Cinema & TV

“Impuros”, nova série da Fox Premium, retrata guerra nas favelas dos anos 90: “Poucas coisas mudaram”, diz diretor Tomás Portella

A nova aposta nacional, que estreia esta sexta-feira no canal e nas plataformas digitais, conta a história de Evandro do Dendê, jovem cheio de sonhos, que embarca no mundo do crime em busca de justiça

Publicado em 17/10/2018 | Por Vanessa Cutrim

Vingança, relações de poder e narcotráfico no Rio de Janeiro. A série “Impuros“, da Fox Premium, proporciona uma imersão nessas temáticas, tudo com os anos 90 de pano de fundo. Na noite desta terça-feira (16), a pré-estreia para convidados lotou o Cinépolis Lagoon, no bairro do Leblon. Os dois primeiros episódios foram exibidos para plateia, que reagiu às cenas de ação com muito entusiasmo e aplausos. Apesar de abordar o crime e a corrupção nas favelas cariocas, a produção também tem um toque de humor, que alivia a tensão dos momentos dramáticos e violentos. A trilha sonora, que vai desde Alcione ao funk, a e fotografia que se torna mais sombria, à medida que o protagonista se corrompe, compõem uma identidade peculiar, que os diretores René Sampaio e Tomás Portella transmitiram com maestria.

Criadores, diretores e elenco de “Impuros”, nova série da Fox Premium que estreia esta semana (Foto: Wallace Barbosa/Divulgação)

A trama retrata a vida de Evandro do Dendê, que começa sendo apenas um garoto com as melhores intenções e se torna um gênio do tráfico, ao ser movido pela sede de vingança, após o irmão ser morto a sangue frio por um policial. Ele é interpretado pela revelação Raphael Logam, nome para ficar de olho, que brilhou nos 100 minutos que assistimos. “É uma figura muito interessante. Tudo que faz é pela família. Quando o irmão morre, ele precisa pagar a dívida que deixou na boca de fumo e acaba formando uma quadrilha. Assim, ele leva toda sua inteligência para esse mundo e vira um grande narcotraficante. A série fala que a briga maior do personagem está em casa, em suas relações internas e familiares, acredito que é esse o grande diferencial”, disse o ator.

René Sampaio, Raphael Logam, protagonista da trama, e Tomás Portella (Foto: Wallace Barbosa/Divulgação)

Outra personagem que se destaca no decorrer dos episódios é a MC Geisi, vivida por Lorena Comparato, que se envolve com Evandro, e foge dos estereótipos femininos de produções dessa temática. “As mulheres da série tem um arco dramático muito forte. A Geisi é uma guerreira, tem um filho que cria sozinha, e não deixa ninguém se meter com ela. É muito linda a relação com o Evandro, porque ele se torna poderoso na comunidade, e Geisi não quer perder essa vida à dois, tentando sempre abrir os seus olhos. Porém, se apaixona, como lidar com isso?”, questionou a atriz. Quem também está na série, é o ator Sérgio Malheiros, como o traficante Wilbert, bem diferente do que estamos acostumados a assistir. “É um cara completamente sombrio e com os valores invertidos, criado na favela, e filho de um bandido do Morro do Dendê de muitos anos. Foi uma surpresa para mim interpreta-lo, até em termos de escalação. Um desafio e trabalho grande de pesquisa também, porque eu precisava entender essa realidade dos anos 90 e as motivações do personagem”, expôs. “Impuros” ainda conta no elenco, os atores Cyria CoentroBárbara Reis, André Gonçalves, Fernanda MachadoKarize Brum e Rui Ricardo Diaz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A nova aposta da Fox Premium é baseada em alguns eventos reais, como explica o diretor René Sampaio. “A gente juntou situações dos anos 90, inclusive algumas depois disso, em uma dramaturgia só. Esse gênio do crime é uma compilação de vários fatos. Não existe nenhum bandido que tenha passado por essa situação específica de início de vida do Evandro, pois não queríamos santificar ninguém, tentando fazer uma biografia que fosse inverídica”, explicou. Quando os roteiristas e diretores começaram a criar a história, não imaginaram que ia se conectar tão bem com o lançamento, no período das eleições que ferve o país. Afinal, “Impuros” é também sobre questões humanas e políticas. “A série se passa em uma realidade cercada pelo narcotráfico, mas é, acima de tudo, sobre as relações dessas pessoas na vida privada. O Brasil é especialista em se repetir, o que está lá nos anos 90, existe até hoje. É bom para a gente conseguir enxergar que poucas coisas mudaram”, refletiu o diretor Tomás Portella, que adiantou que a segunda temporada já está em fase de preparação.

As gravações duraram dois meses e ocorreram aqui no Brasil, e no Uruguai. Com produção da Barry Companhy com a Fox Networks Group Brasil, “Impuros” estreia na FOX Premium, às 22h, nesta sexta-feira (19), e na plataforma digital do canal, Fox App, que vai disponibilizar os 10 episódios de uma vez, para quem curte fazer aquela maratona. Vale a pena conferir!

Pesquisas relacionadas