Cinema & TV

Betty Faria comemora seu aniversário e os 50 anos de carreira com a estreia da peça A Atriz. A gente estava lá!

Com nomes como Bemvindo Siqueria e Giuseppe Oristanio no elenco, a peça mostra o dia da última apresentação de uma atriz de teatro. O Site HT esteve na pré-estreia e conta mais um pouco sobre como foi!

Publicado em 09/05/2015 | Por Junior de Paula

BETTY-REDUZIDA

* Com Isabella Pavão

Qual a atriz mais impressionante que você já viu em cena no teatro? Nós não sabemos a sua resposta, mas pelo sim, pelo não a gente foi conferir a estreia de Betty Faria na peça que tem o sugestivo nome de “A Atriz”, no Teatro do Leblon, no Rio de Janeiro, nessa sexta-feira (08/05) e adoramos o que vimos no palco.

A peça “A Atriz” mostra os bastidores da última apresentação da famosa atriz Lydia Martin, interpretada por Betty. Várias pessoas conhecidas invadem seu camarim para dar adeus, declarar seu amor, gargalhar, insultar, dar um úlitmo abraço ou retomar antigas questões. Lydia, na companhia de sua camareira, recebe a todos: seu noivo, seu ex-marido, seu filho, seu agente e o diretor da peça. O elenco de A Atriz conta com grandes nomes. Betty divide o palco com Stella Freitas, Bemvindo Sequeira, Giuseppe Oristanio, Pedro Gracindo, Cacau Hygino e Gabriel Gracindo.

A peça, escrita por Peter Quilter, é uma produção da Montenegro e Raman e tem direção de Bibi Ferreira. “Já se foi o tempo em que produzíamos dez, doze espetáculos por ano. Musicais, comédias, dramas, talk shows… Em alguns anos chegamos a gerar mais de 400 empregos indiretos. Com o passar do tempo, mudamos nossas prioridades” disse Nilson Raman, um dos produtores. “Mas não paramos de produzir, apenas diminuímos a quantidade de produções. E nunca esquecemos que começamos como produtores de teatro. Antes de tudo veio o teatro”, explicou Marcos Montenegro, que, ao lado do sócio, é responsável pelo agenciamento de dezenas de artistas de todas as geração.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem não acompanhou a história da produção de “A Atriz”, aqui vai um resuminho: alguns dias antes da estreia do espetáculo, a atriz Marília Pêra desistiu de interpretar a protagonista, saindo junto de alguns outros atores do elenco. Betty Faria a substituiu às pressas, tendo cerca de 15 dias para decorar o texto, de 75 páginas, e ensaiar, o que foi um feito e tanto. Os outros atores do elenco, como Giuseppe Oristanio, também tiveram muito pouco tempo para se preparar para entrar em cartaz. “Eu ensaiei bem pouco, menos de 15 dias, mas eu acho que já conseguimos um resultado bom apesar disso, e que ao longo dos dias vai ficar ainda melhor”, disse o ator que interpreta o ex-marido da atriz de teatro.

Mauro Mendonça, Rosamaria Murtinho e Miéle (Foto: Reprodução Instagram @montenegroeraman)

Mauro Mendonça, Rosamaria Murtinho e Miéle (Foto: Reprodução Instagram @montenegroeraman)

Mas a resposta do público foi muito positiva. “É uma comédia divertida. São todos colegas muito amados, eu gostei bastante e me diverti”, disse o ator Mauro Mendonça, que estava na companhia da esposa Rosamaria Murtinho. A atriz Isabella Garcia também estava entre os convidados: “Além de adorar a peça, achei uma belíssima homenagem à Betty, ela merece muito! Não só pela atriz que ela é, por toda carreira, toda trajetória, mas pela companheira que ela é”.

A cantora e atriz Emanuelle Araujo não poupou elogios à grande estrela da noite. “A peça foi uma delícia. É tão bonito ver uma atriz como a Betty, nesse momento da carreira dela, comemorando tantas décadas de trabalho. E em 15 dias pegar um espetáculo e fazer essa beleza… eu fiquei muito emocionada”. Betty Faria não pode conter a emoção na noite, pois além da estreia, ela comemorou seus 74 anos de idade e seus 50 anos de carreira, ao lado de amigos, familiares e colegas de cena. Após sair do palco, ela cantou parabéns ao lado dos filhos e netos, e antes de cortar o bolo, agradeceu a presença de todos.

Aproveitando o tema da peça, o Site HT perguntou aos famosos: “qual o artista mais impressionante que você já viu no palco?”. Para Isabella Garcia, foi Julio Adrião, na peça “A Descoberta das Américas”. “Ele estava sozinho no palco interpretando vários personagens. É incrível isso, não é?”. A escritora Thalita Rebouças falou de uma de suas “filhas”: “Olha, não é pra puxar sardinha para o meu lado não, mas eu preciso falar da Thais Belchior, que agora está em “Babilônia”. Ela fez a Babete na adaptação do meu livro “Tudo Por um Popstar”, e ela foi arrebatadora no papel. Acho que ela ainda vai muito longe”. Emanuelle Araujo lembrou de uma das rainhas do teatro e da televisão: “Não tenho como não falar de Fernanda Montenegro. Eu a assisti na Bahia, no Teatro Castro Alves, que é um teatro muito grande, e foi uma das coisas mais arrebatadoras que eu já vi na vida”.

Mas o consenso geral era de que Betty Faria está incrível como Lydia Martin no espetáculo, que está em cartaz no Teatro do Leblon até o dia 28 de junho, de quintas a sábados às 21h e domingos às 20h. O endereço é Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon.

Pesquisas relacionadas