Cinema & TV

“Chapa Quente” reúne os campeões de bilheteria nacional na hot São Gonçalo para encher de muito riso as quintas-feiras à noite na Globo

O seriado que estreará no próximo mês reúne gente como Leandro Hassum, Ingrid Guimarães e o sangue “novo” de Paulinho Serra no horário nobre

Publicado em 26/03/2015 | Por Junior de Paula

*Com Lucas Rezende

Depois de 14 anos, a Globo decidiu acabar com “A Grande Família”, até então mais tradicional dos seriados humorísticos da emissora, que, apesar de tantas mudanças de enredo, garantia uma ótima audiência nas quintas-feiras à noite. Desde a decisão, anunciada no final do ano passado, surgiu a dúvida de qual atração conseguiria manter os números do Ibope e substituir à altura as histórias do clã de Lineu Silva. Mesmo com “Tá no Ar” agradando a crítica e a audiência, restavam dúvidas de quem assumiria o posto fixo nas quintas a partir de abril, na grade oficial. Os ventos iniciais trouxeram a notícia de que uma série, chamada inicialmente de “Barba, cabelo e bigode”, protagonizada por Leandro Hassum, seria a dona da quinta-feira.

Leandro Hassum e Ingrid Guimarães juntam forças em novo programa (Fotos: TV Globo)

Leandro Hassum e Ingrid Guimarães juntam forças em novo programa (Fotos: TV Globo)

Alguns meses depois, o que era forte possibilidade virou certeza. Agora com o nome de “Chapa Quente”, a série de Hassum está às vias de estrear na grade de programação no mês de abril. E a produção ganhou um reforço de peso: Ingrid Guimarães foi escolhida para fazer dobradinha com o humorista. “Estava louca por uma pobre, é um desafio maravilhoso”, disse a atriz em recente entrevista, que, junto de Leandro, é dona das maiores bilheterias do cinema nacional.

Para dar liga no “Chapa Quente”, Lucio Mauro Filho – que vivia o Tuco de “A Grande Família” – foi recrutado junto de Tiago Abravanel, que estava afastado da tevê desde “Joia Rara”. De fora de seus domínios, a Globo apostou – assim como fez com Marcelo Adnet, Tatá Werneck e Dani Calabresa – na contratação de Paulinho Serra, ex-MTV. Apesar de ter participado de forma ligeira em “Duas Caras” e Além do Horizonte, o ator considera essa a sua estreia na emissora. Aliás, vale lembrar que Paulinho rompeu com o Multishow, onde faria “Trair e Coçar e Só Começar” só para embarcar no novo seriado. “A produção tem uma pegada mais ousada. Os cenários lembram os de Breaking Bad”, comparou Paulinho.

Paulinho Serra, ex-MTV, estreia na Globo (Foto: Divulgação)

Paulinho Serra, ex-MTV, estreia na Globo (Foto: Divulgação)

Escrito por Cláudio Paiva (de “TV Pirata”), “Chapa Quente” tem direção de José Alvarenga Jr. (de “Os Normais”) e vai se ambientar na cidade de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Lá, o público vai conhecer o salão de beleza de Marlene, personagem de Ingrid, que é casada com Genésio (Hassum). A série, que vai tirar sarro com o forte calor que faz na cidade, terá como fio garantidor de risadas o fato de Genésio ser sustentado pela mulher, enquanto bebe um bom chope no bar da Creuza, personagem de Ana Baird. Aliás, o bullying com São Gonçalo, se vier a tornar um problema para a produção, ao menos não esquenta Hassum. “São piadas, é pra brincar, divertir e homenagear o lugar”, diz.

Tiago Abravanel e Rosana Gaspar em Chapa Quente (Foto: Reprodução)

Tiago Abravanel e Rosana Gaspar em Chapa Quente (Foto: Reprodução)

No empreendimento, trabalha Fran (Tiago Abravanel – que raspou a cabeça e emagreceu 14 kg para o personagem), um cabeleireiro que não se conforma de ter perdido o emprego na TV Globo por causa de um trabalho malsucedido nos cabelos de Susana Viera. Como não amar esse enredo? Com ele, Josy, vivida por Renata Gaspar, vai agüentar o tranco ao lado de Marlene. E tem mais: Josy, que é noiva de Godzila (Paulo Américo), manterá um caso com sargento Bigode, personagem de Mauro Filho, que tem Noronha (Eduardo Estrela) como seu braço direito.

Vendida como uma comédia que pretende assumir uma verve de “mundo real”, “Chapa Quente” tem tudo o que precisa para vingar: um elenco formado pela nata da comédia, seja ela mais jovem com Paulinho, ou que já agrada às massas como Hassum; um duo diretor-escritor responsável pelas maiores audiências de humor que a TV Globo já teve, e uma noite que, desde a última virada do milênio, é caracterizada por um público mais família, que está destinado a dar boas risadas. Para isso, nada melhor que uma mulher trabalhadora, um boa praça do subúrbio, e claro, muita palhaçada. Promete.

Pesquisas relacionadas