Cinema & TV

Das coxias para as telonas: Renato Aragão vai entrar no set para rodar “Os Saltimbancos Trapalhões, o Musical”. Vem que a gente conta tudo!

As filmagens vão começar em setembro. Até agora, a atriz Giselle Prattes está confirmada na adaptação que tem comando de João Daniel Tikhomiroff

Publicado em 30/06/2015 | Por Lucas Rezende

Nos idos do século XVIII, os Irmãos Grimm (aqueles de Rapunzel, Cinderella e inúmeros contos de fada) publicaram o famoso “Os Músicos de Bremen”, trama que, na década de 1970, inspirou o musical infantil  “Os Saltimbancos”,  aqui no Brasil. À época, a história de uma trupe musical formada por um jumento, uma gata, um cachorro e uma galinha ganhou canções de Chico Buarque nos palcos. Essas músicas foram acrescidas a outras tantas dez anos depois, quando a história virou filme com Os Trapalhões – o icônico quarteto de Didi, Mussum, Zacarias e Dedé Santana – nos papéis principais. O tempo passou novamente, e o longa virou peça de teatro, sob comando do duo Möeller & Botelho. Por que toda essa volta no tempo? É que agora, nos próximos meses, começará a ser rodado  “Os Saltimbancos Trapalhões, o Musical – O Filme”, dessa vez inspirado na peça que contou com Renato Aragão no elenco.

Dedé Santana e Renato Aragão em “Os Saltimbancos Trapalhões – O Musical” (Foto: AgNews)

Dedé Santana e Renato Aragão em “Os Saltimbancos Trapalhões – O Musical” (Foto: AgNews)

A história gira em torno de Didi e Dedé [Santana, que ainda não foi confirmado no longa], dois funcionários humildes que se tornam a grande atração de um circo por conta da facilidade que têm de provocarem risadas. O sucesso desperta a ira do Barão, dono do circo, e do mágico Assis Satã, que passam a persegui-los, e aí se desenrola a história.

Essa trama começará a ganhar corpo para a sétima arte a partir de setembro, quando Aragão voltará aos sets de filmagem ao lado da atriz Giselle Prattes (de “Para Sempre Abba”), que continuará dando vida à filha do Barão por quem o personagem de Aragão se apaixona.

O roteiro e a direção musical estão sob a responsabilidade de Charles Möeller & Claudio Botelho, enquanto a direção é de João Daniel Tikhomiroff (de “Didi e o Segredo dos Anjos”). A expectativa, mesmo sendo uma produção cinematográfica inspirada em um musical que, por sua vez, teve uma segunda inspiração, é grande. Aqui, os motivos:  “Os Saltimbancos Trapalhões” teve mais de cinco milhões de espectadores na época de seu lançamento, e  “Os Saltimbancos Trapalhões – O Musical” recebeu indicações aos prêmios Cesgranrio e APTR de cenografia e figurino.

Pesquisas relacionadas