Cinema & TV

“Que o Brasil possa resolver seus problemas e tenhamos o país que a gente merece”, dispara Roberto Carlos

O Rei esteve no Cine Odeon, no Rio, na première de "Roberto Carlos em Jerusalém 3D", versão cinematográfica do especial de TV que chega aos cinemas de todo o país. A noite contou com Gloria Maria em sua primeira aparição em público depois da operação para a retirada de um tumor no cérebro

Publicado em 03/12/2019 | Por Heloisa Tolipan

Foto: Agnews

*Por Brunna Condini

Na exibição especial para convidados da versão cinematográfica do show-especial de TV “Roberto Carlos em Jerusalém 3D”, na noite de ontem, segunda-feira, no cinema Odeon, no Centro do Rio, as estrelas não circulavam no red carpet. Até porque, em se tratando do Rei Roberto Carlos, o tapete só poderia ser azul, cor preferida do cantor. Gloria Maria, que narra show, que terá apresentações somente nos dias 6, 7 e 8 de dezembro nos cinemas de todo país, falava da emoção de realizar o trabalho. Foi a primeira aparição pública da jornalista após a cirurgia para retirada no tumor no cérebro, no início de novembro. “É uma noite de festa, de emoção. Da alegria de eu estar viva. Estou vivendo um momento lindo, especial. E participar desta noite com ele é demais”, disse Gloria, que chegou acompanhada das duas filhas, Laura e Maria.

Gloria Maria com as filhas, Laura e Maria (Foto: Agnews)

E Gloria ainda pontua: “Esse DVD é a história de um sonho realizado, que envolveu seria da minha vida, foi do Roberto. Ele é um dos meus grandes amigos”.

Visivelmente emocionada, a jornalista falou dos planos para o final do ano: “Será em casa, com crianças, Réveillon, retrospectiva, que vou gravar para o Globo Repórter. E, depois, paro um pouco para me tratar, me cuidar. Fui envolvida por um furacão, mas graças a Deus estou viva”.

Gloria Maria esteve em Jerusalém com o Rei e prestigiou a noite da première da versão para o cinema (Foto: Agnews)

Jayme Monjardim, diretor do show, falou do significado deste tipo de trabalho. “Acho que estamos refletindo melhor sobre o mundo em que vivemos e projetos como esse, como novelas e minisséries que falam com o lado emocional, geram identificação com o público”, analisa Jaime. “Sempre escolhi projetos que mexessem comigo, que tivessem verdades. Estou trabalhando em “Aracy, o Anjo de Hamburgo”. É um projeto incrível. Nem eu sabia que existia uma “lista de Schindler” brasileira. Ela foi uma mulher que salvou mais de cem famílias no Holocausto. Poucos sabiam disso. É mais uma grande mulher. Na minha vida só chegam as grandes mulheres, graças a Deus. Desde Chiquinha Gonzaga (1847-1935) – ele dirigiu a minissérie sobre a maestrina e compositora – a Maysa (1936-1977) – mãe de Jayme, que foi homenageada por ele em uma linda minissérie. Agora trazer Aracy acho que vai ser um momento importante. Muitas pessoas ajudaram a mudar o mundo e a Aracy foi uma delas”, esclarece, sobre a história de Aracy Moebius de Carvalho Guimarães Rosa (1908-2011), funcionária do consulado brasileiro em Hamburgo, casada com o autor João Guimarães Rosa (1908-1967) e que ajudou centenas de judeus a escaparem para o Brasil durante o regime nazista.

O carinho de Gloria e do diretor do projeto Jayme Monjardim (Foto: Agnews)

Já passava das 21h quando Roberto Carlos desceu de um carro em frente ao cinema. O público que aguardava na rua gritava seu nome e ele distribuiu simpatia. “Mexeu muito comigo fazer esse DVD, esse show em Jerusalém. Tudo é emoção neste trabalho. Desejo tudo de maravilhoso para o meu público neste Natal: muito amor, saúde. Que o Brasil possa resolver seus problemas e tenhamos o país que a gente merece”, disse o Rei, e prometeu que vai ter especial de fim de ano na Globo. “Teve muita confusão em relação a isso, mas vai ter, sim. Fazer esse especial me faz muito bem. Fico nervoso antes e durante, mas é um nervosismo bom, porque é apoiado na emoção. É um especial gravado nos países em que eu estive e concluído em Curitiba”.

“Que o Brasil possa resolver seus problemas e tenhamos o país que a gente merece” (Foto: Agnews)

Roberto Carlos contou ainda, que ano que vem, será lançada sua cinebiografia e que detalhes da sua vida poderão ser vistos nas telas. E o coração do Rei, como anda? Será que 2020 vai trazer uma companheira para ele? “Por enquanto estou ensaiando”, despista.

 

Pesquisas relacionadas