Teatro & Pensata

Com sua primeira peça em cartaz, Mel Maia consolida sua versatilidade nos palcos do teatro em “Marina Nada Morena”

"Eu não conheço outra vida", diz a atriz sobre crescer aos olhos do grande público. Mel Maia está em cartaz com a peça "Marina Nada Morena", no Teatro das Artes, e estreia esta quinta-feira, o filme "Tudo Por Um Popstar"

Publicado em 10/10/2018 | Por Vanessa Cutrim

Mel Maia tinha só 7 anos quando conquistou o Brasil todo na pele de Ritinha, em Avenida Brasil. De lá pra cá, muita coisa aconteceu, e a atriz conseguiu se consolidar com um dos grandes talentos jovens da emissora global. Aos 14, ela já carrega cinco novelas no currículo, cinco filmes, duas séries e especias de fim de ano na Globo. Não é para qualquer uma, né? No momento, a atriz vive uma fase especial. É a primeira vez que realiza um espetáculo profissional no teatro. Ela interpreta a doce Marina, em “Marina Nada Morena“, em cartaz no Teatro das Artes, Gávea. Mel, aliás, já sente o contraste com os outros veículos. “É muito diferente de fazer cinema ou novela, porque no teatro a preparação é grande e tudo tem que ser maior, tem que fazer mais gestos, falar mais alto, não tem aquele microfone em cima da gente, por exemplo. O público também está ali na frente sentindo tudo com a gente diretamente”, conta a atriz, que disse não ter uma preferência entre as três vertentes artísticas e pretende fazer de tudo um pouco.

A peça tem direção de Ernesto Piccolo e é destinada ao público infantil, com muitas cores e ludicidade, em uma troca cênica com o ator Cauê Campos, de 16 anos: “A minha personagem é uma menina que transborda história para contar, e ali na peça é tudo muito dinâmico. O foco principal é a amizade dela e do Lucas, em uma abordagem muito divertida. Tem sido gratificante, ainda mais porque sou só eu e outro ator em cena”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aos 6 anos, a atriz fez seu primeiro trabalho na TV no especial de fim de ano “O Relógio da Aventura“, mas foi com “Avenida Brasil” que ela conquistou os olhos do grande público. Desde pequenininha, Mel queria seguir esse caminho, então imagina o que sentiu quando as pessoas começaram a pará-la na rua pela Ritinha? A ficha caiu. “Ver as pessoas me reconhecendo foi um sonho que se realizou”, conta. Fazendo cenas com cargas dramáticas muito fortes, principalmente para a idade, ela teve ao seu lado uma grande parceira cênica: Adriana Esteves. “Sempre quando a gente se encontra é uma felicidade, uma saudade que a gente mata ali na hora. É um amor imenso contar com ela, a gente se adora. Foi muito bom enquanto durou”, lembra. Mel cresceu aos olhares públicos, mas não é daquelas que acha que perdeu o encanto da infância, ou que poderia ter aproveitado mais. Como convive com essa rotina desde cedo, tudo faz parte de um processo natural que a faz realizada. “Eu não conheço outra vida, sabe? As pessoas quando me encontram falam ‘Nossa, como você cresceu!’ É normal, a Ritinha de Avenida Brasil marcou a vida de muita gente, mas estou acostumada. Cresci em frente às câmeras, mas sempre fui uma criança normal, eu estudo, faço aula de dança, curso de inglês e saio com meus amigos sempre”, ressalta.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A atriz também é sucesso nas redes sociais com mais de 4 milhões de seguidores, dentre eles, a maioria meninas jovens. Ela diz não sentir pressão por isso, mas tem uma cautela com o que publica por lá. “Eu não vejo os influenciadores como modelos a serem seguidos, mas é uma responsabilidade, porque temos um público muito grande. Eu tento ter cuidado quando associo meu nome a alguma marca, procuro ter certeza que os ideais dela são bacanas, antes de qualquer coisa”, pontua. Seu último papel na TV foi a Agnes em Deus Salve o Rei, uma personagem bem diferente das suas últimas. Mel reflete que o espectador já percebe que ela não é mais uma atriz mirim.”As pessoas estão sentindo aos poucos que eu estou crescendo, mas de fato eu ainda estou na adolescência. É um processo natural, acho que todo mundo entende que não sou mais criancinha”, explica.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

pop’s

Uma publicação compartilhada por MEL MAIA (@melissamelmaia) em

Esta quinta-feira (11) nos cinemas, a atriz estreia outra Ritinha em sua vida, uma das personagens de Tudo Por Um Popstar, baseado no livro de sucesso entre as jovens brasileiras, da autora Thalita Rebouças. “Eu sempre fui fã da Thalita, por saber que ela entende muito o mundo adolescente. Eu nunca tinha lido todos os livros dela, mas fiquei feliz quando a Thalita e a Dadá Coelho me convidaram para o papel”. As parceiras de aventura dela na trama são as atrizes Maisa e Klara Castanho, que também se tornaram suas amigas na vida pessoal. “No primeiro dia de preparação já nasceu uma ligação forte entre nós, ficamos muito próximas, e isso foi muito bom até para passar uma verdade para o filme. Somos parceiras, nos ajudamos em todos os sentidos. Tanto nos bastidores, quanto nas cenas, foi tudo muito divertido”, conta.

Mel Maia, Maisa, Klara Castanho nas filmagens de Tudo Por Um Popstar (Foto Reprodução/Instagram)

Interpretando a estudiosa Ritinha nos cinemas, e a sonhadora Marina nos teatros, Mel Maia demonstra uma alegria com o ofício como ninguém, além de uma vontade de estar sempre em cena. “Todos os trabalhos são desafiadores, e cada um tem algo especial. Eu quero continuar trabalhando, independente de ser no cinema, no teatro ou na TV. Desejo fazer de tudo sempre, porque o que eu gosto mesmo é de atuar”, completa. E pelo que já podemos contemplar como espectadores, a atriz tem um futuro promissor pela frente.

MARINA NADA MORENA

Temporada: até 28 de outubro

Local: Teatro das Artes | Shopping da Gávea

Endereço: R. Marquês de São Vicente, 52 – Gávea

Horários: Sábado e Domingo às 17h | Teremos espetáculo excepcionalmente na sexta-feira dia 12/10 – Dia das Crianças

Ingressos: R$ 60,00 inteira | R$ 30,00 meia-entrada

Venda: https://divertix.com.br ou pela bilheteria do teatro

Pesquisas relacionadas