Moda & Beleza

Quem domina o mundo? Beyoncé ganha exposição em sua homenagem no Rock and Roll Hall Of Fame

Com apenas 32 anos, cantora é a mulher mais jovem a entrar para a categoria de "Lendas do Rock", ao lado de Michael Jackson, Janis Joplin e David Bowie

Publicado em 19/07/2014 | Por Alexandre Schnabl

*Por João Ker

Como já dizia o jornalista Anderson Cooper, “este é o mundo de Beyoncé e nós estamos apenas vivendo nele”. Depois de ser eleita pela Time como personalidade do ano, estar entre a lista de mulheres mais influentes do mundo, turnês multimilionários, Grammys e qualquer outra honraria imaginável para um artista de entretenimento, a ex-Destiny’s Child conseguiu mais uma para a sua coleção: é a cantora mais nova a ter uma exibição sua no Rock and Roll Hall Of Fame and Museum, em Cleveland, Ohio, com início marcado para o dia 22 de julho.

Na exposição, os looks mais famosos da cantora estarão ao alcance do público pela primeira vez. Seu vestido de alta-costura Givenchy, usado para o MET Gala de 2012 como sua primeira aparição oficial depois de ter sua filha Blue Ivy; o figurino assinado pelo russo Rubin Singer para a já história apresentação no Super Bowl de 2013; o vestido metálico Thierry Mugler utilizado no vídeo de Sweet Dreams, assim como o maiô e as luvas customizadas de Single Ladies, o vestido Gareth Pug de Girls e, direto do início de sua carreira, o icônico short jeans com top branco de Crazy in Love, assim como o outfit usado para a capa do álbum Dangerously In Love, ambos de 2003.

Em ordem: A roupa usada para o ensaio do álbum "Dangerously In Love",  o Givenchy alta-costura do MET de 2012 e o vestido Garreth Pug do videoclipe de "Girls" (Foto: Divulgação)

Em ordem: A roupa usada para o ensaio do álbum “Dangerously In Love”, o Givenchy alta-costura do MET de 2012 e o vestido Garreth Pug do videoclipe de “Girls” (Foto: Divulgação)

A homenagem se torna mais especial por estar localizada na seção “Lendas do Rock”, mesmo lugar onde o museu guarda peças icônicas de Michael Jackson, Aretha Franklin, David Bowie e Janis Joplin. Apesar de, recentemente, o Rock Hall ter aberto suas portas para artistas contemporâneos, como Lady Gaga, Rihanna e Black Keys, Beyoncé é a primeira a conseguir entrar no patamar de “lenda”.  A curadora do museu, Meredith Rutledge-Borger,  disse em entrevista: “Quando vimos a quantidade de itens que ela estava disposta a mandar, pensamos ‘a única maneira de mostrar isso tudo seria colocando-a na área de Lendas do Rock’, que realmente é o local onde prestamos homenagem a lendas do rock, o que Beyoncé já se provou ser”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Divulgação

Pesquisas relacionadas