Cinema & TV

Capitão Gay de volta? Leandro Hassum e Paulo Cursino convenceram a Globo e “Viva o Gordo” está em fase de desenvolvimento. Aos detalhes!

A ideia é fazer o mesmo que com o especial da "Escolinha do Professor Raimundo": poucos episódios para primeira exibição no Canal Viva e, só depois, na programação da TV Globo

Publicado em 24/12/2015 | Por Lucas Rezende

Havia toda uma dúvida acerca de ter chegado aos ouvidos de Jô Soares, em São Paulo, sobre a volta do “Viva o Gordo” e até mesmo da real consolidação desse projeto na TV Globo; mas as especulações se tornaram realidade: o seriado estará, sim, de volta à telinha. A ideia de um “Viva o gordo” fresh, atualizado, com a cara de 2016 foi apresentada por Leandro Hassum e seu parceiro de longa data, Paulo Cursino (de “Até que a Sorte nos Separe”) e aprovada pela alta cúpula com louvor. Agora, a dupla está debruçada para tocar o projeto e já conta com duas cartas na manga: Paulo Silvino e Eliezer Motta, que estiveram no elenco da primeira versão, em 1981.

Leandro Hassum e Paulo Cursino (Foto: TV Globo/Divulgação)

Leandro Hassum e Paulo Cursino (Foto: TV Globo/Divulgação)

“Viva o Gordo”, com criação de Jô Soares e Max Nunes, é uma espécie de “primo mais velho” do “Zorra Total”, já que funcionava no mesmo esquema humorístico: o das esquetes. Dentre os personagens memoráveis, está o Capitão Gay, superherói homossexual, e seu assistente Carlos Suely (relembre dando o play abaixo). À época, a grande sacada era atacar o governo em exercício de forma implícita. A priori, a ideia é que sejam gravados quatro episódios especiais a serem exibidos no Canal Viva e, posteriormente, na TV Globo – no mesmo esquema da nova “Escolinha do Professor Raimundo”. A presença de Hassum como Capitão Gay é dada como certa, bem como a presença de Jô Soares em algum momento.

A estreia está prevista para o segundo semestre de 2016.

Pesquisas relacionadas