Cinema & TV

Alma de artista: Regiane Alves estreia em produções no cinema e fala sobre integrar a ‘Dança dos Famosos’

Em ensaio exclusivo no Rio Othon Palace, a atriz falou sobre a atuação nos longas-metragens 'Divaldo o mensageiro da paz', que estreia no dia 12 de setembro e no qual interpreta Joanna de Ângelis, mentora do médium Divaldo Franco, e 'Uma pitada de sorte'. Ela também comentou sobre integrar o time de celebridades da nova edição do quadro Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão

Publicado em 21/08/2019 | Por Heloisa Tolipan

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Terno Bianca Gibbon/ Top Lafort/ Sapato Zany/ Brinco Fiszpan)

*Por Rafael Moura

Copacabana sorriu para Regiane Alves. A atriz, que foi recebida pelo site Heloisa Tolipan, no Rio Othon Palace, para um editorial exclusivo, ganhou do universo uma tarde repleta de cores. O azul claro do céu e o mar com uma tonalidade esverdeada próxima da areia e azul mais forte na imensidão do infinito serviram de inspiração para a estrela brincar nas fotos tal qual uma ave do paraíso repleta de exuberância em um mood 80’s, acionando a explosão do color blocking. Os looks e a make ressaltam a beleza dos traços marcantes de Regiane. Com imagens assinadas por Márcio Farias, styling do trio da A Produção (Athria Gomes, Mariana Heil Arostegui e Alexandre Martins), que bebeu numa fonte expressionista, captando as emoções e respostas subjetivas, e make de Lu Rech com suas pinceladas valorizando a expressão de Regiane, arte, beleza, estética e força permearam a nossa conversa. Em pauta, o trabalho como protagonista do filme ‘Divaldo o mensageiro da paz‘, vivendo a guia espiritual Joanna de Ângelis; a escalação para integrar a nova edição da Dança dos Famosos, quadro do Domingão do Faustão; a atuação no longa-metragem ‘Uma Pitada de Sorte‘, no qual interpreta uma produtora de TV, além do seu lado empresária do ramo de gastronomia.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Vestido Lafort/ Jaqueta Carina Duek/ Bota Vizzano/ Brinco Zany)

Logo no início do papo, Regiane elogia a equipe que assinou o shooting e, ao olhar para o espelho, mostrou-se encantada com a expressividade dos olhos, cujas sombras remetiam às asas de uma ave rara. Uma metáfora à máscara que faz alusão aos diferentes personagens que o papel de ator permite. “Estou sentindo um enorme prazer em viajar nas memórias afetivas dos anos 80, mas com uma pegada contemporânea. Nossa, eu amo até hoje David Bowie (1947-2016), o color block, as lembranças da minha carreira como modelo de campanhas”, dispara. A estrela conta que começou a posar com 13 anos e integrava o cast da agência L’Equippe, fazendo campanhas de beleza e voltadas para a geração teen. “Minha primeira capa de revista foi na Atrevida, depois fiz a campanha do biscoito Tostines… Lembra daquele slogan: ‘É fresquinho porque vende mais. Vende mais porque é fresquinho’? eu adorava falar”, recorda para, logo em seguida, avaliar: “O nosso povo é tão sofrido, mas sabe apreciar o belo, a expressão, a cor, o brilho… Eu sentia a receptividade como sinto até hoje. Uma época de muitas alegrias, sonhos… Eu nunca imaginei que uma garota de Santo André (SP) chegaria a esse reconhecimento. Eu sou muito grata, sempre”, frisa.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Vestido Smoking Adriana Kavietz para Eduardo Santos/ Brinco Atelier Chilaze)

Em contarem regressiva para a estreia do filme “Divaldo: o mensageiro da paz”, no dia 12 de setembro, com roteiro e direção de Clovis Mello, no qual interpreta Joanna de Ângelis, mentora do médium e líder humanitário Divaldo Franco. “Foi uma enorme emoção. É uma história que fala sobre fé, perseverança, paz e empatia, sentimentos que nos faltam como sociedade”, afirma a atriz, que foi escolhida pelo próprio Divaldo Franco para o papel. “Foi uma felicidade enorme. Senti tal qual um chamado, uma busca pela fé”, ressalta. Para interpretar Joanna, a atriz mergulhou nos livros e na história de vida de Divaldo Franco desde sua infância no interior da Bahia até sua consagração como filantropo, fundador da Mansão do Caminho e orador em prol da divulgação da doutrina espírita no Brasil. Regiane fez muita meditação, yoga e uma preparação especial. “É uma personagem muito linda e com gestos sutis e delicados. Ela aparece como uma imagem de uma freira. Tem uma força nas palavras, mas são ditas com muita doçura. Foi de muita gratidão mergulhar nesse universo. A imagem e frases de Joanna estarão sempre em minha memória”, afirma.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Vestido Lafort/ Jaqueta Carina Duek/ Bota Vizanno/ Brinco Zany)

O longa-metragem é inspirado no livro “Divaldo Franco: A trajetória de um dos maiores médiuns de todos os tempos”, de Ana Landi. O filme é uma coprodução dos estúdios Fox, as produtoras CINE e Estação Luz Filmes. “Nós rodamos as cenas em quatros cidades: Salvador, Campinas, Santos e São Paulo. Acredito muito que os médiuns e os artistas têm algo em comum, porque nós, atores, acabamos vivenciando diferentes personalidades a cada trabalho. Considero este filme uma história que traz uma mensagem além da doutrina espírita. Ele mostra valores como respeito, estudo, autoconhecimento, paz e amor. É um filme para qualquer idade”, enfatiza. Joanna de Ângelis se ‘manifestou’ pela primeira vez no dia 5 de dezembro de 1945 e, de acordo com Divaldo Franco, ela se apresentou como um “espírito amigo”.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Erica Rosa/ T-shirt Levi's/ Brinco Lilac para Eduardo Santos/ Pulseiras Zany/ Cinto Pernambucana da Gema)

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Erica Rosa/ T-shirt Levi’s/ Brinco Lilac para Eduardo Santos/ Pulseiras Zany/ Cinto Pernambucana da Gema)

Divaldo Franco sempre destacou a importância da Joanna em seus livros, para os seus estudos e evolução espiritual, muitos, segundo ele, escritos pela sua própria mentora. O espírito já teve diferentes reencarnações iluminadas ao longo da história como: Santa Clara de Assis (1194-1253), que viveu no século XIII, seguidora de São Francisco de Assis e fundadora da Ordem das Clarissas; Juana Inés de La Cruz (1651-1695), pseudônimo religioso da poetisa mexicana Juana de Asbaje e Joanna Angélica de Jesus (1761-1822), também sóror e depois abadessa que viveu no início do século XIX na Bahia.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Freda/ Brincos SMK/ Sandália Cecconello

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Fedra/ Brincos SMK

Além da estreia no novo longa-metragem, Regiane está radiante com a grande novidade. No próximo domingo, ela estará na Dança dos Famosos, ao lado de nomes como Dandara Mariana, Fernanda Abreu, Giovanna Lancellotti, Luísa Sonza, Luiza Tomé, Bruno Montaleone, Jonathan Azevedo, Junior Cigano, Kaysar Dadour, Luis Lobianco e Matheus Abreu. É um misto de ansiedade e excitação. Uma oportunidade de aprender a dançar e me divertir. “Uma participação que só tenho a ganhar, pois é puro prazer”, destaca a atriz. E acrescenta: “O funk me dá um pouco de medo, porque não é muito a minha praia. Eu gosto muito de forró e amo o tango pelo drama e a expressão. O nosso corpo fala muito, ainda mais para nós, brasileiros, que temos uma forte relação com ele. Eu recebi muitos conselhos dos participantes anteriores, portanto, a minha ‘estratégia’ será pensar que cada semana terei que viver uma personagem diferente”.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/  Créditos: Vestido Lafort/ Jaqueta Carina Duek/ Bota Vizzano/ Brinco Zany)

Nesta terça-feira (dia 20), a atriz, ansiosa, comemorou em suas redes sociais o início da rotina de ensaios paara o quadro do Domingão do Faustão e aproveitou para rendes muitos elogios ao seu parceiro e professor, Reginaldo Sama, que ganhou a edição de 2017 ao lado de Maria Joana. “Hoje começa o início de uma longa caminhada, que será muito prazerosa pois sei que estou em boas mãos. Admiro muito o trabalho do @reginaldosamaoficial. Muito feliz de estarmos juntos nessa jornada”, postou Regiane. Sama também celebrou a parceria: “Vamos nos divertir muito, Regiane, e eu não poderia ter pego parceria melhor, estou muito feliz! avante” Os fãs da atriz já começam a torcida pela dupla.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/  Créditos: Vestido Smoking Adriana Kavietz para Eduardo Santos/ Sandália Cecconello/ Brinco Atelier Chilaze)

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/  Créditos: Vestido Smoking Adriana Kavietz para Eduardo Santos/ Sandália Cecconello/ Brinco Atelier Chilaze)

Voltando às telonas, a atriz nos conta que em breve também estará nos cinemas atuando em outro filme: ‘Uma Pitada de Sorte’ interpretando Margô, a produtora de TV. O longa tem como protagonista Fabiana Karla vivendo uma chef de cozinha em busca de um lugar ao sol. Por falar em….comidinhas… Há cinco anos, Regiane revelou a verve empresária ao assumir a sociedade no Puro Restaurante, especializado na alta gastronomia brasileira (recebeu o título de Melhor Contemporâneo do Rio), no Ella Pizzaria, uma cantina acolhedora com forno a lenha, no Jardim Botânico, e no Massa Leblon. A paixão pela comida remete à infância, pois lembra dos momentos da família em torno da mesa e traz esse hábito até hoje. “Eu adoro receber os amigos em casa. Cozinhar é uma forma de carinho, expressão de amor. É uma delícia compartilhar momentos com pessoas queridas em casa. A comida nos une”, afirma.

Terno Bianca Gibbon/ Top Lafort/ Sapato Zany/ Brinco Fiszpan)

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Terno Bianca Gibbon/ Top Lafort/ Sapato Zany/ Brinco Fiszpan)

Sorridente e orgulhosa, a atriz lembra que toda a trajetória profissional foi permeada por muito estudo. “Eu estreei na TV em 1998, na novela ‘Fascinação’, do SBT, com a personagem Ana Clara dos Anjos Guimarães. Na TV Globo, o meu primeiro papel foi a Rosália Olinto, na minissérie ‘A Muralha‘, em 2000″. Mudanças fazem parte do universo dos atores e cada papel merece uma construção diferente de beleza e figurino. E Regiane ama esse processo. “Eu sou o terror dos caracterizadores, porque eles dizem que eu já fui muitas mulheres na TV e no cinema, então acaba sendo sempre difícil criar uma imagem. Mas, sou daquelas que se entrega, pois gosto de pensar como a personagem anda, fala, em suas atitudes e figurino. Quando acaba um trabalho, eu sempre tento voltar para a minha imagem ‘natural’, faz parte de um processo de desconstrução. Mas tenho que lidar com a despedida. É como se fosse uma ‘morte’. Acredito muito que deva existir um céu que acolha todas as personagens. Ser atriz nos ensina muita a viver o tempo presente e como faço yoga me ajuda muito a manter o equilíbrio. Ah, acabo sempre fazendo uma viagem também para desligar”, revela.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Erica Rosa/ T-shirt Levi’s/ Brinco Lilac para Eduardo Santos/ Pulseiras Zany/ Cinto Pernambucana da Gema)

Durante o nosso ensaio, a equipe, no backstage, estava atenta e com celulares a postos para registar todos os momentos, sejam em fotos e vídeos, afinal, o carisma e talento da atriz merecem muitos cliques. “Eu estudei publicidade e propaganda e percebo que a velocidade da informação é algo assustador atualmente por conta da tecnologia. Tudo é muito rápido, quase não temos tempo de amadurecer nossas ideias e contemplar os momentos, porque eles se apagam muito rápido”, reflete. Segundo estudo realizado pelo APP Annie, intitulado ‘Video Streaming – The state of mobile 2019’, o Brasil aparece em segundo lugar depois da Índia com um crescimento de 130% de usuários, no primeiro semestre deste ano. Destaque para o YouTube, seguido pelos players Netflix, YouTube Kids, Twitch e Globo Play. “Os meus filhos jogam online e isso se tornou uma febre. Essas plataformas são de grande importância, porque começamos a abrir mais espaço para novas formas de interação e para novos nomes se destacarem. Eu sou super ativa nas redes, porque gosto da interação e aproximação com o público. E os streamings também chegaram para ficar, ampliando o mercado e trazendo novas oportunidades”, enfatiza.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Macacão Fedra/ Brincos SMK/ Sandália Cecconello)

Ao longo de sua carreira, a atriz coleciona 13 novelas, além das participações em séries e programas de TV. Em 2004, teve sua estreia no cinema com o longa ‘Por onde você anda‘, uma comédia de Sérgio Rezende e atuou no premiado Zuzu Angel, de 2006, interpretando a jornalista Hildegard Angel, filha da estilista Zuzu Angel. Regiane emprestou seu talento para outros sete filmes. No teatro subiu ao palco nove vezes, a última foi em 2016/2017 com ‘Para Tão Longo Amor‘, em que Raquel uma jovem escritora se relaciona com um experiente editor. A peça de Maria Adelaide Amaral foi inspirada no livro homônimo de Álvaro Cardoso Gomes.

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/  Créditos: Vestido Smoking Adriana Kavietz para Eduardo Santos/ Sandália Cecconello/ Brinco Atelier Chilaze)

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/  Créditos: Vestido Smoking Adriana Kavietz para Eduardo Santos/ Sandália Cecconello/ Brinco Atelier Chilaze)

Seu sonho de mostrar sua arte está em crescente, sempre. Não foi por acaso que Regiane, ao longo de 20 anos de carreira, foi indicada para dez prêmios levando três, dois pela atuação da malvada Doris, que batia nos avós, em Mulheres Apaixonadas, 2003, de Manoel Carlos, como melhor vilã e melhor atriz coadjuvante. E pelo filme ‘Onde anda você’, como melhor atriz coadjuvante, em 2004. A artista deixa seu nome marcado no hall das grandes estrelas do Brasil. Axé!

(Foto: Marcio Farias/ Assistente: Mariana Salles/ Styling: A Produção/ Make: Lu Rech/ Assistente de beleza: Juliana Tarn/ Créditos: Vestido Lafort/ Jaqueta Carina Duek/ Bota Vizanno/ Brinco Zany)

Créditos:

Powered: Heloisa Tolipan

Modelo: Regiane Alves

Foto: Marcio Alves

Assistente de foto: Mariana Salles

Styling: A Produção

Make: Lu Rech

Assistente de Beleza: Juliana Tarn

Agradecimentos:

Rio Othon Palace

Pesquisas relacionadas