Cinema & TV

Nova série da Globo que dever estrear em 2018 se passa dentro de uma plataforma de petróleo, mostrando temas atuais como tráfico de drogas e violência

"Existe uma violência e uma agressividade que é muito interessante e contemporâneo", contou o ator Bruce Gomlevsky que faz o vilão traficante da trama. O ator falou também sobre o investimento da emissora em produtos diferentes e inovadores. Além disso, adiantou o que podemos esperar de sua carreira para 2018. Quer um spoiler? Tem mais shows do Renato Russo por ai

Publicado em 27/12/2017 | Por Ana Clara Xavier

Com os escândalos de corrupção na Petrobras, o destino do dinheiro arrecadado com os royalties de petróleo é cada vez mais comentado, assim como a extração do produto. Se inspirando nos últimos acontecimentos no país, a nova série da Globo resolveu imitar a vida. Ilha de Ferro traz um cenário inusitado e extremamente interessante que promete aguçar a curiosidade do público. “A série se passa em uma plataforma de petróleo, acho que isto nunca foi feito, na verdade. O que só mostra o quão interessante é. A dramaturgia está crescendo muito. Está havendo um cuidado com a estética, a fotografia e o elenco. Acho que estamos produzindo o que há de melhor”, afirmou Bruce Gomlevsky, que faz parte do elenco desta nova produção.

Depois de fazer Novo Mundo, o ator passou por outro trabalho, o filme A Divisão que fala sobre a divisão de antissequestro no Rio, até entrar de cabeça nesta nova série da emissora. Em Ilha de Ferro, Bruce interpreta o seu terceiro vilão consecutivo em programas da Globo. Ele fez os antagonistas das novelas Liberdade, Liberdade e Novo Mundo. “Leviatã é um traficante que invade uma plataforma de petróleo para cobrar uma dívida antiga. Existe uma violência e uma agressividade que é muito interessante e contemporâneo. Fala de tráfico de drogas, mas não deixa de ser uma história de amor”, contou.

O ator estará presente na nova série da rede globo que deve ir ao ar em 2018 (Foto: DIvulgação)

As gravações acabaram de começar e vão continuar até abril do ano que vem. Até o momento, o ator não soube especificar quando o programa irá ao ar, mas garantiu que aprova muito este formato longo de produção. “É muito bacana fazer uma série, porque são apenas doze episódios e já sei o fim do personagem. Dá para trabalhar com mais cuidado. É o filé mignon da casa”, garantiu. Além disso, em 2018, ele irá aparecer na série Perrengue da MTV onde fez uma participação.

Ainda este ano, o ator subiu aos palcos da Lapa, neste sábado, para apresentar o show em homenagem ao cantor Renato Russo. O espetáculo continuará em 2018, um ano bastante atarefado para Bruce. Ele irá estrear nos cinemas com os longas Lava a Jato 2, A Divisão e Simonal. O público poderá conferir a atuação do ator, dessa forma, em todas as plataformas. “Adoro todos os veículos, teatro cinema e televisão. Cada um possui a sua característica específica que me encanta e me faz querer trabalhar junto, seja na atuação ou dirigindo. Se for uma boa história e um bom personagem pelo qual eu me apaixone vou aceitar o papel. Sou workaholic, gosto de trabalhar muito”, comentou.

 

Pesquisas relacionadas