Moda & Beleza

SICC – Frederico Pletsch abre panorama do setor calçadista e dá aula business: “Há uma tendência nossa de ser a maior feira e qualificar cada vez mais”

Presidente da Merkator Feiras e Eventos é o homem por trás do Salão Internacional do Couro e Calçado

Publicado em 24/05/2016 | Por Lucas Rezende

Claro que o cenário econômico nacional atual não é favorável para qualquer um se arriscar em negócios. Mas essa verve descrente da maioria da população – desde a turma business até quem se aventura no consumo – não é a mesma que paira sobre as perspectivas de Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, que organiza a 25ª edição do Salão Internacional do Couro e Calçado, o SIIC, em Gramado (RS), no Serra Park.

Frederico Pletsch (Foto: Henrique Fonseca)

Frederico Pletsch (Foto: Henrique Fonseca)

Essa insistência de fazer acontecer e girar a roda da economia deve ser vista com bons olhos se colocarmos os dados na balança. Explica-se: os últimos números na exportação de calçados mostram uma linha ascendente, enquanto outros setores estão numa linha decrescente, indo na contramão do mercado em questão. De acordo com os números divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), no montante desde o início de 2016 até agora, os exportadores somam 40,26 milhões de pares exportados que totalizam US$ 295,83 milhões, resultado 2,7% superior em pares e 4,6% inferior em valores na relação com igual período do ano passado.

Os dados, mais uma vez, colocam o Rio Grande do Sul no primeiro lugar do ranking de exportador de calçados do Brasil. De acordo com Fred, o sucesso dessa posição conquistada é uma soma de fatores externos e internos. “Com a baixa do dólar e a moda que estamos fazendo e entregando, tenho certeza absoluta que vamos crescer. É bom para a indústria e daí vem um dos grandes motivos da venda da nossa feira. O próprio lojista está sabendo: se não vende para um nicho, vende para outro”.

Negócios sendo fechados no SICC (Foto: Henrique Fonseca)

Negócios sendo fechados no SICC (Foto: Henrique Fonseca)

E não só. Além de surfar na crista da onda desses números, Frederico fomentou o intercâmbio gringo nessa 25ª edição – a maior, diga-se de passagem – com o convite a compradores de 46 países diferentes, como do Japão, Letônia, Israel, Filipinas e Rússia. O diretor revelou ainda que já recebeu propostas de expositores chineses para participarem do Salão, mas a grande procura em fazer parte do evento e o grande número de exportadores locais dão uma freada no número e procedência dos participantes. “Há uma tendência nossa de ser maior e de qualificar mais a feira e cada vez mais – dar uma de patriota – e segurar nossas marcas. O que queremos é qualificar. Poderíamos crescer, mas eu acho que a gente tem essa proposta de ‘alargar’ uma moda de alta produção e temos isso aqui dentro [do estado do Rio Grande do Sul]. Começar a crescer tanto, não sei…mas qualificar, sim”, fez questão de destacar, contando: já teve até proposta parar tirar a feira de Gramado. “O problema é o seguinte: o evento está crescendo muito. Gramado é a terceira cidade em turismo no Brasil. Então qualquer feira que você promover nessa cidade ‘puxa’ mais. E se nós saíssemos daqui, viria outro ‘Fredão’ fazer feira de calçados”, brincou, com seu bom humor característico.

Frederico Pletsch (Foto: Henrique Fonseca)

Frederico Pletsch (Foto: Henrique Fonseca)

Juntamente com o SIIC, a Merkator também promove outras duas grandes (e importantes) feiras pelo país e que já estão no calendário de moda nacional: a Zero Grau, também no Sul – que será realizada entre os dias 21 a 23 de novembro – e a 40 Graus, uma edição, digamos, calorosa da mesma, realizada no Nordeste do país, em Natal (RN) e que será realizada entre os dias 6 e 8 de março de 2017. Mesmo antes do encerramento oficial do evento, o Salão Internacional do Couro e Calçado já ganhou a confirmação de sua 26ª edição, que vai acontecer entre os dias 22 a 24 de maio de 2017. Para o ano que vem, Frederico, aliás, já deixou o start: “A expectativa [para a 40 Graus] é muito boa. No Norte o Nordeste são 60 milhões de pessoas. Eu acho que nós sempre temos que ter um olhar diferente e é isso o que estamos tentando fazer. A moda é a mesma, mas há um tratamento diferente”. E ai de quem duvidar.

Circulação no corredor central do SICC (Foto: Henrique Fonseca)

Circulação no corredor central do SICC (Foto: Henrique Fonseca)

A mão amiga do governo

Quem também marcou presença no SICC foi o Governador do Estado do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB). Na ocasião, ele anunciou a renovação do benefício do crédito presumido de 8,5% para os calçadistas gaúchos, que será prorrogado de 1º de junho a 31 de maio de 2017 e concedido a produtores nas saídas interestaduais de calçados ou artefatos de couro. “O setor coureiro é muito importante para a nossa economia. Quando ele perde a vitalidade, gera muito desemprego. O que nós queremos é dar atenção para garantir mais oportunidades para mais gente. E que também o empreendedor tenha uma pouco mais de tranquilidade nessa caminhada que é difícil para todos”, ressaltou Sartori.

Frederico Pletsch e José Ivo Sartori (Foto: Henrique Fonseca)

Frederico Pletsch e José Ivo Sartori (Foto: Henrique Fonseca)

Pesquisas relacionadas