Cinema & TV

Chuva de trabalhos! Arthur Aguiar comemora sucesso em “Êta Mundo Bom” e se prepara para lançar seu primeiro CD e um livro sobre o amor

Ator segue animado com o lançamento do trabalho: "Meu álbum, de estilo pop, conta uma história sobre o amor, como começo, meio e fim. Tem um link. As músicas foram compostas por mim e a previsão é de chegar ao mercado em junho"

Publicado em 24/05/2016 | Por Leonardo Rocha

O jovem Arthur Aguiar não para! Comemorando a boa fase de seu personagem, Osório, em “Êta Mundo Bom!”, o ator segue cheio de projetos que vão além da dramaturgia. O galã, que teve seu primeiro grande destaque na novelinha teen “Rebelde“, na Record, se prepara para lançar seu primeiro CD pela Sony Music e um livro. É isso, mesmo! Arthur, agora, também posa de escritor no projeto “Muito Amor, Por Favor”. Em entrevista exclusiva ao HT, ele conta como estão as expectativas para os novos projetos, além sua relação com o elenco na trama das 18h, da Rede Globo.

Arthur Aguiar (Foto: Divulgação)

Arthur Aguiar (Foto: Divulgação)

“Sou do signo de peixes com ascendente em Aquário, vivo nas nuvens. Às vezes eu preciso me puxar para o chão. Falar do amor é muito fácil para mim. Amar é muito bom e estou amando, né? Só tenho que agradecer”, disse ele sobre o namoro com a atriz Camila Mayrink. “Os textos farão parte de uma coletânea que contará com mais três escritores. O livro será dividido entre os elementos na natureza e será sobre o coração. Vou escrever “O Amor É Água”, o outro amor é fogo e daí por diante”, adiantou ele, que ainda revelou quem foi a responsável por esse convite inesperado “A Thalita Rebouças achou que eu não estava fazendo nada e resolveu fazer essa ponte”, brincou.

Mas muito se engana quem pensa que escrever é novidade para o ator. Na época que integrava a banda F.U.S.C.A, era ele quem compunha as canções.”As minhas músicas sou eu quem componho, então, eu acho que isso me deu uma tranquilizada para aceitar esse projeto. Nunca escrevi um livro, mas como eu vou dividir essa responsabilidade com outras três pessoas que já estão no ramo, eu fico mais tranquilo”, ponderou.

Galã da novela das seis também ataca como cantor (Foto: Divulgação)

Galã da novela das seis também ataca como cantor (Foto: Divulgação)

E o amor também permeia o novo CD de Arthur, com canções criadas por ele. O trabalho foi produzido pelo vocalista do Natiruts, Alexandre Carlo. “Meu álbum, de estilo pop, conta uma história sobre o amor, com começo, meio e fim. Tem um link. Hoje em dia se fazem muito singles, canções soltas, mas eu quis contar uma história através das letras. As músicas foram compostas por mim e a previsão é de chegar ao mercado em junho”.

Ultimamente Arthur tem investido pesado na academia. Em recentes fotos publicadas em seu Instragram, o ator tem mostrado o resultado de seus esforços no Cross Fit, modalidade queridinha entre as celebridades, mas ele garante que vive um regime pesado. “É uma dieta que você pode comer qualquer tipo de carne, batata doce, aipim e batata- baroa. Legumes você pode comer alguns e salada é à vontade. Batata normal não pode, por exemplo, mas beterraba pode”, disse. “Fruta quase nenhuma pode. É pesado! Não pode comer nada industrializado que venha em pacote ou caixa. Açúcar nem pensar, né?”, contou ele, que se critica. “Às vezes, eu estava muito cansado e ia para a academia. Tanto que depois de “Malhação” – o ator interpretou o lutador Duca –  eu dei uma abandonada, até por isso eu fiz o desafio – do Cross Fit – para dar uma enxugada de novo”, explicou.

Giovanna Grigio e Arthur Aguiar em cena de 'Êta Mundo Bom (Foto: Divulgação/Gshow)

Giovanna Grigio e Arthur Aguiar em cena de ‘Êta Mundo Bom (Foto: Divulgação/Gshow)

Voltando à trama das seis na Globo, Arthur festeja a parceria com a colega Giovanna Grigio e o drama que seus personagens se preparam para enfrentar na história de Walcyr Carrasco com direção de Jorge Fernando. Gerusa começa a sentir os primeiros sintomas da leucemia numa época em que não existia a cura para a doença. “Pesquisei muito sobre a leucemia nessa época. Antigamente ela matava. A cura só surgiu nos anos 70. O que o autor reservar para os nossos personagens está valendo. Quem sabe ele cria uma licença poética e faz o Osório salvá-la com o transplante de medula? Seria incrível!”, finalizou o galã.

Pesquisas relacionadas