Moda & Beleza

Vitória Moda reunirá palestras, desfiles e oficinas durante quatro dias e promete exaltar o melhor do Espírito Santo

A semana de moda capixaba foi aberta em grande estilo nessa segunda-feira, dia 4: é que a empresária Chiara Gadaleta deu uma verdadeira aula sobre regionalidade, criatividade e sustentabilidade para os fashionistas no Teatro Sesi

Publicado em 04/07/2016 | Por Karina Kuperman

“Natural, original, tropical – mergulhando em nossas raízes”. Esse é o tema da nona edição do Vitória Moda, a semana de moda capixaba que começou nessa segunda-feira, dia 4, às 19h30, no Teatro Sesi. A iniciativa, que exalta o mercado fashion, claro, mas também a arte e a cultura, é uma realização do Sistema Findes com o Sebrae em parceria com a Sesi/Senai. “O Espírito Santo possui um dos mais criativos clusters de moda do país. O Vitória Moda joga luz no potencial de nossa indústria, viabiliza novas parcerias, amplia negócios e estimula o fortalecimento do setor no Estado e no país. Precisamos continuar consolidando nossas marcas em nível nacional, mostrando que os produtos capixabas estão entre os melhores do país”, explicou Marcos Guerra, presidente do Sistema Findes.

Marcos-Guerra-posse-1

Marcos Guerra (Foto: Reprodução)

Serão quatro dias intensos de palestras, desfiles e oficinas e quem abre o evento é a empresária Chiara Gadaleta, que falará sobre “A nova era da moda: unindo regionalidade, criatividade e sustentabilidade”. Ou seja: dará uma verdadeira aula sobre economia criativa, identidade brasileira, moda local e global, práticas criativas e sustentáveis no mercado de moda nacional e novas economias. Pensa que é só? Pois, ainda hoje, os fashionistas poderão conferir uma apresentação para lá de especial da Camerata do Sesi, regida pelo maestro Leonardo David. A trilha sonora terá como destaque, claro, músicas capixabas.

vitoria 732

O melhor da moda capixaba será apresentado no Vitória Moda

A partir dessa terça-feira, dia 5, o evento será no Centro de Convenções de Vitória. E o primeiro dia de desfiles terá uma inauguração de peso: é que a estilista Fernanda Yamamoto fará uma palestra sobre “Moda transformadora: a força da moda como vetor cultural de ligação entre design e artesanato”, em que explicará o processo criativo de desenvolvimento de sua coleção “Histórias rendadas”, feita em parceria com as rendeiras de renascença da Paraíba. Como não poderia deixar de ser, estilista abordará, ainda, regionalidade, trabalho manual, artesanato, processo criativo e cultura brasileira. Em seguida, o Senai abrirá os trabalhos com estilo em uma apresentação de looks criados por estudantes de moda nacionais. Depois, será a vez dos alunos das faculdades de Moda da UVV, Faesa e Unesc apresentarem suas criações na passarela. O line-up seguirá a todo vapor e marcas como Studio Etá, Florest, Saia de Chita, Bebel Gama, Islavix e Surreal comandarão o show.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Zinsk, Pk Premium, Buphallos, Dupla Meninna, Look Belle, Eliane Kill, Açúcar Moreno, Chris Trajano e Riviera Store serão os nomes que brilharão na quarta-feira, dia 6. Já na quinta-feira, dia 7, quem fecha o evento são as aclamadas Verônica Santoloni, Sol de Verão, Maria Gueixa, Hagaef, Dua’s, Zan.Bo e a masculina Konyk. Ao todo, 23 marcas totalmente capixabas cruzarão as passarelas representando a valorização do Espírito Santo e seus recursos naturais, raízes étnicas, arte e cultura. “O Vitória Moda define-se não apenas como um evento estratégico, mas como uma realização de relevante importância, possibilitando às marcas exibirem, com brilho e emoção, para os consumidores regionais e nacionais, toda sua criatividade. A máxima ‘enquanto o produto tem destino, a marca tem futuro’ aplica-se ao nosso evento e é com esse espírito que ele chega à sua nona edição”, disse José Carlos Bergamin, presidente da Câmara Setorial da Indústria do Vestuário e coordenador do Vitória Moda, endossado por José Eugênio Vieira, superintendente do Sebrae do Espírito Santo: “Trata-se de uma ótima oportunidade para divulgar as marcas e fazer networking, tendo contato com ofertantes e compradores potenciais. Neste ano, mais de 20 marcas terão a oportunidade de divulgar seus looks e tendências, apoiados pelo Sebrae ES. Esperamos que os empresários possam fazer bons negócios, que beneficiam, também, a economia capixaba”, declarou.

Nessa edição, o evento vai, de fato, destacar as variadas etnias e a natureza marcante de Vitória, além, é claro, do artesanato e da economia transversal e criativa do estado. Tanto é que, no Salão Criativo, arte e cultura de empreendedores capixabas tomarão os 700 metros quadrados do Centro de Convenções de Vitória, que ganha uma ambientação temática. Moda, design, cinema, fotografia, gastronomia, arquitetura, marcenaria, artesanato e outros ocuparão cerca de 30 espaços por lá. Pensa que é só? Apresentações musicais, exposição temática e empreendimentos com conteúdo de inovação e conceito por meio de produtos e serviços também marcarão presença por lá – objetivando a valorização e apropriação de riquezas e valores capixabas. Nós, de HT, estaremos lá para conferir tudo de perto e contar detalhes por aqui. Pega na nossa mão e vem!

Pesquisas relacionadas