Cinema & TV

De parar o trânsito! Suzana Pires posa em ensaio glam-urbano em frente ao Othon Palace e fala sobre feminismo e profissão: “Tenho compromisso com o coração das pessoas”

A atriz e autora é incansável no trabalho, divide seu tempo em poucas e boas tarefas e critica a cultura da barriga chapada: “Quem ainda quer ler essa bobagem? Vamos nos colocar em outra ditadura depois de conquistar tudo que conseguimos?”

Publicado em 21/01/2016 | Por Karina Kuperman

Não chame Suzana Pires para falar da vida alheia. Por outro lado, ao convidá-la para um papo sobre qualquer outro assunto é fácil engatar uma conversa longa. Do tipo de pessoa que tem opinião para qualquer assunto, Suzana transita facilmente entre temas sérios, como feminismo e empreendedorismo das mulheres, ao amor pela moda. Isso tudo sem deixar de lado o papo filosófico e doses de muito humor. Em um ensaio exclusivo para o site HT fotografado com maestria por Alex Santana, com styling certeiro de Anderson Vescah, beleza irretocável by Mary Saavedra e tendo o Othon Palace Hotel como QG de apoio para os cliques na fervida Avenida Atlântica, em Copacabana, a atriz provou – não que ainda precisasse – que arrasta legiões de fãs.

No calçadão e nas ruas, entre uma pose e outra, os pedidos de cariocas e turistas para fotos e abraços eram frequentes. Fora, claro, os “amigos íntimos” de Suzana, feitos por meio das redes sociais. Uma das personalidades mais queridas da hollywood brasileira, ela, que está na TV, na novela A Regra do Jogo, garantiu: faz questão de sempre trocar afeto com seu público. “Meus seguidores são muito engraçados e morro de rir com eles. Comecei a fazer memes, tirar fotos e montar historinhas e eles me ensinam muita coisa. Gosto da experiência de responder a galera, tiro tempo para isso. Às vezes, eu pego apenas 20 minutos do meu dia e faz diferença. Tudo na vida é questão de foco, de querer. Nas redes sociais é a minha palavra que está ali. Então, eu faço questão de controlar tudo. O que mais vale é a qualidade da interação”, disse uma Suzana que, não à toa, é requisitada até dentro do elevador do Othon – e por turistas estrangeiros, com direto à “mira! Mira! Da novela!”.

Saia Ateen (R$ 1.524,00) | Camisa jeans Levi's (R$ 269,90) | Foto: Alex Santana

Saia Ateen (R$ 1.524,00) | Camisa jeans Levi’s (R$ 269,90) | Foto: Alex Santana

“As pessoas se sentem próximas mesmo. E eu também respondo à altura. Estou dando esse espaço. Nunca vou ser indiferente. A minha rede social é absolutamente coerente comigo”, garantiu. Em tempos de “haters” ser tão querida é para poucos. “Nunca tive esse problema. Se pintar um, ele vai ficar perdido ali no meio. Não tem muito espaço para isso, porque eu estou emanando energias boas. Na minha opinião é mais importante trocar ideia do que falar dos outros. Amo conversar, mas não coloque como assunto a vida de alguém”, pontuou. Tanto carinho, claro, não é só pela Suzana virtual. Trabalhando com interpretação desde os 15 anos, ela se tornou um rosto conhecido nas casas brasileiras. “Aos 14 anos, eu achei que era a hora de começar a seguir meu plano de vida que era ser atriz. Ingressei no Tablado e, dois meses, depois já estava trabalhando. A minha primeira peça foi ‘Julieta e a chave dos sonhos’, com direção da Guida Viana. Ganhei meu primeiro salário e ali logo adquiri esse compromisso de levar o ofício a sério. Sempre que recebo um personagem – até hoje é assim -, eu penso em como tocar o coração das pessoas. Esse compromisso com a profissão é o que eu acho mais lindo e admiro nos colegas”, afirmou.

Blusa Gilda Midani (R$ 369,00) | Calça de couro Karamello (R$ 269,90) | Sapato Schutz (R$ 520,00) | Colares circlet Swaroski (R$ 955,00 ) e gargantilha (R$ 1.245,00) | Clutch Leader (R$ 69,99) | Anel turmalina Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel mandarim e diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel Swaroski (R$ 249,00)

Blusa Gilda Midani (R$ 369,00) | Calça de couro Karamello (R$ 269,90) | Sapato Schutz (R$ 520,00) | Colares circlet Swaroski (R$ 955,00 ) e gargantilha (R$ 1.245,00) | Clutch Leader (R$ 69,99) | Anel turmalina Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel mandarim e diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel Swaroski (R$ 249,00) | Foto: Alex Santana

E ela sabe do comprometimento e seriedade que a tarefa exige. “Tocar corações é uma responsabilidade enorme e temos que ter consciência. Acho que falta muito isso. Aliás, de uma maneira geral no mundo, falta para todo mundo se perguntar: qual é a minha responsabilidade com as outras pessoas? A de um artista é enorme! Quero cada vez mais cultivar essa noção de responsabilidade e o compromisso com o sentimento das pessoas!”, garantiu. Palavras de quem o faz com louvor.

Trabalhando em dupla jornada, já que está no ar em “A regra do jogo”, de João Emanuel Carneiro, e se dedica à autoria da próxima novela das 18h, que assinará com Walther Negrão e Julio Fischer, ela é do tipo incansável em seu ofício. “Escrever e estar atuando simultaneamente já havia acontecido antes, quando estive emFina estampa’ e escrevi ‘Flor do Caribe’, também do Negrão. Ele é o meu mestre, temos uma relação de trabalho de absoluta confiança e, agora, estamos estruturando capítulos. Geralmente tentamos fazer os trabalhos não acumularem, mas, dessa vez, não deu. Organizo com base no roteiro de ‘A regra do jogo’, que puxa meus horários. Já sei que horas estarei gravando no Projac e completo a agenda”, explicou. E será que, com tantos encaixes, a inspiração aparece na hora? “Depois que a história já tem esqueleto, flui mais fácil. Fora que eu, o Negrão e o Julio Fischer não começamos essa parceria da noite para o dia. Foi tudo conquistado com o tempo. O trio já vem funcionando desde ‘Flor do caribe’, depois teve ‘Dama da noite’, que não foi ao ar ainda e, agora, essa. Estamos azeitados. O Negrão é mestre dos dois, então tudo fica bem claro. Ele nos estimula a vir com ideias e nem sei dizer como funciona essa criação coletiva. É orgânico”, disse.

E como a Suzana autora é, em cena, como atriz? “Não separo isso. Sou artista. Quando recebo texto do João Emanuel Carneiro é um prazer ler o capítulo todo. Ele possui uma técnica sofisticada, um ritmo de capítulo muito autoral. Antes de mais nada, estou aprendendo muito lendo o João. Nas minhas cenas tem o personagem vivo e nenhuma crítica. Vou aberta, inteira. A pior coisa é ator na defesa. Eu mergulho. A partir do momento que eu realizei a vontade enorme que tinha de trabalhar com João e Amora Mautner, fico entregue. Minha característica é essa. Quando estou, sou 100%”, garantiu ela, que não consegue eleger sua forma de arte favorita. “Não tenho preferência entre atuar e escrever. É uma soma que transbordou de mim. Tem que dar vazão! Escrevendo, atuando, tirando foto, vai dando tempo. Mas, para tudo ser feito com brilho, tenho que fazer escolhas e dizer ‘não’ para outras oportunidades. Se não fica quantidade e não me interessa. Gosto da intensidade”, afirmou.

Saia Cavalera (R$ 99,00) |Blusa lantejoula preta Leader ( R$ 39,99) |Casaco de pelo Banana Café ( R$ 439,80) | Bota Ceconello ( R$ 529,90) | Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta) | Bracelete Swaroski ( R$ 429,00)

Saia Cavalera (R$ 99,00) |Blusa lantejoula preta Leader ( R$ 39,99) |Casaco de pelo Banana Café ( R$ 439,80) | Bota Cecconello ( R$ 529,90) | Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta) | Bracelete Swaroski ( R$ 429,00) | Foto: Alex Santana

É com a mesma paixão que ela defende suas causas. “Não aguento mais essa coisa da selfie da barriga chapada. Essa cultura de ‘exibe tanquinho’. Quem ainda quer ver e ler essa bobagem?”, protestou, justificando: “Vamos nos colocar em outra ditadura depois de conquistar tudo que conseguimos? Dar um superespaço para essas besteiras?”, questionou. Suzana, aliás, se define como “completamente feminista”. “É entender seu lugar, que você conquistou na vida, ser bem resolvida no sentido de não ceder a tantas pressões sociais de casamento e filhos e construir a vida no tempo que você queira e não queira. Não precisamos seguir nenhuma cartilha. Isso ainda não está completamente claro socialmente. Eu me sinto bem de ser uma mulher bem resolvida no sentido de viver minha vida com as minhas escolhas”, explicou ela, que usa suas redes também para motivar outras mulheres. “Inclusive acho as campanhas que tomaram a internet muito interessantes. Posto muito sobre isso. Falo com mulheres empreendedoras que querem fazer com que a vida aconteça. Nós podemos fazer o que quisermos, mas muita gente não sabe como começar e está presa em regras. Busco ajudar. O empreendedorismo feminino é o que vai nos salvar”, disse.

Isso nada mais é do que sonhar – e ter coragem de realizar. “Ser dona do próprio negócio, fazendo suas escolhas. É empreender na vida, ter coragem de dar o passo em direção ao sonho. Quando comecei a ver que as mulheres falavam muito comigo sobre isso eu comecei a transformar minhas redes sociais. Senti a demanda, por causa da minha posição, do que eu falo, das minhas próprias escolhas. Tem muitas mulheres que não casaram, não tem filhos e vem falar comigo, por exemplo. Eu digo: ‘calma, vai ser quando você quiser’. Não precisamos ceder à pressões! Fico muito feliz de ter isso bem resolvido. Me buscam para falar sobre esse assunto e eu converso. O pouco que sabem da minha vida pessoal faço questão que seja inspirador. Ser uma pessoa pública é muita responsabilidade. Então, se eu puder fazer a diferença na vida de alguém, eu trabalho para isso. Quero ser uma mulher que faz a diferença positivamente para outras mulheres”, garantiu, determinada.

Vestido preto franjas Leader (R$ 89,99) |Brinco Leader (R$ 39,90)  | Clutch de strass Schutz (R$ 750,00) |Foto: Alex Santana

Vestido preto franjas Leader (R$ 89,99) |Brinco Leader (R$ 39,90)  | Clutch de strass Schutz (R$ 750,00) |Foto: Alex Santana

E Suzana é exemplo do que diz. Do tipo que corre atrás de trabalho, tem sua própria produtora e incentiva os colegas a fazerem o mesmo. Inclusive, em abril, ela volta com a peça “De Perto Ela Não é Normal”, que encena há 10 anos. O segredo do fôlego? “Do meu lado, acho que é porque eu quero muito contar essa história, e do lado do público, ele quer muito receber, porque é assim que se faz. A plateia diz na hora. Como é história de superação, encontrar felicidade, humor com emoção, muitos comparecem. É da minha produtora e do Leo Fuchs, um grande produtor de teatro que eu confio muito e é o único que estou dividindo a paternidade da peça”, adiantou ela, que ainda não sabe por onde a turnê começará, mas tem uma certeza: “Esse é meu equilíbrio. Acabar uma novela, subir ao palco, ficar escrevendo. Tem também o filme francês ‘Going to Brazil’, que vou lançar. Gosto de transitar”, contou.

Saia Wasabi (R$ 373,00) | Blusa Camila Camilo (R$ 469,00) | Sandália Schutz (R$ 470,00) | Bolsa Coca ColaClothing (R$ 289,00) |Brinco ametista e citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel turmalina Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel mandarim com diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta)

Saia Wasabi (R$ 373,00) | Blusa Camila Camilo (R$ 469,00) | Sandália Schutz (R$ 470,00) | Bolsa Coca Cola Clothing (R$ 289,00) |Brinco ametista e citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel turmalina Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel granada Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel mandarim com diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta) | Foto: Alex Santana

E como! Ela, que se formou em filosofia – não como opção a carreira de artista, mas por complemento a ela, defende que o conhecimento é a alternativa mais fácil de um caminho de sucesso. “Quando buscamos, de maneira compromissada, ele nunca sai da gente. O que sabemos de verdade vai para a célula. Eu não preciso ficar citando frases. A cultura faz parte do ar, das escolhas, da qualidade do trabalho. A tragédia grega é a matriz da dramaturgia no mundo. É fato. Beber dessa fonte foi muito importante como atriz, porque é um tipo de pensamento da filosofia que a coloca em um aspecto macro, que vemos os fenômenos. É concreto. Acham que é de viajandão e não é”, disse. E ela não escolheu o curso por acaso: “Sempre gostei muito de ler e já trabalhava como atriz, mas a matéria, na escola, me pegou em cheio. Quando vi, a filosofia poderia ser um caminho para abrir a minha cabeça e um conhecimento que eu pudesse refletir em cima de qualquer coisa. Eu tinha 17 anos. Depois fiz vestibular e aí entrei para a faculdade de filosofia. Uma menina, eu era a mais nova. Tinha gente que já era juiz! A turma era hilária, eu destoava ali. Mas, ao mesmo tempo, estava completamente absorvida, porque comecei a estudar muito e fiz na PUC, que tem uma parte de arte forte. Eu ficava na faculdade depois, em grupos, pesquisas, e aí eu comecei a ir para tragédia grega, filosofia antiga, para dominar a origem da dramaturgia”, contou.

Hoje, com instrumental na cabeça para pensar além – tanto no trabalho de atriz e autora como nas questões da vida -, ela sabe que a única característica que uma pessoa não perde é a qualidade de seu trabalho. Isso, de certa forma, a deixa segura. “A faculdade não foi plano B. Nunca tive plano B na vida. Sempre tive uma espécie de segurança no meio de tudo. De que eu ia conseguir, porque quanto melhor fosse meu trabalho mais cresceria. Queria apresentar de uma forma que dali, com certeza, viessem outras. E sempre fiz algo que defendo muito para os colegas atores que é ser produtor da própria jornada. Não existe artista sentado esperando telefone tocar. Isso é querer não ter carreira”, disse ela, que tem como exemplo de sucesso a própria vida. “Atuei em ‘Casa grande’, um filme que fui fazer laboratório no Sundance Lab, no rancho do Robert Redford e ele quem fez o esquema de preparação dos atores. Foi bacana conviver de perto com um astro e grande artista. E esse filme me levou do festival de Rotterdam até Cannes, além do que trouxe filmes estrangeiros como o ‘Going to Brazil’. É uma sequência de projetos. Fazemos um trabalho, ele chama atenção e a carreira flui. Por isso, quando me perguntam: ‘o que faço para começar?’, eu respondo: ‘se produza. Se não, ninguém vai conhecer sua arte’”, defendeu.

Vestido Barbara Bela ( R$ 2.921,00) |Brinco Green Gold Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta) | Foto: Alex Santana

Vestido Barbara Bela ( R$ 2.921,00) |Brinco Green Gold Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta) | Foto: Alex Santana

E haja arte para mostrar. Transitando em tantos meios, Suzana já investiu em samba para a Unidos de Vila Isabel. “Fiz com o Tunico da Vila, o Pedro Luis e o Thales Nunes. Mas quem ganhou foi o Arlindo Cruz. A experiência foi maravilhosa, porque Carnaval é dramaturgia. É contar a história de cada ala através do samba”, afirmou. E será que, nesse Carnaval, veremos Suzana – ou suas letras, na Avenida? “Estou trabalhando demais, aí não consigo, porque não farei direito. Melhor abdicar de algo que amo, que é o carnaval, que já curti tanto, para dar qualidade para o resto. É como disse, gosto de me dar totalmente. Para conseguir isso, preciso fazer escolhas radicais. Não dá para ser metade. É essa inteireza que me faz estar viva”, concluiu.

Ela, que já representou o cinema brasileiro no exterior algumas vezes, sabe da importância do produto nacional. Em 2014, ganhou o prêmio na categoria “Melhor Atriz” por “A grande vitória” no Los Angeles Film Festival e, logo depois, foi para Miami representar o “Loucas para casar” e “Casa Grande”. “É impressionante como o cinema brasileiro é respeitado lá fora, até mais do que no Brasil. Representar nossa arte no exterior é alegria e orgulho. Chegar aqui com esses prêmios é muito mais do que eu esperava. Só queria fazer minha arte. Mas dá uma responsabilidade maior. Não vou ficar presa à vaidade disso, mas é bom carregar a responsabilidade, sim”, disse ela, feliz por estar em filmes de gêneros tão diferentes paralelamente. “No mesmo ano, consegui estar com um blockbuster, o ‘Loucas para casar’, de bilheteria, comédia, algo que não conseguiria fazer sem acreditar no roteiro e, do outro lado, o ‘Casa Grande’, de autor, distribuição menor. São duas pontas do cinema e o público precisa consumir todos. Apenas 12% dos brasileiros assiste cinema nacional”, lamentou.

Vestido Barbara Bela ( R$ 2.921,00) |Brinco Green Gold Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta)

Vestido Barbara Bela ( R$ 2.921,00) |Brinco Green Gold Tereza Xavier (preço sob consulta) |Anel água marinha Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel citrino Tereza Xavier (preço sob consulta) | Anel morganita Tereza Xavier (preço sob consulta) | Foto: Alex Santana

Novela, por outro lado, tem um alcance enorme entre a população e é motivo de muita comemoração. Sua Janete, a manicure que leva a vida com bom humor, logo caiu nas graças do público de todo país. E o que a intérprete pode adiantar do futuro da personagem? “Agora ela vai ficar com o Merlô (Juliano Cazarré). Vai ter briga com as mandadas, Ninfa e Alisson (Roberta Rodrigues e Letícia Lima) e com a Adisabeba (Susana Vieira). Agora, vamos ter cenas juntas, amo trabalhar com a Susana. Ela é uma diva de verdade! Vamos respeitar. Ela vai odiar a Janete, vai ser divertido”, adiantou. Fazer humor na televisão, aliás, é uma experiência enriquecedora para Suzana. “O núcleo de humor é leve e os autores usam para dar um respiro, mas com história. A Janete é um drama, né? É uma história dramática, mas a maneira que ela se coloca é humorada, o que eu também tenho. Diria que a Janete é uma Suzana uns três graus acima. Mas gosto da visão dela para a vida”, entregou, que, assim como sua personagem, também encara os problemas com leveza. “É como eu vejo a vida. Se estou sem saída, faço piada também. Eu prezo pelo bem da minha risada! E da luz das pessoas. Humor é quando os outros vêem nossas fragilidades e não tenho problema nenhum com isso”, analisou

Depois de alguns papéis de mulheres provocantes, ser conhecida como uma mulher sensual não incomoda Suzana. “A sensualidade está no olho do outro. É sensorial, de quem olha e é atingido. Você atinge de alguma forma o outro. É uma energia da vida, que ultrapassa o vídeo. Talvez venha do meu respeito pela atuação, o tesão de fazer acontecer. A pessoa tem a sensação e isso chama sensualidade”, definiu. E, com um currículo tão vasto, tem alguma personagem que ainda falte interpretar? “Gostaria muito de fazer uma personagem histórica, que tenha participado de um perído importante e influenciado. Adoro época! Estar em 2016 e trabalhar em 1920 é muito legal. Linguajar, comportamento, é lindo”, opinou.

Vestido Lucy in the Sky (R$ 500,00) | Scarpin preto Vizano para Leader (R$ 89,99) | Colete jeans Cavalera (R$ 349,00) | Luvas couro acervo pessoal |Pulseiras Swaroski (R$ 429,00) | Brinco Green Gold com diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta)

Vestido Lucy in the Sky (R$ 500,00) | Scarpin preto Vizano para Leader (R$ 89,99) | Colete jeans Cavalera (R$ 349,00) | Luvas couro acervo pessoal |Pulseiras Swaroski (R$ 429,00) | Brinco Green Gold com diamantes Tereza Xavier (preço sob consulta) | Foto: Alex Santana

Enquanto isso, com imagens urbanas e atitude rocker, ela continua se transformando. A relação com moda, aliás, também desencadeia em… arte! “Não sou vítima da moda e não gosto de modinha. Eu gosto de me deixar criar, sei referências passadas, estudei, quis ler, me interessei. Amo história do vestuário, figurino. Quando falo isso com meus amigos estilistas, eles me chamam para ateliê. Já vi corte, caimento, tudo isso me interessa. Se uso uma capa – que adoro, eu quero saber a história. Acho legal misturar tendências. Moda para quem realmente gosta é divertido, é arte. Não acredito em certo e errado. Isso na moda não existe!”, defendeu ela, que mergulha nos estudos. “De curiosa, mesmo, porque não gosto de me aproximar de nada sem saber sobre. Se quero participar da moda brasileira não dá para não saber nada”, disse ela, que compartilha da mesma opinião quando se refere a outras formas de expressão. “Se embasar pelo gosto pessoal, em qualquer avaliação de qualquer tipo de arte e expressão, diminui todo o sentido da coisa”, defendeu. Por isso ela estuda, fala com autoridade e continua conquistando fãs por tantos cantos do mundo. Inclusive a gente, que já tem carteirinha de sócio do fã-clube.

Créditos:
Foto: Alex Santana
Styling: Anderson Vescah
Beleza: Mary Saavedra

Agradecimentos:
Hoteis Othon
Ju Mattoni Comunicação

Onde encontrar:
http://www.ateen.com.br
http://www.leader.com.br/
http://www.cavalera.com.br/
http://www.schutz.com.br
https://pt-br.facebook.com/joalheriaterezaxavier/
www.lucyinthesky.com.br
www.gildamidani.com
www.wasabi.net.br
www.cocacolajeans.com.br
www.barbarabela.com.br
 

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,