Moda & Beleza

SENAI CETIQT DESENVOLVE PROJETO INOVADOR DE MENTORIA PARA SEUS ALUNOS QUE REÚNE PROFISSIONAIS DE GRANDES EMPRESAS COMO DAFITI, AUDACES, CALVIN KLEIN E GRUPO SOMA. VEM SABER!

O Programa de Mentoria de Design de Moda fortalece os laços entre a indústria e os alunos, fazendo com que os estudantes saiam da faculdade mais experientes e com noções de realidade de mercado. “A vida é feita de oportunidades e este projeto é uma delas. Estamos trazendo CEOs de grandes empresas que já aprenderam muito e vão doar um pouco do seu tempo para compartilhar as suas experiências. Alguns deles eu gostaria, até mesmo, que fossem os meus mentores. Estamos trazendo pessoas que são referência nacional e vão acelerar a carreira dos estudantes”, afirmou Robson Wanka, gerente de educação do SENAI CETIQT

Publicado em 16/04/2018 | Por Ana Clara Xavier

O Programa de Mentoria da Faculdade SENAI CETIQT é um projeto de orientação profissional para os alunos da graduação de Design de Moda e Engenharia Química, que visa fortalecer os laços entre a indústria e os estudantes fazendo com que os mesmos saiam da faculdade mais experientes e com noções de realidade de mercado. “A vida é feita de oportunidades e este projeto é uma delas. Estamos trazendo CEOs de grandes empresas que já aprenderam muito e vão doar um pouco do seu tempo para compartilhar as suas experiências. Alguns deles eu gostaria, até mesmo, que fossem os meus mentores. Estamos trazendo pessoas que são referência nacional e vão acelerar a carreira dos estudantes”, afirmou Robson Wanka, gerente de educação do SENAI CETIQT.

Leia Mais: Em busca de um mercado mais inteligente e competitivo, SENAI CETIQT promove MBI em confecção 4.0 para propagar conceito do futuro no setor

Trinta e cinco profissionais da área auxiliarão os alunos ao longo de quatro meses. Mario Gravino, da RICHARD, orientando uma aluna, na imagem (Foto: Tiago Lontra)

Nos dias 13 e 14 de abril, o SENAI CETIQT abriu as portas da unidade Riachuelo para receber 33 profissionais de destaques no mundo da moda que irão contribuir para a formação dos alunos através de uma orientação profissional. Dessa forma, estas referências da indústria passarão quatro meses conversando virtualmente com os estudantes da faculdade para sanar dúvidas que possam existir sobre o mercado de trabalho. A mentoria é exclusiva para os alunos do SENAI CETIQT que estejam nos três últimos períodos da graduação sendo totalmente gratuita e voluntária. Mais de 110 pessoas se inscreveram neste primeiro ciclo e quem ficou de fora poderá participar novamente no próximo semestre. Este coaching dura quatro meses e, após este tempo, é possível mudar de mentor.Foi um projeto muito estimulado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT). Segundo a ABIT, os alunos de todas as universidades do Brasil saíam ainda muito imaturos para o mercado. A partir destas conversas, o diretor executivo do SENAI CETIQT, Sérgio Motta, teve a ideia de convidar mentores, que são exemplos de profissionais, para conversarem com os estudantes. Muitos deles, inclusive, ajudam a instituição a montar novas grades curriculares dos cursos. “O conhecimento apenas não basta. É preciso conhecer a postura do profissional”, afirmou Marco Lobo, Coordenador Acadêmico do Curso de Design.

Leia Mais: Formada pelo SENAI CETIQT e à frente da grife Wasabi, Daniela Sabbag lembra das experiências da época da faculdade e dá dica para a próxima geração de fashionistas: “O essencial é estudar e abrir os horizontes”

O programa já existe internamente em grandes empresas nas quais os próprios diretores ensinam quem está chegando. No entanto, o SENAI CETIQT foi pioneiro ao apresentar uma estrutura de mentoria onde profissionais parceiros da indústria química e de empresas de moda conhecem pessoalmente os alunos que serão seus mentorandos como marco inicial do projeto, e conduzirão uma orientação voluntária aos alunos da faculdade por meio de uma plataforma online.

Cada aluno teve 30 minutos para conversar com o seu mentor no primeiro encontro presencial. Na imagem, Samantha Vivas, coordenadora de pilotagem e modelagem MARISA, com aluna (Foto: Tiago Lontra)

Para facilitar a comunicação entre os profissionais e os alunos foi criada uma ferramenta própria para a troca de conhecimentos. Esta plataforma digital foi aperfeiçoada para as aulas à distância. “A nossa ideia com este projeto era montar uma sala virtual para manter a interação entre os alunos e estes mentores depois do primeiro contato ao vivo. No site haverá alguns fóruns onde o profissional pode conversar com quem está orientando em grupo ou individualmente, podendo ser responsável por um grupo de até oito estudantes. As sessões são divididas por área de atuação como gestão de negócios, modelagem, pesquisa de tendência e outros”, explicou Natalia Pereira, colaboradora da Coordenação de Educação à Distância.

A seleção de profissionais foi feita cuidadosamente pela Coordenação de EnsinoSuperior do SENAI CETIQT. O critério de seleção foi baseado no tempo de carreira, na posição e no prestígio de cada um. “Nós fomos até o mercado para selecionar os mentores. A seleção foi baseada em qual era o tipo de profissionais que gostaríamos que os alunos fossem no mercado. Pegamos um grupo multidisciplinar como estilista da Calvin Klein, desenvolvedor da 2 Rios Lingerie, diretor executivo do Grupo Soma, criadora da Elegance Plus Sizee muito mais. Procuramos grandes nomes do mercado que tinham, no mínimo, 15 anos de profissão”, contou Melissa Silva, colaboradora da Coordenação Acadêmica do Curso de Design.

Leia: SENAI CETIQT oferece cursos de curta duração do setor têxtil e químico criados a partir de necessidades da indústria: “Identificamos as demandas do mercado para que os alunos saiam empregados”, afirma Celso Soares Junior, coordenador da escola técnica

No primeiro dia do Programa de Mentoria, foram selecionadas 5 salas para que a conversa entre os mentores e alunos fosse mais informal. Sabina Deweik, coaching e cool hunter, com um aluno (Foto: Tiago Lontra)

A gestão do programa é atualmente conduzida pelo Coordenador de Inovação Educacional, Bernardo Queiroz. Ele afirma a importância da instituição no programa, e os benefícios que todas as partes envolvidas terão. “Esses profissionais serão parceiros em diversas ações para os alunos, e queremos incentivar ao máximo isso. Buscamos sempre a valorização do currículo de nossos alunos, a visibilidade deles com foco na empregabilidade, mas sabemos o quanto o mentor também ganhará contribuindo na trajetória de futuros colegas de trabalho, conhecendo possíveis estagiários ou profissionais para sua empresa, a troca de experiências e no vasto networking”.Apesar do projeto ter sido montado pensando nas necessidades dos alunos, os mentores também terão alguns benefícios com o contato. Será uma oportunidade para os profissionais da área se renovarem, e ainda poderão conhecer os gostos e as demandas da geração atual contribuindo para o gerenciamento de produtos e pesquisas de mercado.

A mentoria é um programa complementar ao processo de aprendizagem que o aluno do SENAI CETIQT tem na sala de aula. Houve um grande cuidado da instituição de trazer personalidades que possam auxiliar o futuro do mentorando. Dessa forma, a pessoa poderá entender quais são as cobranças e exigências do dia a dia. É uma troca de experiência profissional. Sinto que eles têm muita vontade de saber como se colocar na empresa, como conseguir um estágio e o que as empresas estão precisando. Às vezes, o aprendiz acha que sabe o que o mercado quer, mas na verdade a necessidade é outra. Existe somente um encontro presencial que acontece a cada início de ciclo, fora isso não existe carga horária principalmente pela difícil agenda dos mentores.

Posicionamento dos Mentores

“Acho que chegou a hora de transferir todo o conhecimento que recebi ao longo dos anos. Tinha a ideia de fazer esta assistência há algum tempo. Quero entender um pouco como é cada aluno antes de trazer qualquer proposta. Não quero me antecipar trazendo de cara livros ou atividades. Não tive isso quanto era mais novo, mas esta proposta do SENAI CETIQT é realmente muito interessante, porque podemos levar um horizonte e um caminho para as pessoas. Além disso, será bom ver como os jovens estão pensando e agindo”, afirmou Luciano Marcello, gerente da Dafiti. O profissional irá auxiliar os estudantes na área de compras de moda.

E também: Representantes de grandes empresas do mundo da moda discutem o futuro do setor têxtil e de confecção em MBI inovador promovido pelo SENAI CETIQT

Matheus Fagundes, CEO da 2 Rios Lingerie e membro da ABIT, conversando com sua primeira aluna (Foto: Tiago Lontra)

Existem várias áreas exploradas pelos mentores. Podendo orientar na área de modelagem até gestão de negócios. Isto representa uma vantagem para os estudantes que têm a possibilidade de atuar em diferentes frentes de negócio. “Quero tentar passar um pouco do nosso dia a dia e agregar valor, de forma que ele possa melhorar e adaptar o seu currículo. Quero que os meus mentorandos entrem nas empresas com uma visão macro para pensar o que podemos fazer de diferente no mercado”, explicou Matheus Fagundes, CEO da 2 Rios Lingerie e membro da ABIT, que vai ajudar no ramo de inovação e sustentabilidade.

Cinara Monteiro Nunes Fernandes, CEO e diretora criativa da marca Elegance Plus Size, conhecendo a fundo as ideias de uma de suas alunas (Foto: Tiago Lontra)

Além de serem porta-vozes de conhecimento, os mentores têm a chance de conhecer melhor os alunos do SENAI CETIQT para, até mesmo, contratar novos estagiários. “Acredito muito na parceria e na união para melhores resultados, por isso pretendo utilizar muitas informações que os mentorandos vão me dar. O frescor e a jovialidade do jovem nos auxilia muito e é muito legal poder ajudar uma pessoa a crescer no mercado. Além disso, é uma possibilidade encontrar aqui dentro futuros funcionários para minha empresa”, sugeriu Cinara Monteiro Nunes Fernandes, CEO e diretora criativa da marca Elegance Plus Size, que vai atuar na área de gestão de coleção.

Visão dos alunos

Equipe e alunos do SENAI CETIQT ao lado dos mentores que auxiliarão os futuros profissionais pelos próximos quatro meses (Foto: Tiago Lontra)

A combinação de profissionais requisitados com a visão da indústria e de um corpo acadêmico contribuiu para a aprovação dos alunos. “Este foco do SENAI CETIQT na indústria se reafirma com este curso, porque nos ajuda a saber como é realmente o setor têxtil, entender como as coisas funcionam e quais caminhos devo percorrer para atingir o meu objetivo”, afirmou Larissa Madureira, do 5º período, que será auxiliada por Jorge de Paula, da Audaces, na área de tecnologia na moda.

O Programa de Mentoria veio em boa hora para muitos estudantes do SENAI CETIQT que estão prestes a sair da faculdade, mas ainda se sentem inseguros em encarar o mercado. “Queria um direcionamento para me auxiliar na forma como procurar e ser aceita no emprego, porque estou no momento de tentar estágios na área”, comentou Juliana Ponciano, aluna do 5º período de Moda que será mentorada por Sabina Deweik, cool hunter e coaching, em pesquisa de tendência.

Ao todo serão 35 mentores e cada um só pode auxiliar um grupo de no máximo 8 alunos. Na foto, Luana Pina, estilista da BILLABONG, está conversando com uma de suas mentoradas  (Foto: Tiago Lontra)

Além de ajudar a buscar um emprego, ao orientar um aluno, o mentor pode colaborar a traçar novos caminhos em sua carreira. “Acho que o programa de mentoria vai abrir a minha cabeça, já que eu ainda não tenho certeza qual área quero seguir dentro da profissão. Quero tirar as minhas dúvidas para entender como é o mercado de trabalho, como devo me portar e o que vou fazer”, revelou Luisa Azevedo, também do 5º período.

Pesquisas relacionadas