Moda & Beleza

Em uma transmissão ao vivo pela internet, Walter Rodrigues adianta ideias do Verão 2019 que serão apresentadas no Inspiramais em janeiro

De Novo Hamburgo, através do Live na web, o coordenador do Núcleo de Pesquisas da Assintecal revelou as cores, texturas e formas da estação e explicou o método usado pelos consultores do Inspiramais. A cada temporada, o cenário da moda é analisado por três níveis de uma pirâmide criativa

Publicado em 01/11/2017 | Por Julia Pimentel

Walter Rodrigues usou a internet para adiantar as apostas do Inspiramais hoje de manhã (Foto: Henrique Fonseca)

A cada dia a tecnologia vai evoluindo mais e cabe nós estar sempre por dentro das inovações e acompanhar o avanço. E hoje, fomos coroados com um desses progressos tecnológicos. Durante seis meses, os consultores da Assintecal, associação que promove o Inspiramais, viajam o país com o Conexão Inspiramais. Por várias cidades, os designers e pesquisadores apontam as ideias que serão destaque no futuro. Mas, hoje, todo o Brasil teve acesso a esse conteúdo através de uma Live no Facebook do evento. No comando? Ninguém menos do que o coordenador do Núcleo de Pesquisas da Assintecal, Walter Rodrigues. Pela internet, o estilista adiantou as inspirações do Verão 2019 que serão apresentadas nos dias 16 e 17 de janeiro no Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo.

Leia também: A ordem é resistir: no último dia de Minas Trend, Walter Rodrigues apresenta as apostas da Assintecal para o Verão 2019 no Conexão Inspiramais. Adiante-se!

Mas, até lá, Walter Rodrigues se aliou à internet para passar seu conhecimento sobre o Verão 2019. De Novo Hamburgo, o coordenador do Núcleo de Pesquisas da Assintecal revelou as cores, texturas e formas da estação e explicou o método usado pelos consultores do Inspiramais. A cada temporada, o cenário da moda é analisado por três níveis de uma pirâmide criativa. No topo, estão os 10%, que trazem inovação com um toque de ousadia na produção autoral. Desta vez, o tema para estes designers é “Resistência”. Um nível abaixo fica os 30% da pirâmide. Neste caso, a palavra-chave foi a usada na temporada anterior e, após seis meses de maturação, surgem com uma ideia mais consolidada. Sendo assim, para o Verão 2019 o meio da pirâmide terá a “Leveza” como guia.

Leia também: Anote na agenda: Assintecal divulga data da próxima edição do Inspiramais que terá participação ainda mais forte do setor de confecção nas apostas para o Verão 2019

Para completar, a base da pirâmide da Assintecal é a massificada. No que representa os 60% do volume criativo é onde se inventa para vender e com um conceito certeiro. Ou seja, na base, o tema já vem sendo usado há um ano (seis meses em cada segmento superior) e, por isso, é unânime aos consumidores de moda. E, para o Verão 2019, será “Apropriação”. “A pirâmide é dividida em três etapas e, destas, os 60% são detaque. É ali que está toda a identidade de uma empresa, desde o DNA à tecnologia. Também é a base a responsável por ganhar dinheiro e ter a parte comercial de uma marca. Fora que é também nos 60% onde a gente comunica para o público a moda que está acontecendo naquele momento”, explicou Walter.

Relembre: Com o passaporte carimbado para a França e Colômbia, projeto +Estampa da Assintecal e em dobradinha com a Abit leva a criação autoral de estúdios brasileiros para a moda internacional

Pirâmide de pesquisas do Núcleo da Assintecal (Foto: Divulgação)

Após explicar o método de pesquisa que guia as análises e inspirações da Assintecal, Walter Rodrigues detalhou as apostas que cada nível da pirâmide. O que hoje foram palavras, fotos e vídeos, em janeiro de 2018 será transformado em material. Durante os meses de pesquisa e de Conexão Inspiramais pelo Brasil, os consultores apontam a teoria que será traduzida no grande evento realizado em São Paulo. Sendo assim, foi a vez de Walter Rodrigues destrinchar a palavra do Verão 2019: Resistência.

Relembre: Foi dada a largada: primeiro dia de Inspiramais Inverno 2018 celebra a internacionalização de mais um projeto da Assintecal, o +Estampa

Como já havia nos adiantado no Minas Trend, no mês passado, a temporada vem como consequência dos acontecimentos contemporâneos. “Nós estamos caminhando em um cenário muito difícil no mundo em que as pessoas estão enfrentando diversas dificuldades, como conflito, refugiados e o domínio da direita na política. Como consequência, estamos vivenciando uma problemática em relação à nossa identidade que está criando um quadro de intolerância. E, como moda é ação e reação, nós percebemos isso quando esses perfis são minimizados”, disse Walter que, como exemplo, citou o caso do polêmico projeto do muro de Donald Trump entre os Estados Unidos e o México. “Automaticamente a cultura mexicana é valorizada”, apontou.

Relembre: Engrenagens da moda autoral: conheça os projetos do Inspiramais que traduzem o conceito explorado na temporada

Com este cenário, a resistência sobre as verdades e escolhas pessoais passa a ser a solução para esses grupos. De acordo com o coordenador do Núcleo de Pesquisas da Assintecal, a palavra-chave do Verão 2019 também vem como forma de se manter fiel a sua identidade. “Para nós, a palavra resistência também está presente no sentido de nos mantermos firmes àquilo que gostamos. Resistir é continuar acreditando na política brasileira mesmo em meio a isso tudo, por exemplo”, apontou Walter Rodrigues.

Relembre: Às vésperas do grande evento, em São Paulo, o público do Rio recebe Conexão Inspiramais, com palestra de Tatiana Souza, para se aprofundar no conceito do Inverno 2018

Processo de pesquisas e análises do material que será apresentado no Inspiramais em janeiro (Foto: Divulgação)

Sendo assim, a tradução desta ideia aparece em diversas inspirações para o Verão 2019. No topo da pirâmide, o conceito está sendo explicado através de uma ideia bem rica. Baseado em ideias como teatralidade e folclore, as cores e bordados ganham destaque em uma proposta nada básica. Aliás, para os 10% o comando é exagerar! “O over info traz a ideia de preencher todos os espaços sem deixar lugar para a saudade. Para isso, é bom olhar para as raízes, as culturas interessantes do mundo e, a partir disso, investir em bordados, desenhos e capricho”, disse Walter.

Relembre: Múltiplas oportunidades: setores têxtil e de confecção se unem ao time do Inspiramais e já representam cerca de 30% dos participantes

O volume também passa a ser uma boa estratégia para este mood de Resistência. Seja no solado, no zíper ou na bolsa, Walter aconselhou a não poupar espaço com as formas. “O volume é uma boa maneira de preencher esses espaços”, destacou o coordenador que, em relação à cartela, adiantou que o Verão 2019 trará a ideia de blocos de cores e tonalidades vivas. “Eu vejo opções muito interessante de sol, céu, verde e, ao mesmo tempo, terra. Aqui é para a gente olhar para o nosso jardim e construir uma cartela com toda essa riqueza natural”, concluiu.

Relembre: Anote na agenda: Inspiramais – Salão de Design e Inovação de Componentes apresentará as tendências e apostas da moda brasileira para o Inverno 2018 

No meio da pirâmide, Walter Rodrigues apresentou as inspirações para os 30%. No Verão 2019, eles serão guiados pela ideia de “Leveza” e o que já foi traduzido pelos 10% no Inverno 2018. “Para estabelecer essas referências, nós olhamos para as mesas da edição passada do Inspiramais e vimos o que deu certo. Ali, nós sentimos como as empresas apostaram e a forma com que as pessoas olharam para aquelas ideias durante o evento”, comentou o coordenador que explicou o porquê desta ideia de leveza para a temporada. “Nós pensamos nessa palavra por causa do momento político pelo qual o Brasil está passando e estará em 2018. Como pensamos com dois anos de antecedência, ficamos curiosos em imaginar como seria o comportamento dos brasileiros para enfrentar novamente os problemas políticos. E, para isso, leveza será fundamental”, explicou sobre o período que será marcado pelas próximas eleições, incluindo para presidente.

Relembre: Economia ativa: roda de negócios da edição Inverno 2018 do Inspiramais deve superar os U$3 milhões da temporada anterior

Processo de pesquisas e análises do material que será apresentado no Inspiramais em janeiro (Foto: Divulgação)

Na moda, a leveza tem como inspiração as palavras surrealismo, ar e tenacidade. Em comum, elas refletem as impressões que a ideia de leveza traz. Ou seja, entre as pesquisas do Núcleo da Assintecal tem o conceito de flutuação, de borbulhas, transparência e fluidez. Ao mesmo tempo, toda essa delicadeza e sutileza também possui a ideia de força. Na temporada passada, os consultores do Inspiramais usavam a ideia de que era preciso ser leve como um pássaro, e não uma pluma. A explicação consistia que, para passar por esse período, será preciso energia, músculos e ossos por trás da aparência leve. “A gente entende que a leveza só é possível, principalmente quando falamos dos pássaros e das bailarinas, por causa do esqueleto que sustenta tudo aquilo. E isso é muito interessante porque começa a aparecer na moda de outra forma”, adiantou.

Relembre: A voz da sabedoria: à frente do Núcleo de Design da Assintecal, Walter Rodrigues explica com exclusividade o conceito do Inverno 2018 e analisa a situação da moda no Brasil e no mundo

Deste mood, as caveiras e os desenhos esqueléticos voltam a ganhar espaço em versões atualizadas. Assim como os elásticos que, nesta proposta de força por trás da leveza, trazem a ideia de músculos tensionados. Completando o meio da pirâmide, os 30% chegam com uma cartela modificada para o Verão 2019. De acordo com Walter Rodrigues, a seleção de dez cores apresentada na temporada passada, quando ocupou o topo, sofreu algumas adequações. “Nesse momento ela recebe uma influência dos desfiles da temporada e, por isso, precisa ser ajustada à visão do mercado. Ou seja, daquela primeira cartela, seis cores permanecem, duas são modificadas e uma foi substituída”, disse.

Para completar, Walter Rodrigues adiantou as inspirações da base da pirâmide da Assintecal. Após duas temporadas de análise e estudo, o conceito de “Apropriação” ganha caminhos bem delimitados para aquele que é o nível mais importante do negócio. Enquanto o topo é o conceito criativo e que inicia uma história nova dentro da marca, a base é onde a empresa ganha dinheiro para seguir criando e inovando. “Nos 60% a gente propõe a revisão de uma pesquisa que se iniciou em agosto de 2016 e será usada no Verão 2018”, pontuou Walter que explicou que este foi um conceito que surgiu em um momento de discussão sobre o uso de turbantes e da apropriação de outras culturas. “Até hoje se comenta muito sobre a importância do respeito com outras identidades e, principalmente, com o crédito. Para mim, que trabalho com moda há tanto tempo no Brasil, a apropriação foi muito interessante porque nós sempre fizemos isso”, disse.

Processo de pesquisas e análises do material que será apresentado no Inspiramais em janeiro (Foto: Divulgação)

Com ideias mais claras e definidas, Walter Rodrigues apontou pelos caminhos da adaptação e subversão como inspirações fortes. No Inspiramais em janeiro, o conceito de Apropriação promete ser traduzido de forma artística e floral, como disse o coordenador do Núcleo de Pesquisas da Assintecal na transmissão de hoje mais cedo. “Como a gente vinha falando sobre a importância da crise para o mundo, acreditamos que dar um novo olhar sobre a arte seria interessante, assim como Yves Saint Laurent fez com Mondrian nos anos 1960”, lembrou sobre a aposta de transformar o comum em extraordinário.

Além desta dobradinha com a arte, a moda dos 60% também terá o floral como inspiração quente da temporada. Seja sobre fundo claro ou escuro, a estampa natural deve conquistar as coleções. Assim como as listras que, no Verão 2018, ainda traduzem o conceito do oversized, que é outra palavra forte para a estação. “Essas linhas chegam de vários tamanhos, larguras e cores – não só os binários. É um escopo gigantesco que vai estar presente nas roupas, acessórios, mobiliário e calçados. Com elas, também se tem uma aparência muito mais da ideia de modelagens gigantes. Cria-se uma nova silhueta com volume”, apontou.

Em relação às cores, Walter Rodrigues adiantou que a cartela que fora dos 30% na temporada passada sofreu algumas mudanças de adaptação. Em janeiro, o resultado apresentado no Inspiramais terá uma nova cor e três modificadas no conceito de Apropriação. “Nas 30 cores que nós apresentamos a cada temporada é possível pensar onde podemos usar cada uma. Não é só na roupa. As cartelas podem ser exploradas nas vitrines e catálogos, por exemplo”, destacou Walter.

 

SERVIÇO: INSPIRAMAIS Verão 2019

16 e 17 de Janeiro de 2018
Centro de Eventos Pro-Magno – São Paulo
Entrada gratuita para profissionais do setor
Site: www.inspiramais.com.br
Redes Sociais – @inspiramais

Pesquisas relacionadas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,