Cinema & TV

De férias das novelas, Camila Queiroz confere as novidades da Mostra Artefacto e conta da experiência com os móveis: “Montar uma casa é uma delícia, mas dá trabalho”

Apesar da dedicação aos preparativos para o casamento com Klebber Toledo, a atriz revelou que já tem data para voltar às telinhas. No segundo semestre, Camila passa a gravar a trama "Verão 90º", que estreia em janeiro na faixa das 19h. Sem saber de muitos detalhes, ela contou que torce para a personagem ser uma vilã. "É algo que eu nunca fiz e vai me tirar da minha zona de conforto"

Publicado em 20/03/2018 | Por Julia Pimentel

Camila Queiroz está vivendo um momento único em sua vida. Noiva do ator Klebber Toledo, ela contou que está de férias da telinha para se dedicar aos preparativos do casamento e da arrumação da casa nova dos dois. E, para ficar por dentro das novidades de arquitetura e decoração, ela marcou presença na inauguração da Mostra Artefacto no Rio, que ocorreu no sábado, dia 17. Por lá, a atriz conferiu a nova coleção da marca e os 18 ambientes assinados por profissionais que, este ano, tiveram a missão de criar a partir de clássicos do cinema.

Leia também: Inspirada em clássicos do cinema, Mostra Artefacto 2018 apresenta 18 novos ambientes no Rio e reúne Camila Queiroz, Klebber Toledo e Adriane Galisteu em noite de arquitetura e decoração

Leia também: De clássicos a documentário, arquitetos e decoradores fazem diferentes interpretações de títulos do cinema na Mostra Artefacto 2018, no Rio de Janeiro. Confira os 18 ambientes!

No evento, a atriz contou estar se sentindo em casa. E não é apenas pelos filmes que fazem parte de sua vida ou pela relação com as artes. Antes de seguir a carreira como atriz e modelo, Camila pensou em ser arquiteta. “Quando eu tinha 10 anos, descobri o que era ser arquitetura e tive interesse em fazer o curso no futuro. Mas não deu certo. Porém, isso não quer dizer que, agora, não possa tentar de novo. É algo que me interessa muito. Eu adoro design de interiores e gostaria de ter cursado enquanto era modelo. Só que também não deu certo”, lamentou.

Camila Queiroz e Klebber Toledo na inauguração da Mostra Artefacto, no Rio (Foto: Miguel Sá/Murilo Tinoco/Renato Wrobel – RW Photos)

Mesmo assim, Camila tem tido o gostinho de experimentar a profissão nesta fase de mudança. Montando sua casa com o ator Klebber Toledo, ela contou que tem a ajuda de uma arquiteta para equilibrar os estilos diferentes do casal. “Nós dois temos gostos muito diferentes que, em algum momento, se encontram e conversam. Foi assim que fizemos na nossa casa. Enquanto o Klebber gosta de uma proposta mais simétrica com tons mais escuros, eu sou romântica e adoro um ambiente claro e floral”, comentou Camila que, além de agradar os dois lados, ainda destacou a funcionalidade para além do casal. “Eu acho que no nosso caso, sendo um casal de jovens que está formando uma família, precisamos pensar em uma casa para também receber amigos e parentes. Ainda mais nós dois sendo de outras cidades”, disse a atriz, que vai seguir morando no Rio de Janeiro.

Sobre a experiência como noiva e arquiteta, Camila não minimizou os desafios. “Montar uma casa é uma delícia, mas dá trabalho”, brincou ela que, embora esteja focada em organizar seu futuro pessoal, já tem projetos a longo prazo para a carreira como atriz. No segundo semestre, Camila Queiroz passa a conhecer Vanessa, seu novo trabalho das 19h. Em “Verão 90º”, que estreia em janeiro, na Globo, ela torce para que a personagem tenha um toque de vilania. “É algo que eu nunca fiz e vai me tirar da minha zona de conforto. Até porque, eu imagino o quanto seja difícil fazer uma vilã no horário das 19h. Como é uma faixa mais leve, precisa ter um pouco de humor. E aí que se tornaria um desafio”, comentou.

No segundo semestre, Camila começa a gravar a novela “Verão 90º”, que estreia em janeiro na Globo (Foto: Miguel Sá/Murilo Tinoco/Renato Wrobel – RW Photos)

E Camila Queiroz entende do horário das 19h. A atriz, que acabou de protagonizar “Pega Pega”, que registrou bons números de audiência na faixa, explicou que este precisa ser um horário mais leve na programação. “A gente tem uma responsabilidade social de levantar alguns temas, mas não podemos esquecer que é uma faixa para relaxar. É a hora que muitas pessoas chegam do trabalho e querem esquecer um pouco das notícias ruins e de toda a maldade que o Rio, principalmente, está vivendo nesse momento”, apontou a atriz Camila Queiroz.

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,