Moda & Beleza

Lilian Pacce abre o Vitória Moda Ano 10 com palestra sobre o papel do jeans: “Os ícones da rebeldia jovem, como James Dean, Marlon Brando e Marilyn Monroe, inspiram a estética jeanswear até hoje”

Edição de aniversário da Semana de Moda capixaba traz o denim como tema central, reforçando o seu perfume democrático na moda contemporânea. A noite de abertura contou com nomes importantes da indústria do vestuário do Espírito Santo

Publicado em 11/07/2017 | Por Heloisa Tolipan

*Com Dudu Altoé

“A moda é cíclica”. A máxima abre a palestra da jornalista Lilian Pacce nesta segunda-feira, 10, noite de abertura do Vitória Moda Ano 10, para uma platéia, no Teatro do Sesi, recheada de representantes do poder público e entidades do setor, imprensa, influenciadores e estudantes. O evento, uma iniciativa do Sistema Findes, em parceria com o Sesi/Senai- ES e correalização do Sebrae – ES, chega à sua décima edição em meio a um cenário de mudanças econômicas. Sempre, porém, apontando para os novos rumos do setor de moda e vestuário.
A convite da organização, Lilian Pacce personificou o tema central do evento – a história do jeans – reunindo em uma apresentação ilustrada um pouco do que está por trás deste que é o tecido mais democrático de todos. Entre ícones eternos de estilo, como James Dean, Marlon Brando, Elvis Presley e Marilyn Monroe, até a noção moderna de celebridade, vide nome como Kim Kardashian-West, Kendall Jenner, Alexia Chung e Gigi Hadid, o que foi posto é que as tendências que rodeiam o jeanswear são muitas, entrelaçadas em um flerte entre futuro e passado. Apesar das grandes marcas por trás do novo “imput” do estilo nas últimas temporadas, quem merece destaque – e palmas – é mesmo ele, o jeans, que segue firme e forte há mais de 100 anos.
Lilian Pacce abre o Vitória Moda Ano 10 falando sobre o jeans ontem e hoje (Foto: Henrique Fonseca)

Lilian Pacce abre o Vitória Moda Ano 10 falando sobre o jeans ontem e hoje (Foto: Henrique Fonseca)

MELHORIA DOS PROCESSOS
Mesmo antes da palestra, o superintendente do Sesi-ES, Luís Carlos de Souza Vieira, comentou sobre o histórico de desafios de um evento deste porte em meio à tantas mudanças de cenário no Brasil. “Temos que refletir no que aconteceu nestes 10 anos. Quando do início do Vitoria Moda, a China não era mais ameaça, era realidade. Já estava no mercado brasileiro”, comenta.
E se já não bastasse a concorrência com o gigante asiático, o setor de vestuário vem enfrentando há quase uma década as turbulências do mercado externo. “Nada afetou mais a vida do setor têxtil do que a crise econômica internacional de 2008, fator que à época foi subestimado por alguns políticos, mas que já assombrava a indústria de confecções brasileira, altamente alinhada ao mercado global”, revela. Com planos ambiciosos, Luís Carlos de Souza Vieira foi mais além a partir da edição anterior do Vitória Moda, introduzindo novos conceitos, e trazendo desde 2016 a participação de alunos do Senai-Cetiqt do Rio de Janeiro para o line-up de desfiles do evento, com a promessa de, na edição de número 11, em 2018, as criações desfiladas serem de alunos da novíssima unidade, inaugurada recentemente em Vila Velha, município da Região Metropolitana da Grande Vitória. Apesar das críticas, Souza Vieira afirma que “é no período de crise que se investe em tecnologia, em melhoria de processos”. O superintendente encerra a palavra elogiando a força do evento em seus dez anos de estrada. “Uma década não é para qualquer um”, exalta.
O diretor técnico do Sebrae no Espírito Santo, Benildo Denadai, o presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário do Sistema Findes, José Carlos Bergamin e o superintendente do Sesi-ES, Luís Carlos de Souza Vieira (Foto: Henrique Fonseca)

O diretor técnico do Sebrae no Espírito Santo, Benildo Denadai, o presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário do Sistema Findes, José Carlos Bergamin e o superintendente do Sesi-ES, Luís Carlos de Souza Vieira (Foto: Henrique Fonseca)

PROJEÇÃO NACIONAL
O diretor técnico do Sebrae no Espírito Santo, Benildo Denadai, avalia a participação do órgão nestes dez anos de evento, além de seu protagonismo como fomentador da cadeia produtiva em todo o Espírito Santo. “Estamos presentes direta e indiretamente em todos os municípios com uma cadeia que gera muitos empregos e desenvolvimento. É um setor formado por mais de 90% de micro e pequenas empresas apoiadas pelo Sebrae”, reflete.
Ao todo o Sebrae apoia nesta edição 33 empresas que irão expor seus produtos durante o Vitória Moda, além de 14 empresas da área de suprimentos e matéria-prima, e 21 que irão apresentar suas coleções por meio dos desfiles. “Temos empresas, inclusive, que se projetaram em nível de Brasil, algumas até mesmo ganhado espaço no exterior”, comenta Denadai.
PALMAS PARA AS MULHERES
O presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário do Sistema Findes, José Carlos Bergamin, ocupou o palco para agradecer a todos os profissionais que de alguma forma participaram do Vitória Moda nesses dez anos, em especial às mulheres, força produtiva que ocupa mais de 90% das vagas nas fábricas do setor de vestuário no Brasil.
Bergamin reforça a noção de que o setor vem sofrendo desde a crise econômica internacional de 2008, muito antes da atual, que hoje estampa as capas dos jornais brasileiros. “Nós não descemos do salto, nos caímos antes”, brinca. Ele entende que a China vem, na verdade, para promover o avanço da indústria nacional. “É uma questão de criatividade e inovação; de criamos mais propostas que se conectem ao emocional das pessoas, para promovermos o desejo de consumo”, afirma.
O presidente da Câmara Setorial de Vestuário tece ainda um elogio ao presidente do Findes, Marcos Guerra, afirmando que o empresário assumiu o órgão com o intuito de levar a indústria para todo o interior do Espírito Santo, multiplicando toda a estrutura de escolas e laboratórios, como as duas unidades do Senai-Cetiqt. “Mais do que a qualificação de pessoas, vamos poder ali desenvolver design sofisticado e de alto nível”, comemora.
O presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário do Sistema Findes, José Carlos Bergamin

O presidente da Câmara Setorial das Indústrias do Vestuário do Sistema Findes, José Carlos Bergamin (Foto: Henrique Fonseca)

MÚSICA
Para deixar a noite de abertura ainda mais emocionante, a organização do evento convidou a Orquestra Camerata, regida pelo maestro Leonardo David, para apresentar o projeto “Rockestra”. Hits do rock’n’roll de bandas consagradas como Scorpions, Deep Purple e Eagles foram interpretados com um arranjo clássico, que uniu de forma afiada o som da guitarra, do baixo e da bateria aos vários violinos de cellos presentes. Uma apresentação que convidou a plateia a cantar junto. Tudo a ver a fórmula jeans + rock.

Este slideshow necessita de JavaScript.

FEIRA DE NEGÓCIOS
O ‘Espaço Business’ e o Salão ‘Ofícios da Moda’ fazem parte do Vitória Moda Ano 10, além da área de desfiles das grifes capixabas. No Espaço Business será possível ver as peças que serão apresentadas nos desfiles, no formato “See Now, Buy Now”, além de outras peças das coleções das marcas que serão vendidas no atacado e varejo. Algumas empresas que estarão expondo suas coleções e abertas a negócios e vendas são PK Premium; Samira San; Hagaef; Penedo; Carol Maria; Florest; Buphallos; Sport Biss; Ivana Izoton; Cor de Rose; Morena Tropical; Konyk; Balãozinho; Chris Trajano; Sol de Verão; Dupla Meninna; Bendita Carola; Amabilis; Pura Vida Brasil; Doce Color; Fina Flor; Praia; Keyla Nolasco; Femina Semijóias; Nosso Closet; Verônica Santolini; Areia Branca; Focus Denim; Delito Casual; HMR; Zinsk; Look Belle; Odd Island; Origens; Carmem Majewski.
Já no Salão “Ofícios da Moda” o evento irá trabalhar com segmentos da cadeia produtiva da moda como estamparias, lavanderias, fábrica de botões, revistas de moda etc. A curadora do espaço Jacqueline Chiabay conta que diversas empresas vão levar novas técnicas para apresentarem aos empresários do setor e consumidor. As empresas que vão fazer parte são Oficina de Bordado; Matriz Sistemas; SBM Etiquetas; Carol Poubel Joias; GB; Impretex; Anima Mag; Imagiton Ideias Tangíveis; PAC Print Personalizados; Objetiva Soluções; Mega Model; Café Caramello Vitória e Go! Juice.
Confira a agenda de desfiles:
11 de julho
17h30 – Senai Cetiqt
18h30 – Samira San | Doce Color | Look Belle
20h00 – Adriana Candido | Morena Tropical | Cris Trajano
21h30 – Amabilis
12 de julho
17h30 – UVV | Vasco Coutinho | Faesa
18h30 – Closet Collection | Apressadinho | Universo Colorido
20h00 – Zinsk | PK Premium | Buphallos
21h30 – Dupla Menina | Saia de Chita | Riviera Store
13 de julho
17h30 – Balãozinho
18h30 – Verônica Santolini | Maldivas Beachwear | Sol de Verão
20h00 – Dua’s | Florest | Hagaef
21h30 – Konyk

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,