grimberg, e com os diretores André Barros, Allan Fiterman e Mariana Richard, além de toda equipe e o elenco. Esse Emmy é de todos nós”, completou.

Neste ano, 40 nomeações de quinze países concorreram ao prêmio em dez categorias. Considerado o evento número 1 do mercado televisivo, o Emmy Internacional reconhece a excelência de produções feitas exclusivamente para TV fora dos Estados Unidos, além de conteúdo de língua não inglesa produzido para a TV americana. Criada em 2014, esta última categoria foi apresentada pela atriz Fabiana Karla, representando o Brasil. Além da vitória de ‘Verdades Secretas’, a Globo recebeu outras cinco indicações. ‘A Regra do Jogo’, como já contamos,  ‘Melhor Atriz’ para Grazi Massafera, e de ‘Melhor Ator’ para Alexandre Nero, por sua atuação em ‘A Regra do Jogo’. Nas demais divisões, a emissora concorreu com ‘Zorra’ em ‘Comédia’ e com ‘Os Experientes’, uma produção da O2 Filmes para a Globo, que disputou o prêmio em ‘Minissérie’.

000_ib35h

Mas quem roubou a cena, mesmo sem levar a estatua de Melhor Atriz, foi Grazi Massafera. Poderosa a bordo de um Dolce & Gabbana e com o novo namorado Patrick Bulus a tiracolo, ela era uma das mais elegantes e foi bastante assediada pela imprensa e fotógrafos internacionais.

000_ib35g

“Certamente é o momento mais feliz da minha carreira, mas já me sinto vitoriosa e premiada”, disse Grazi, que perdeu para Christine Paul. Alexandre Nero, que perdeu o premio de Melhor Ator para Dustin Hoffmann, Fabiana Karla, representando o “Zorra”, e Carolina Dieckmann, entre outras celebs brasileiras, riscaram o tapete vermelho cheias de felicidade.

alexandre-nero

Pesquisas relacionadas